Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2012 > 10 > Segurados que ganham acima do mínimo receberão pagamento a partir de quinta (1º)

Governo

Segurados que ganham acima do mínimo receberão pagamento a partir de quinta (1º)

por Portal Brasil publicado: 31/10/2012 17h57 última modificação: 29/07/2014 08h58
Divulgação / Dataprev 82,1% dos idosos brasileiros estão protegidos pela Previdência Social

82,1% dos idosos brasileiros estão protegidos pela Previdência Social

Calendário será interrompido na sexta (2) devido ao feriado do Dia de Finados e retomado na segunda (5)

 

A partir desta quinta-feira (1º), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a depositar o pagamento dos benefícios referentes a outubro para os segurados que recebem acima de um salário mínimo. O calendário será interrompido na sexta (2), devido ao feriado do Dia de Finados, e retomado na segunda-feira (5).

Na quinta-feira (1º), recebem os benefícios aqueles segurados que ganham acima do salário mínimo e possuem cartão com final 1 e 6. Em ambos os casos, o último dígito do cartão deve ser desconsiderado. Aqueles que possuem cartão com final 2 e 7, desconsiderando-se o dígito, recebem seus benefícios no dia 5 de novembro.

Os depósitos da folha de outubro serão creditados até o dia 8 de novembro. Para os cartões com final 3 e 8, o pagamento será feito na próxima terça-feira (6). Para os com final 4 e 9, o depósito será no dia 7 de novembro (quarta-feira). Já para os beneficiários com cartão com final 5 e 0, o pagamento será no dia 8 de novembro (quinta-feira).

 

Até um salário

Os depósitos da folha de outubro começaram a última quinta-feira (25), quando receberam os benefícios aqueles segurados que ganham até um salário mínimo e possuem cartão com final 1, desconsiderando-se o dígito. Na próxima quinta-feira, entre os que ganham até um salário mínimo, receberá o benefícios aqueles com cartão com final 6, sem considerar o dígito.

O pagamento para os cartões com final 7, 8, 9 e 0 serão retomados na próxima segunda-feira (5), e seguirão até o dia 8 de novembro (quinta-feira), em que cada final receberá em um dia da semana. Qualquer dúvida em relação às datas pode ser esclarecida por meio da Central 135.

Cobertura

De acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio 2011 (Pnad), 82,1% dos idosos brasileiros estão protegidos pela Previdência Social. Essa porcentagem representa 19,3 milhões de pessoas com 60 anos ou mais - cerca de 1,6 milhão (81,73%) a mais do que o registrado na última Pnad, realizada em 2009.

Segundo a Pnad, 82,1% dos idosos brasileiros estão protegidos pela Previdência Social

Foi constatado pela Secretaria de Políticas de Previdência Social que no caso dos homens dessa faixa etária, a proteção chega a 86,7% (9,01 milhões) e para as mulheres idosas, o percentual de cobertura chega a 78,6% (10,3 milhões).

A maior parte dos idosos protegidos recebia aposentadoria, grupo em que preponderavam os homens, que também eram maioria entre os não beneficiários que contribuíam para a Previdência Social. Este fato foi explicado, principalmente, por se depararem com requisitos mais elevados de idade e tempo de contribuição para o requerimento de aposentadorias.

O estudo revela também que o pagamento de benefícios previdenciários impediu que mais de 23,7 milhões de brasileiros, de todas as faixas etárias, ficassem abaixo da linha da pobreza. Sem os repasses da Previdência, a quantidade de pobres seria de 74,97 milhões de pessoas - redução de 12,8 pontos percentuais na taxa de pobreza.

 
 

Fonte:
Ministério da Previdência Social
IBGE

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil