Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2012 > 03 > Receita investiga recolhimento de contribuição previdenciária em Angra dos Reis e Paraty

Governo

Receita investiga recolhimento de contribuição previdenciária em Angra dos Reis e Paraty

por Portal Brasil publicado: 13/03/2012 11h25 última modificação: 29/07/2014 08h45

Auditores da Receita Federal vão estender a Operação Taj Mahal, que tem o objetivo de fiscalizar o recolhimento de contribuições previdenciárias relativas a construções civis no estado do Rio de Janeiro, aos municípios de Angra dos Reis e Paraty, no sul fluminense. Na segunda-feira (12), eles sobrevoaram as duas cidades e captaram imagens para o reconhecimento aéreo da região.

Os dados serão confrontados com os cadastros das prefeituras e imagens de satélite. A operação foi deflagrada no último dia 5 e ocorrerá durante todo o mês de março, em várias regiões do estado.

De acordo com o delegado regional da Receita Federal em Volta Redonda, Alexandre Correa Lisboa, o principal foco da operação, nas regiões de Angra dos Reis e Paraty, são os grandes condomínios construídos nos últimos anos, nas duas cidades.

Segundo ele, cerca de 300 imóveis já foram identificados pela Receita, e as imagens feitas nesta segunda vão ajudar o auditores a verificar a existência de imóveis não regularizados pelo órgão. “Será feito um levantamento de dados de imagens tiradas anteriormente e feitas hoje [segunda-feira, 12]. Após isso, vai ser feito um levantamento sobre a existência de imóveis que foram fotografados e que não há o registro da regularização”, explicou.

Lisboa disse ainda que, a partir da operação, a Receita Federal espera que não haja a necessidade de chegar à etapa de fiscalização, e, sim, a um recolhimento espontâneo. Ele pede que os contribuintes que construíram e não regularizaram os imóveis compareçam às agências da Receita Federal para a regularização do empreendimento.

“Nossa estimativa é que haja um incremento espontâneo das contribuições previdenciárias em torno de 20% a 30% sem a necessidade de a Receita Federal iniciar um procedimento fiscal”, destacou.

Na semana passada, a Operação Taj Mahal mapeou as cidades de Macaé e Rio das Ostras, no norte fluminense. Já os municípios do Rio de Janeiro e Niterói, região metropolitana, foram sobrevoados no primeiro dia da operação, na semana retrasada. Após a captação das imagens, os responsáveis pelos imóveis serão chamados pela Receita Federal para prestar esclarecimentos e comprovar a regularidade das obras.

Nesta terça-feira (13), a operação será desenvolvida nos municípios de Porto Real, Resende e Volta Redonda, no Médio Paraíba, e contará com o apoio de integrantes da Divisão de Operações Aéreas (Dioar), que utilizarão o helicóptero da Receita Federal. O balanço das ações será divulgado no início do mês de abril.

 

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Começo de uma nova era: Diário Oficial da União deixará de ser impresso
Uma nova era de modernidade, eficiência e economia começa para a Imprensa Nacional, a partir desta sexta-feira (1º). Desta data em diante, o Diário Oficial da União (DOU) deixa de ser impresso e fica disponível diariamente apenas pela internet, no endereço portal.imprensanacional.gov.br
Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Conheça do GovData
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
Uma nova era de modernidade, eficiência e economia começa para a Imprensa Nacional, a partir desta sexta-feira (1º). Desta data em diante, o Diário Oficial da União (DOU) deixa de ser impresso e fica disponível diariamente apenas pela internet, no endereço portal.imprensanacional.gov.br
Começo de uma nova era: Diário Oficial da União deixará de ser impresso
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
Conheça do GovData

Últimas imagens

Congresso Nacional deve analisar o PL encaminhado pelo Executivo
Congresso Nacional deve analisar o PL encaminhado pelo Executivo
Alan Santos/PR
Programa torna mais fácil e rápido processos como emissão de documentos, marcação de consultas pelo SUS e pagamento de obrigações trabalhistas e previdenciárias
Programa torna mais fácil e rápido processos como emissão de documentos, marcação de consultas pelo SUS e pagamento de obrigações trabalhistas e previdenciárias
Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília
Obras deverão ser em melhorias como iluminação e saneamento básico
Obras deverão ser em melhorias como iluminação e saneamento básico
Alexandre Lombardi/Pref. de Sorocaba (SP)
Criado em 1º de outubro de 1862, documento que registra atos do governo estará disponível apenas pela internet, no Portal da Imprensa Nacional, a partir de 30 novembro
Criado em 1º de outubro de 1862, documento que registra atos do governo estará disponível apenas pela internet, no Portal da Imprensa Nacional, a partir de 30 novembro
Arquivo/Imprensa Nacional
Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Foto: Beto Barata/PR
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Marcos Santos/USP Imagens

Governo digital