Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2012 > 10 > Mais de 15 milhões de trabalhadores são beneficiados por programa de alimentação

Governo

Mais de 15 milhões de trabalhadores são beneficiados por programa de alimentação

por Portal Brasil publicado: 09/10/2012 15h14 última modificação: 29/07/2014 08h58
GDF Destinado a todos os trabalhadores, o PAT tem como prioridade o atendimento aos empregados de baixa renda, isto é, aqueles que ganham até 5 salários mínimos mensais

Destinado a todos os trabalhadores, o PAT tem como prioridade o atendimento aos empregados de baixa renda, isto é, aqueles que ganham até 5 salários mínimos mensais

Programa de Alimentação do Trabalhador destina-se a todos os empregados e prioriza os que ganham até cinco salários mínimos

 

Com o objetivo de fornecer uma alimentação nutricional adequada, o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) já alcança mais de 15,8 milhões de trabalhadores no país. Destinado a todos os trabalhadores, o PAT tem como prioridade o atendimento de empregados de baixa renda, isto é, aqueles que ganham até 5 salários mínimos mensais. 

Ao aderir ao programa, o empregador se compromete a atender os que se enquadram nessa faixa salarial. Mas os integrantes das categorias de maior renda também podem ser incluídos, desde que o público-alvo prioritário tenha sido totalmente atendido.

Para incentivar a adesão das empresas ao programa, o governo federal concede benefícios fiscais. De acordo com o último balanço, até setembro deste ano, foram inscritas no Programa de Alimentação mais de 167 mil empresas. Consta também 10 mil fornecedoras de alimentos e 194 prestadoras de serviço de alimentação coletiva.

 

Inscrição

A adesão ao PAT é facultativa e realizada exclusivamente pela internet, no site do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), sendo validada a partir do momento de sua efetivação. A inscrição é o modo de adesão do empregador que quer conceder esse benefício aos seus trabalhadores. A empresa participante pode deduzir até 4% do Imposto de Renda com os gastos de alimentação.

 

Fiscalização

A fiscalização do cumprimento das normas do PAT é feita pelos auditores ficais do trabalho. A execução inadequada do programa e o desvio ou desvirtuamento de suas finalidades levam à perda dos incentivos fiscais e à aplicação de penalidades, como o cancelamento da inscrição do empregador no programa. Nesses casos, o infrator é obrigado a devolver o incentivo fiscal recebido, a recolher o FGTS e a contribuição para o INSS sobre o beneficio concedido, e ainda é multado. Nos últimos cinco anos, foram cancelados 155 registros.

O cancelamento da inscrição da empresa no PAT pode ocorrer ainda nos casos em que não sejam respeitados os indicadores paramétricos do valor calórico e da composição nutricional dos alimentos. Irregularidades como o estabelecimento de desconto superior a 20% relativo à participação do trabalhador sobre o benefício concedido, a utilização do programa como punição ou premiação do empregado, a falta de informação do responsável técnico no cadastro ou da empresa terceirizada contratada também podem influenciar no cancelamento da inscrição.

 

Veja também:

Em 35 anos, Programa de Alimentação do Trabalhador já atende mais de 14 milhões de pessoas 


 

Leia mais:

País tem mais de 300 mil donas de casa de baixa renda cadastradas na Previdência

Renda dos brasileiros mais pobres cresceu 90% em 10 anos

Abonos e rendimentos do PIS já somam R$ 7,5 bilhões pagos em outubro 

 

Fonte:
Ministério do Trabalho e Emprego

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil pretende cortar 37% das emissões de gases de efeito estufa até 2025
A meta é de 37% para 2025, com o indicativo de redução de 43% até 2030 – ambos em comparação aos níveis de 2005
Michel Temer fala sobre o PPI aos empresários estrangeiros
Temer destacou medidas do governo brasileiro para retomar o crescimento econômico, entre elas o Programa de Parcerias de Investimentos
Temer entrega ratificação do acordo do clima de Paris na ONU
O presidente Michel Temer entregou o compromisso do governo brasileiro nas mãos de Ban ki Moon
A meta é de 37% para 2025, com o indicativo de redução de 43% até 2030 – ambos em comparação aos níveis de 2005
Brasil pretende cortar 37% das emissões de gases de efeito estufa até 2025
Temer destacou medidas do governo brasileiro para retomar o crescimento econômico, entre elas o Programa de Parcerias de Investimentos
Michel Temer fala sobre o PPI aos empresários estrangeiros
O presidente Michel Temer entregou o compromisso do governo brasileiro nas mãos de Ban ki Moon
Temer entrega ratificação do acordo do clima de Paris na ONU

Últimas imagens

Em junho, Michel Temer determinou à Aeronáutica que mantenha permanentemente um jato à disposição para transporte de órgãos e tecidos
Em junho, Michel Temer determinou à Aeronáutica que mantenha permanentemente um jato à disposição para transporte de órgãos e tecidos
Foto: Andre Feitosa / FAB
Presidente Michel Temer durante apresentação do novo regime fiscal aos líderes da base aliada da Câmara e do Senado
Presidente Michel Temer durante apresentação do novo regime fiscal aos líderes da base aliada da Câmara e do Senado
Foto: Beto Barata/PR
Michel Temer durante visita à Arena Carioca 1 nesta terça-feira (14)
Michel Temer durante visita à Arena Carioca 1 nesta terça-feira (14)
Foto: Beto Barata/PR
O ministro interino do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, ressaltou em entrevista coletiva que medida propiciará economia de cerca de 230 milhões
O ministro interino do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, ressaltou em entrevista coletiva que medida propiciará economia de cerca de 230 milhões
Foto: Portal Brasil
Guilherme Campos afirmou comprometimento para que os Correios possam ser sempre uma empresa de confiabilidade.
Guilherme Campos afirmou comprometimento para que os Correios possam ser sempre uma empresa de confiabilidade.
Foto: Correios
Ministro Eliseu Padilha durante coletiva de imprensa para falar sobre a preparação para os Jogos Olímpicos Rio 2016
Ministro Eliseu Padilha durante coletiva de imprensa para falar sobre a preparação para os Jogos Olímpicos Rio 2016
Foto: Carolina Antunes/PR
O ataque ocorreu no centro histórico da cidade, bairro  frequentado por turistas e estudantes.
O ataque ocorreu no centro histórico da cidade, bairro frequentado por turistas e estudantes.
Vladimir Platonow/ Agência Brasil
O esforço, afirma Temer, é para, no final do seu governo, entregar um País equilibrado na política e na economia
O esforço, afirma Temer, é para, no final do seu governo, entregar um País equilibrado na política e na economia
Foto: Beto Barata/PR

Governo digital