Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2011 > 04 > Petrobras Biocombustível inicia produção de etanol em São Paulo

Governo

Petrobras Biocombustível inicia produção de etanol em São Paulo

por Portal Brasil publicado: 13/04/2011 19h00 última modificação: 28/07/2014 13h45

A Petrobras Biocombustível anunciou nesta quarta-feira (13) o início da safra 2011/12 de cana-de-açúcar na unidade Andrade, em Pitangueiras (SP). O presidente da entidade, Miguel Rossetto também visitou as obras de uma nova destilaria para produção de 107 mil metros cúbicos de etanol por ano, na unidade São José, em Colina (SP). Ambas são unidades da Guarani, empresa na qual a Petrobras Biocombustível tem participação.

“Iniciamos hoje a produção de etanol na unidade Andrade, uma das maiores usinas do País, com 300 mil metros cúbicos de capacidade. Em junho, vamos inaugurar a nova destilaria em São José, ampliando assim a capacidade de fornecimento de etanol para o mercado brasileiro”, disse Rossetto.

O presidente destacou ainda os investimentos de R$ 767 milhões da Guarani para expansão da capacidade de processamento de cana-de-açúcar, produção de etanol, e cogeração de energia nos próximos quatro anos. “Vamos crescer e a Guarani é um dos grandes instrumentos de ampliação da produção”.

Rossetto disse ainda que a estratégia de crescimento para responder as necessidades do mercado é flexível. “Buscamos projetos com qualidade técnica, logística, ambiental e rentabilidade econômica. Temos um plano de negócios que prevê investimentos de US$ 1,9 bilhão em produção de etanol. Estamos revisando este plano a partir de um cenário de aumento dos investimentos em biocombustíveis, que será divulgado em maio.”

Sobre o preço do etanol, o presidente comentou que, com início da safra, a tendência é reduzir. Ele lembrou que os impactos neste aumento são variados, como a seca do ano passado, o aumento da demanda e a crise financeira de 2008. 

 

Produção de etanol

A Petrobras Biocombustível iniciou investimentos em produção de etanol em dezembro de 2009. Atualmente, a empresa tem participações na Guarani, Nova Fronteira Bioenergia e Total Agroindústria Canavieira.

A empresa encerrou 2010 com participação em 10 usinas, com capacidade de moagem de 24,5 milhões de toneladas de cana, produção de 942 mil metros cúbicos de etanol e exportação de 517 GWh de energia elétrica, com geração de energia a partir de bagaço de cana. 

De acordo com o Plano de Negócios 2010-2014, os investimentos previstos para produção de etanol é de US$ 1,9 bilhão. A meta é chegar a 2014 com uma produção de 2,6 bilhões de litros de etanol.


Fonte:
Agência Petrobras

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

No Dia do Trabalho, Dilma anuncia reajuste noBolsa Família
Haverá reajuste médio de 9% no valor do programa e reajuste de 5% na tabela do Imposto de Renda
Prorrogada permanência de estrangeiros no Mais Médicos
A MP, assinada nesta sexta-feira (29), garante a atuação de 7 mil médicos estrangeiros no país até 2019
Brasil assina acordo de Paris sobre mudança do clima
A cerimônia reuniu mais de 130 chefes de Estado na sede das Nações Unidas
Haverá reajuste médio de 9% no valor do programa e reajuste de 5% na tabela do Imposto de Renda
No Dia do Trabalho, Dilma anuncia reajuste noBolsa Família
A MP, assinada nesta sexta-feira (29), garante a atuação de 7 mil médicos estrangeiros no país até 2019
Prorrogada permanência de estrangeiros no Mais Médicos
A cerimônia reuniu mais de 130 chefes de Estado na sede das Nações Unidas
Brasil assina acordo de Paris sobre mudança do clima

Últimas imagens

Somente em Salvador serão entregues 2.800 unidades
Somente em Salvador serão entregues 2.800 unidades
Foto: Isac Nóbrega/PR
Em vários momentos, integrantes dos movimentos sociais que assistiam à cerimônia gritaram “Não vai ter golpe”
Em vários momentos, integrantes dos movimentos sociais que assistiam à cerimônia gritaram “Não vai ter golpe”
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil
Ministro da Educação disse que reconhecer o resultado da eleição é fundamental para a democracia
Ministro da Educação disse que reconhecer o resultado da eleição é fundamental para a democracia
Divulgação/EBC
Presidenta Dilma cumprimenta Mauro Lopes em cerimônia de transmissão de cargo na manhã desta quinta-feira (17)
Presidenta Dilma cumprimenta Mauro Lopes em cerimônia de transmissão de cargo na manhã desta quinta-feira (17)
Foto: Elio Sales/SAC

Governo digital