Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2012 > 05 > Serviço de Informações ao Cidadão já recebeu mais de cinco mil pedidos

Governo

Serviço de Informações ao Cidadão já recebeu mais de cinco mil pedidos

por Portal Brasil publicado: 29/05/2012 11h31 última modificação: 29/07/2014 08h48

Desde a entrada em vigor da Lei de Acesso à Informação, no último dia 16 de maio, foram registrados 5.276 pedidos aos órgãos do Executivo. Desses, 1.966 já foram respondidos, de acordo com balanço da Controladoria-Geral da União (CGU), que supervisiona o Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (e-SIC) no Poder Executivo Federal. Os números se referem até a tarde de segunda-feira (28).

Portaria define regras para publicação de remunerações dos servidores pelo Executivo

 

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) foi o órgão que registrou mais pedidos: 379, dos quais 311 foram respondidos até a noite de domingo (27). Gabriel Melo da Costa, chefe da Divisão de Atendimento ao Público da Susep, diz que o maior volume de registros são relativos ao seguro DPvat, sobre procedimentos para requerer indenizações e pontos de atendimento.

De acordo com ele, também foi registrada demanda expressiva de corretores de seguros, que pedem informações sobre os procedimentos para registro na Susep. “Não houve uma mudança expressiva no perfil de informação que vem sendo demandada à Susep, pelo menos por enquanto. Nós ainda não tivemos casos que, pela legislação anterior, seriam indeferidos, e que, com a nova lei, passariam a ser objeto de acesso”, ressaltou Costa.

Costa afirma que, normalmente a resposta é dada de imediato, ainda durante o atendimento e a grande maioria dos pedidos é feita pelo telefone (0800 021 8484). Desde o dia 16, apenas quatro pedidos foram indeferidos. Dois por serem de competência de outros órgãos e dois pela Susep não ter a informação requerida.

Já o INSS, que aparece em segundo lugar no balanço da CGU, montou seis balcões de atendimento do SIC, um na Administração Central em Brasília e um em cada Superintendência Regional (São Paulo, Belo Horizonte, Florianópolis, Recife e Brasília). De acordo com informações da assessoria de imprensa do órgão, até segunda-feira (28), tinham sido registrados 315 pedidos diretos e sete encaminhados por outros órgãos, além de 20 enviados por e-mails institucionais, em vez do e-SIC.

Dessas demandas, 43 foram respondidas. Cerca de 90 % dos pedidos são referentes a informações particulares de benefícios, que não podem ser respondidas por meio do SIC. Nesses casos, o INSS envia carta ao interessado com orientação sobre o canal adequado para conseguir a informação.

Em outros Poderes, as providências também estão sendo tomadas. Apesar de não adotar o ícone da CGU (um selo em forma de balão de quadrinhos amarelo com a letra "i" em verde, padrão nos órgãos do Executivo), o Senado reformulou seu Portal da Transparência e lançou o Portal E-Cidadania, que permite a participação do cidadão.

De acordo com a Diretoria-Geral do Senado, também foi criado o Balcão de Informações do Sistema de Informação ao Cidadão, viabilizado com remanejamento de pessoal e integração da equipe que já trabalhava com disponibilização de informação.

No balanço divulgado na sexta-feira (25), desde o dia 16 o Senado havia recebido 109 pedidos de informação sobre assuntos como concurso público, pessoal, cota de telefone, correio e combustível dos senadores e emendas parlamentares. Cerca de metade foi respondida.

Quanto à divulgação do salário dos servidores, o presidente da Casa, senador José Sarney, anunciou que aguarda a regulamentação pelo Ministério do Planejamento para pôr a medida em prática. De acordo com a Lei 12.527, a solicitação do cidadão não precisa de justificativa e a resposta deve ser imediata, se estiver disponível, ou em até 20 dias, prorrogáveis por mais dez.

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Conheça do GovData
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
TáxiGov: saiba como pedir uma corrida
Serviço deve ser solicitado pelo site taxigov.gov.br
TáxiGov: saiba como fazer o primeiro acesso
Usuários devem acessar taxigov.gov.br e realizar o cadastro
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
Conheça do GovData
Serviço deve ser solicitado pelo site taxigov.gov.br
TáxiGov: saiba como pedir uma corrida
Usuários devem acessar taxigov.gov.br e realizar o cadastro
TáxiGov: saiba como fazer o primeiro acesso

Últimas imagens


Suspensão deve-se ao não cumprimento de tratados firmados no momento de adesão ao bloco
Suspensão deve-se ao não cumprimento de tratados firmados no momento de adesão ao bloco
Divulgação/Itamaraty
Parte da reserva emergencial estabelecida pelo Decreto já foi utilizada para atender ministérios
Parte da reserva emergencial estabelecida pelo Decreto já foi utilizada para atender ministérios
Foto: Marcos Corrêa/PR
Primeira parcela corresponde a até metade do valor total e será paga junto aos outros benefícios do mês
Primeira parcela corresponde a até metade do valor total e será paga junto aos outros benefícios do mês
Foto: Bernardo Rebello/Caixa
Cerca de 83,7% das pessoas beneficiadas com recursos das contas do FGTS já fizeram saque
Cerca de 83,7% das pessoas beneficiadas com recursos das contas do FGTS já fizeram saque
Foto: Rodrigo de Oliveira/Caixa
Provimento dos cargos vai depender da existência de vagas na data de publicação do edital
Provimento dos cargos vai depender da existência de vagas na data de publicação do edital
Divulgação/Abin
Cursos de gestão abordam risco, dívida pública, suprimento de fundos e relacionamentos interpessoais
Cursos de gestão abordam risco, dívida pública, suprimento de fundos e relacionamentos interpessoais
Divulgação/Esaf
Afastamentos serão concedidos a titulares de cargos efetivos há pelo menos três anos, para mestrado, e quatro anos, para doutorado
Afastamentos serão concedidos a titulares de cargos efetivos há pelo menos três anos, para mestrado, e quatro anos, para doutorado
Foto: Isa Lima/UnB Agência
Servidores do Ministério da Transparência podem filiar-se à Unacon e ter descontos em diversas áreas
Servidores do Ministério da Transparência podem filiar-se à Unacon e ter descontos em diversas áreas
Divulgação/Unacon
Candidatos devem ser brasileiros natos e terem diploma de graduação em instituição brasileira de ensino superior
Candidatos devem ser brasileiros natos e terem diploma de graduação em instituição brasileira de ensino superior
Divulgação/MRE
Mais de 2,7 mil produtos brasileiros podem se beneficiar de preferências tarifárias oferecidas pelo sistema russo
Mais de 2,7 mil produtos brasileiros podem se beneficiar de preferências tarifárias oferecidas pelo sistema russo
Foto: Ciro Saboya/Mdic

Governo digital