Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2012 > 08 > Concessões de rodovias e ferrovias resultarão em investimentos de R$ 133 bi

Governo

Concessões de rodovias e ferrovias resultarão em investimentos de R$ 133 bi

por Portal Brasil publicado: 15/08/2012 16h44 última modificação: 29/07/2014 08h57
Divulgação/Portal Brasil Nove trechos de rodovias serão duplicados com a concessão para iniciativa privada

Nove trechos de rodovias serão duplicados com a concessão para iniciativa privada

Governo anunciou um pacote de concessões de 17,5 mil km de rodovias e ferrovias para aquecer a economia e melhorar a infraestrutura do País

 

O Programa de Investimentos em Logística, pacote de concessões de rodovias e ferrovias, anunciado nesta quarta-feira (15) pelo governo federal, vai trazer investimentos de R$ 133 bilhões nos próximos 25 anos, para melhorar a infraestrutura de transportes do Brasil e aquecer a economia. Serão concedidos para a iniciativa privada 7,5 mil km de rodovias e 10 mil km.

Do total de investimentos, R$ 79,5 bilhões serão investidos já nos primeiros cinco anos. Para as rodovias, o total investido será R$ 42 bilhões e para as ferrovias, R$ 91 bilhões. O Programa ainda prevê concessões para portos e aeroportos, que serão anunciadas nas próximas semanas.

O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, afirmou durante o lançamento do programa que nove lotes de rodovias serão concedidas à iniciativa privada para duplicação. Obras como construção de contornos, de vias laterais e de travessias terão de ser feitas até o quinto ano após a assinatura do contrato. "Não será um programa que se dilua em 15, 20 anos", assegurou.

 

Pedágio

A empresa vencedora da concessão de rodovias será a que propor a menor tarifa de pedágio, sem cobrança de ágio. Segundo o ministro, os concessionários só cobrarão pedágio quando tiverem pelo menos 10% das obras de concessão de suas áreas construídas. Não será cobrada tarifa na área urbana. O ganhador terá que bancar os investimentos de ampliação e renovação das rodovias.

 

Ferrovias

De acordo com o programa, com os investimentos em ferrovias, será possível escoar mais de 5 milhões de toneladas de grãos e minérios. Dos 10 mil km de ferrovias previstos para serem construído, 2,6 mil terão contratos assinados entre maio e julho de 2013. Os 7,4 mil km de trechos restantes têm previsão para assinatura dos contratos entre julho e setembro.

O programa prevê ainda a criação da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), que terá como função estudar a logística, antecipar investimentos, estruturar projetos e atrair a iniciativa privada para trabalhar juntamente com o governo.

Para a presidente Dilma Rousseff, o plano de concessões tem como objetivo resolver o deficit de infraestrutura na área de transportes, reduzir o custo Brasil e tornar o país mais competitivo no mercado internacional. “Nós estamos fazendo parceria para ampliar a infraestrutra do país, para beneficiar sua população e seu setor privado e para saldar uma dívida de décadas de investimento em logística”, disse.

 

 

Leia mais:

Ônibus de viagem deverão ser adaptados para pessoas com deficiência 

Campanha fala sobre obras de infraestrutura de turismo no Brasil

Programa de segurança rodoviária vai incluir sinalização turística em estradas 

30% das obras do PAC2 já estão finalizadas  

Projetos de infraestrutura no Nordeste devem receber US$ 1,8 bilhões

 

 

 

Fonte:
Portal Brasil
Agência Brasil
Blog do Planalto
Ministério dos Transportes

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Conheça do GovData
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
TáxiGov: saiba como pedir uma corrida
Serviço deve ser solicitado pelo site taxigov.gov.br
TáxiGov: saiba como fazer o primeiro acesso
Usuários devem acessar taxigov.gov.br e realizar o cadastro
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
Conheça do GovData
Serviço deve ser solicitado pelo site taxigov.gov.br
TáxiGov: saiba como pedir uma corrida
Usuários devem acessar taxigov.gov.br e realizar o cadastro
TáxiGov: saiba como fazer o primeiro acesso

Últimas imagens

Aulas irão abordar a importância de se adaptar portais para pessoas com deficiência
Aulas irão abordar a importância de se adaptar portais para pessoas com deficiência
Marcos Santos/USP Imagens
Curso vai apresentar noções básicas e também os fundamentos legais do orçamento público
Curso vai apresentar noções básicas e também os fundamentos legais do orçamento público
Divulgação/EBC

Suspensão deve-se ao não cumprimento de tratados firmados no momento de adesão ao bloco
Suspensão deve-se ao não cumprimento de tratados firmados no momento de adesão ao bloco
Divulgação/Itamaraty
Parte da reserva emergencial estabelecida pelo Decreto já foi utilizada para atender ministérios
Parte da reserva emergencial estabelecida pelo Decreto já foi utilizada para atender ministérios
Foto: Marcos Corrêa/PR
Primeira parcela corresponde a até metade do valor total e será paga junto aos outros benefícios do mês
Primeira parcela corresponde a até metade do valor total e será paga junto aos outros benefícios do mês
Foto: Bernardo Rebello/Caixa
Cerca de 83,7% das pessoas beneficiadas com recursos das contas do FGTS já fizeram saque
Cerca de 83,7% das pessoas beneficiadas com recursos das contas do FGTS já fizeram saque
Foto: Rodrigo de Oliveira/Caixa
Provimento dos cargos vai depender da existência de vagas na data de publicação do edital
Provimento dos cargos vai depender da existência de vagas na data de publicação do edital
Divulgação/Abin
Cursos de gestão abordam risco, dívida pública, suprimento de fundos e relacionamentos interpessoais
Cursos de gestão abordam risco, dívida pública, suprimento de fundos e relacionamentos interpessoais
Divulgação/Esaf
Afastamentos serão concedidos a titulares de cargos efetivos há pelo menos três anos, para mestrado, e quatro anos, para doutorado
Afastamentos serão concedidos a titulares de cargos efetivos há pelo menos três anos, para mestrado, e quatro anos, para doutorado
Foto: Isa Lima/UnB Agência
Servidores do Ministério da Transparência podem filiar-se à Unacon e ter descontos em diversas áreas
Servidores do Ministério da Transparência podem filiar-se à Unacon e ter descontos em diversas áreas
Divulgação/Unacon

Governo digital