Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2012 > 09 > Escola Nacional de Mediação e Conciliação irá reduzir o número de processos judiciais

Governo

Escola Nacional de Mediação e Conciliação irá reduzir o número de processos judiciais

por Portal Brasil publicado: 05/09/2012 16h56 última modificação: 29/07/2014 08h57

Em busca da redução dos números de processos judiciais e do fim dos conflitos, será criada a Escola Nacional de Mediação e Conciliação (Enam)

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (5). Com a participação dos conciliadores, a necessidade de judicialização dos processos deverá ser eliminada, o que permitirá mais agilidade na solução dos impasses e na busca de acordos.

De acordo com portaria do Ministério da Justiça (MJ) - que entra em vigor a partir desta quarta - a escola irá formar, em cursos de capacitação e especialização, pessoas habilitadas para atuar como conciliadoras. Ainda não está definido o local onde a escola será instalada e nem quando começará a funcionar.

Na escola serão colocadas em prática as técnicas de resolução extrajudicial de conflitos, para preparar, capacitar e especializar operadores do direito, estudantes, professores, agentes de mediação comunitária e servidores do ministério. Criada em 2010, a Política Nacional de Conciliação foi instituída por uma resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirma no texto que a escola será criada para atender à necessidade de aprimoramento e resolução. “Foi considerada a importância dos meios alternativos de resolução de conflitos para a efetivação dos direitos e garantias constitucionais”, diz o texto.

Os cursos, seminários, congressos e atividades desenvolvidos pela escola deverão ser realizados em parceria com instituições de ensino públicas e privadas que atuam em conjunto com o sistema de Justiça. A Secretaria de Reforma do Judiciário (SRJ) estará à frente do projeto.

Leia mais:

Investimentos de US$ 4 milhões irão aumentar acesso de brasileiros à Justiça

Ministérios firmam acordo para promover a conciliação de conflitos fundiários urbanos

Advogados da União analisam cerca de 200 mil processos na Semana Nacional de Conciliação

 

Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

"Logística precisa estar preparada para atender ao crescimento do País"
"Logística precisa estar preparada para atender ao crescimento do País"
Jogos Rio 2016 serão inesquecíveis, afirma Dilma Rousseff
Presidenta Dilma Rousseff fala a importância dos Jogos Olímpicos para o País
Governo lança plataforma digital de diálogo com a sociedade brasileira
#DialogaBrasil foi criado para melhorar os programas sociais, por meio de propostas enviadas pela população
"Logística precisa estar preparada para atender ao crescimento do País"
"Logística precisa estar preparada para atender ao crescimento do País"
Presidenta Dilma Rousseff fala a importância dos Jogos Olímpicos para o País
Jogos Rio 2016 serão inesquecíveis, afirma Dilma Rousseff
#DialogaBrasil foi criado para melhorar os programas sociais, por meio de propostas enviadas pela população
Governo lança plataforma digital de diálogo com a sociedade brasileira

Últimas imagens

Lei foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (5)
Lei foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (5)
Divulgação/EBC
Dinheiro será enviado por meio do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur)
Dinheiro será enviado por meio do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur)
Divulgação/Agência Brasil
Presidenta Dilma e o ministro da Saúde, Marcelo Casto se comprometeram a enviar à CNBB todo o material para orientar a população sobre o combate ao Aedes aegypti
Presidenta Dilma e o ministro da Saúde, Marcelo Casto se comprometeram a enviar à CNBB todo o material para orientar a população sobre o combate ao Aedes aegypti
oto: Roberto Stuckert Filho/PR
Nova planta vai proporcionar desenvolvimento e novos empregos para a região
Nova planta vai proporcionar desenvolvimento e novos empregos para a região
Divulgação/Governo do Maranhão
Rosen Plevneliev na cerimônia de chegada: Bulgária também apoiará Brasil quanto à reforma do Conselho de Segurança da ONU, “para que tenha uma representatividade mais ampla”
Rosen Plevneliev na cerimônia de chegada: Bulgária também apoiará Brasil quanto à reforma do Conselho de Segurança da ONU, “para que tenha uma representatividade mais ampla”
Divulgação/ José Cruz/ABr

Governo digital