Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2012 > 01 > Comprovante de pagamento do INSS pode ser obtido em bancos

Governo

Comprovante de pagamento do INSS pode ser obtido em bancos

por Portal Brasil publicado : 25/01/2012 16h50

Os segurados da Previdência Social podem acessar, a partir desta quarta-feira (25), nos terminais de autoatendimento dos bancos pagadores, o comprovante mensal de pagamento (contracheque) da folha de janeiro, que começa a ser paga nesta data.

A impressão do comprovante mensal é especialmente útil para os beneficiários sem acesso à internet, que precisavam se deslocar a uma Agência da Previdência Social (APS) para obter o documento, e para os que recebem por cartão magnético e tinham direito apenas ao saque dos valores.

A impressão é feita com a utilização do cartão de pagamento de benefício ou da conta corrente, utilizando senha e observando os critérios de segurança de cada instituição financeira. O demonstrativo contém os dados cadastrais do beneficiário, a competência do pagamento, dados do benefício, rubricas e valores referentes aos créditos e débitos.

As informações sobre o comprovante de pagamento dos benefícios também podem ser consultadas na Agência Eletrônica Segurado, na página do Ministério da Previdência Social na internet, ou em qualquer APS.

Reajuste 

Neste mês, começam a ser pagos os valores referentes aos reajustes previstos na Portaria Interministerial dos ministérios da Fazenda e da Previdência . O índice de reajuste para os benefícios com valor acima do salário mínimo em 2012 foi de 6,08%. De acordo com a portaria, publicada no dia 9 de janeiro, o teto do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passou a ser de R$ 3.916,20.

O reajuste dos benefícios de até um salário mínimo, que está fixado em R$ 622, atinge 19,2 milhões de segurados e representa um impacto líquido de R$ 14,8 bilhões nos benefícios pagos pelo INSS em 2012.

Pelo menos 300 mil beneficiários que, em 2011, recebiam ligeiramente acima do mínimo, agora passam a receber o piso previdenciário. Eles tiveram o reajuste superior a 6,08% e têm ganho real garantido até 2015.

Já o aumento para quem ganha acima do piso previdenciário representa um impacto líquido de R$ 7,6 bilhões.

 

Fonte:
Ministério da Previdência Social

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil