Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2012 > 03 > Receita investiga recolhimento de contribuição previdenciária em Angra dos Reis e Paraty

Governo

Receita investiga recolhimento de contribuição previdenciária em Angra dos Reis e Paraty

por Portal Brasil publicado: 13/03/2012 11h25 última modificação: 29/07/2014 08h45

Auditores da Receita Federal vão estender a Operação Taj Mahal, que tem o objetivo de fiscalizar o recolhimento de contribuições previdenciárias relativas a construções civis no estado do Rio de Janeiro, aos municípios de Angra dos Reis e Paraty, no sul fluminense. Na segunda-feira (12), eles sobrevoaram as duas cidades e captaram imagens para o reconhecimento aéreo da região.

Os dados serão confrontados com os cadastros das prefeituras e imagens de satélite. A operação foi deflagrada no último dia 5 e ocorrerá durante todo o mês de março, em várias regiões do estado.

De acordo com o delegado regional da Receita Federal em Volta Redonda, Alexandre Correa Lisboa, o principal foco da operação, nas regiões de Angra dos Reis e Paraty, são os grandes condomínios construídos nos últimos anos, nas duas cidades.

Segundo ele, cerca de 300 imóveis já foram identificados pela Receita, e as imagens feitas nesta segunda vão ajudar o auditores a verificar a existência de imóveis não regularizados pelo órgão. “Será feito um levantamento de dados de imagens tiradas anteriormente e feitas hoje [segunda-feira, 12]. Após isso, vai ser feito um levantamento sobre a existência de imóveis que foram fotografados e que não há o registro da regularização”, explicou.

Lisboa disse ainda que, a partir da operação, a Receita Federal espera que não haja a necessidade de chegar à etapa de fiscalização, e, sim, a um recolhimento espontâneo. Ele pede que os contribuintes que construíram e não regularizaram os imóveis compareçam às agências da Receita Federal para a regularização do empreendimento.

“Nossa estimativa é que haja um incremento espontâneo das contribuições previdenciárias em torno de 20% a 30% sem a necessidade de a Receita Federal iniciar um procedimento fiscal”, destacou.

Na semana passada, a Operação Taj Mahal mapeou as cidades de Macaé e Rio das Ostras, no norte fluminense. Já os municípios do Rio de Janeiro e Niterói, região metropolitana, foram sobrevoados no primeiro dia da operação, na semana retrasada. Após a captação das imagens, os responsáveis pelos imóveis serão chamados pela Receita Federal para prestar esclarecimentos e comprovar a regularidade das obras.

Nesta terça-feira (13), a operação será desenvolvida nos municípios de Porto Real, Resende e Volta Redonda, no Médio Paraíba, e contará com o apoio de integrantes da Divisão de Operações Aéreas (Dioar), que utilizarão o helicóptero da Receita Federal. O balanço das ações será divulgado no início do mês de abril.

 

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Temer discute Previdência com ministros e parlamentares
Presidente recebeu neste domingo (16), no Palácio da Alvorada, autoridades para discutir a proposta de reforma da Previdência
Esclareça boatos sobre a Reforma da Previdência
O rombo previdenciário não para de crescer e pode engolir toda a nossa economia. Assista ao vídeo e entenda melhor. Não se deixe enganar
Saiba de onde sai o dinheiro para manter a Previdência
O INSS recebe hoje as contribuições de quem trabalha para manter as aposentadorias de quem já trabalhou
Presidente recebeu neste domingo (16), no Palácio da Alvorada, autoridades para discutir a proposta de reforma da Previdência
Temer discute Previdência com ministros e parlamentares
O rombo previdenciário não para de crescer e pode engolir toda a nossa economia. Assista ao vídeo e entenda melhor. Não se deixe enganar
Esclareça boatos sobre a Reforma da Previdência
O INSS recebe hoje as contribuições de quem trabalha para manter as aposentadorias de quem já trabalhou
Saiba de onde sai o dinheiro para manter a Previdência

Últimas imagens

Existem no Brasil cerca de 9,5 milhões de pessoas com algum nível de deficiência auditiva
Existem no Brasil cerca de 9,5 milhões de pessoas com algum nível de deficiência auditiva
Divulgação/UFPB
Principais medidas do texto foram mantidas, como regulamentação do trabalho intermitente
Principais medidas do texto foram mantidas, como regulamentação do trabalho intermitente
Alex Ferreira/Câmara dos Deputados
Documento foi organizado a partir de informações provenientes de diversos órgãos e entidades do Poder Executivo
Documento foi organizado a partir de informações provenientes de diversos órgãos e entidades do Poder Executivo
Divulgação/EBC
Cargos deverão ser preenchidos a partir deste mês até 31 de dezembro
Cargos deverão ser preenchidos a partir deste mês até 31 de dezembro
Divulgação/Advocacia-Geral da União
A maior parte dos serviços é integralmente virtual, da solicitação à solução da demanda
A maior parte dos serviços é integralmente virtual, da solicitação à solução da demanda
Foto: Marcos Santos/USP
Quatro das empresas alvo dos processos administrativos são ligadas ao Grupo Bellini
Quatro das empresas alvo dos processos administrativos são ligadas ao Grupo Bellini
Foto: Marcos Santos/USP
A estimativa é que, até 2018, todos os ministérios localizados no Distrito Federal utilizem o serviço
A estimativa é que, até 2018, todos os ministérios localizados no Distrito Federal utilizem o serviço
Foto: Gleice Mere/Ministério do Planejamento
Objetivo é reduzir gastos e aumentar a arrecadação
Objetivo é reduzir gastos e aumentar a arrecadação
Arquivo/Iphan
O ministro-chefe da Casa Civil ocupará a presidência do Brasil Eficiente, que será integrado por demais ministros
O ministro-chefe da Casa Civil ocupará a presidência do Brasil Eficiente, que será integrado por demais ministros
Foto: Ligiani Silveira/Governo do Mato Grosso
Iniciativa partiu da Ouvidoria-Geral da União (OGU) junto à Comissão Gestora do Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse
Iniciativa partiu da Ouvidoria-Geral da União (OGU) junto à Comissão Gestora do Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse
Divulgação/Governo de Minas Gerais

Governo digital