Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2012 > 04 > Pessoas com deficiência já receberam R$ 1,5 milhões para compra de bens

Governo

Pessoas com deficiência já receberam R$ 1,5 milhões para compra de bens

por Portal Brasil publicado : 23/04/2012 11h53

O Banco do Brasil emprestou, até o último dia 13, R$ 1,5 milhão para a compra de bens e serviços que facilitam a vida de pessoas com deficiência. A linha foi lançada pelo banco em fevereiro deste ano, depois de aprovação do Conselho Monetário Nacional (CMN).

Lei autoriza linha de crédito para pessoas com deficiência.

Plano Viver sem Limite é apresentado a entidades ligadas a pessoas com deficiência.

Entre os bens que podem ser financiados estão cadeiras de rodas (inclusive motorizadas), ampliadores de imagem, computador portátil em Braille e equipamentos de adaptação para veículos automotores.

Para ter acesso ao crédito, é preciso ser cliente do banco com limite de crédito aprovado, ter renda mensal bruta de até dez salários mínimos e limite de crédito disponível. A taxa de juros é 0,64% ao mês e o prazo para pagamento vai de quatro a 60 meses. O financiamento pode chegar a até 100% do valor do equipamento que beneficiará a pessoa com deficiência, no valor de R$ 70 a R$ 30 mil.

Antes de contratar o empréstimo, o cliente deve comprar o produto no estabelecimento comercial e pedir a nota fiscal em seu nome. Depois, é preciso levar a nota fiscal na agência para contratar a operação. Além da nota fiscal, é preciso ter em mãos os documentos pessoais como identidade, CPF, comprovante de renda e comprovante de endereço. Segundo o BB, uma dica é pedir desconto na hora da compra do bem, já que será pago à vista.

Na última quinta-feira (19), o governo publicou no Diário Oficial a lei com o valor da subvenção econômica de até R$ 25 milhões por ano para que instituições financeiras oficiais forneçam crédito para pessoas com deficiência.

A lei permite ao governo subsidiar empréstimos para que pessoas com deficiência possam adquirir equipamentos, com recursos do microcrédito. Atualmente, os bancos são obrigados a destinar 2% dos depósitos à vista para o microcrédito. Agora, parte dos recursos pode ser destinada a esse tipo financiamento. 

Para conferir a lista de bens que podem ser financiados, o interessado pode ir a uma agência do banco ou consultar o site.

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil