Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2012 > 05 > Brasil terá as primeiras estatísticas oficiais sobre tráfico de pessoas em um ano

Governo

Brasil terá as primeiras estatísticas oficiais sobre tráfico de pessoas em um ano

por Portal Brasil publicado: 08/05/2012 13h42 última modificação: 29/07/2014 08h47

O Ministério da Justiça espera ter os primeiros dados sobre o tráfico de pessoas no País em um ano. O que existe atualmente são dados baseados em denúncias e em estudos contratados em 2011. A informação é do Secretário Nacional de Justiça do Ministério da Justiça, Paulo Abrão.

Um dos estudos foi feito em conjunto com a Comunidade Europeia que mapeou o tráfico de mulheres entre o Brasil, Portugal e Itália e verificou que a maior procedência de mulheres para o tráfico para estes países está no estado de Goiás.

O secretário participou da criação do Comitê Estadual de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Rio de Janeiro. O estado é o oitavo a ter o comitê. Já foram instaladas unidades em São Paulo, Pernambuco, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, na Bahia e no Ceará, Goiás. A intenção é a de criar esses comitês em todo o território nacional até 2014.

O desafio inicial dos comitês estaduais será a criação das primeiras estatísticas em torno da ocorrência desse crime transnacional, que se refere ao tráfico de pessoas para fins de exploração sexual, exploração de trabalho escravo, adoção internacional e tráfico internacional de órgãos. A partir da criação dos comitês estaduais, a meta é estruturar o Comitê Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas “O tráfico de pessoas é um crime que tem característica de profunda invisibilidade social”, disse Abrão.

Segundo o secretário, muitas vezes, as próprias vítimas não percebem a situação. Por isso, as ações repressivas não têm ainda promovido registros específicos para se criar um banco de estatísticas dessa atividade criminosa. “A formulação de políticas depende de diagnósticos sobre a ocorrência das modalidades criminosas. Essa é a tarefa primeira em cada uma das modalidades de tráfico de pessoas”.

A promoção de grandes eventos no País e a crescente mobilidade da população brasileira tornam mais urgente a questão do tráfico de pessoas, destacou Abrão.

Os comitês integram o Segundo Plano de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, que prevê diretrizes e ações para o País nos próximos anos. O plano foi já foi encaminhado à Casa Civil da Presidência da República, para aprovação. A expectativa é a de lançar o plano ainda no primeiro semestre deste ano.

 

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo defende a realização de uma ampla reforma política
Ministros José Eduardo Cardozo e Miguel Rossetto falaram sobre a legitimidade das manifestações, ocorridas no domingo (15)
"Não tem reforma ministerial", garante Dilma Rousseff
Presidenta Dilma garantiu, em entrevista coletiva, que a saída de Cid Gomes do ministério da Educação foi uma alteração pontual
Governo defende fim do financiamento empresarial em campanhas
Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que atual conjuntura aponta para uma necessária mudança no sistema político-eleitoral
Ministros José Eduardo Cardozo e Miguel Rossetto falaram  sobre a legitimidade das manifestações, ocorridas no domingo (15)
Governo defende a realização de uma ampla reforma política
Presidenta Dilma garantiu, em entrevista coletiva, que a saída de Cid Gomes do ministério da Educação foi uma alteração pontual
"Não tem reforma ministerial", garante Dilma Rousseff
Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que atual conjuntura aponta para uma necessária mudança no sistema político-eleitoral
Governo defende fim do financiamento empresarial em campanhas

Últimas imagens

Iniciativa extingue embargos retidos e infringentes, e também busca incentivar conciliação entre as partes
Iniciativa extingue embargos retidos e infringentes, e também busca incentivar conciliação entre as partes
Presidenta Dilma sanciona lei que altera a regra para a união de dois ou mais partidos políticos
Presidenta Dilma sanciona lei que altera a regra para a união de dois ou mais partidos políticos
Presidenta Dilma Rousseff lamentou a queda de avião de companhia alemã na França
Presidenta Dilma Rousseff lamentou a queda de avião de companhia alemã na França
Pacote é composto de três projetos de lei, uma proposta de Emenda à Constituição (PEC) e dois pedidos de tramitação em regime de urgência
Pacote é composto de três projetos de lei, uma proposta de Emenda à Constituição (PEC) e dois pedidos de tramitação em regime de urgência

Governo digital