Você está aqui: Página Inicial > Esporte > 2017 > 12 > Equipe brasileira conquista 49 medalhas no Sul-Americano de Badminton

Esporte

Equipe brasileira conquista 49 medalhas no Sul-Americano de Badminton

Esporte de rendimento

Torneio contou com atletas do Brasil, Peru, Chile, Argentina, Equador, Paraguai e Suriname. No total, mais de 500 partidas foram disputadas na Arena Carioca 1
publicado: 19/12/2017 11h18 última modificação: 19/12/2017 11h18
Foto: CBBd Brasil terminou a competição com 49 medalhas: 11 ouros, 14 pratas e 19 bronzes

Brasil terminou a competição com 49 medalhas: 11 ouros, 14 pratas e 19 bronzes

A equipe brasileira conquistou 49 medalhas em várias categorias no Campeonato Sul-Americano de Badminton 2017. A competição foi realizada na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro, na última semana.

Atletas nacionais disputaram os jogos juntos a atletas do Peru, Chile, Argentina, Equador, Paraguai e Suriname. Foram cerca de 510 disputas nas 8 quadras montadas na Arena Carioca 1.

O destaque ficou para Artur da Silva de Pomoceno, número 1 do ranking brasileiro, que ganhou medalha de ouro na categoria simples masculina principal, seguido por Cleyson Nobre dos Santos, 4º lugar no ranking nacional, que ficou com a prata, e Alisson de Souza Vasconcelos, com o bronze. Na simples feminina, Paloma da Silva garantiu o bronze, a melhor colocação do Brasil nesta categoria.

O Brasil também foi bronze na dupla masculina, com Alisson de Souza Vasconcelos e Rodolfo Salles de Almeida e Luiz Eduardo Martinez em parceria com Matheus Carrijo Cutti.

Já na dupla feminina, o ouro foi para Mariana Pedrol de Freitas e Thalita Correa Oliveira e a prata ficou com Fabiana da Silva e Paula Beatriz Pereira.

Na dupla mista, Artur da Silva de Pomoceno e Lohaynny Vicente conquistaram o ouro. As duplas Alisson de Souza Vasconcelos, Thayse da Silva Cruz Salles Almeida e Felipe Cury, em parceria com Paula Beatriz Pereira, faturaram a prata.

O Brasil terminou a competição com 11 ouros, 14 pratas e 19 bronzes.

Fonte: Confederação Brasileira de Badminton

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil