Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2012 > 11 > Votação pelo sistema biométrico será ampliada em 2014

Governo

Votação pelo sistema biométrico será ampliada em 2014

por Portal Brasil publicado: 06/11/2012 17:24 última modificação: 06/11/2012 17:51

A meta do TSE é concluir o cadastramento em 2018, quando o País deverá ter 155 milhões de eleitores

 

A votação pelo sistema biométrico, que é o reconhecimento do leitor por sua digital, será ampliada nas eleições de 2014 afirmou, na segunda-feira (5), a presidenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Cármen Lúcia. Os presidentes dos tribunais regionais eleitorais terão prazo de 15 dias para informar as cidades onde a biometria poderá ser implantada futuramente.

Neste ano, o sistema de reconhecimento digital foi aplicado em 298 municípios de 24 estados, com a participação de 7,8 milhões de eleitores. Os índices de reconhecimento das impressões digitais alcançaram 94,18% no primeiro turno e 96,53% no segundo turno.

A biometria é uma tecnologia que confere ainda mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. O leitor biométrico acoplado à urna eletrônica deve confirmar a identidade de cada eleitor, comparando as impressões digitais com todo o banco de dados disponível.

O uso de urnas biométricas começou em 2007 com 42 mil eleitores, sendo ampliado para 1,1 milhão nas eleições de 2010. A meta do TSE é concluir o cadastramento para as eleições de 2018, quando o País deverá ter 155 milhões de pessoas aptas a votar. O processo é genuinamente brasileiro, com hardware e software desenvolvidos pelo tribunal.

Avaliação

A presidenta do TSE participou de uma de reunião com 23 presidentes de tribunais eleitorais regionais para discutir os números das eleições deste ano e programar melhorias para daqui a dois anos.

 

Fonte:

Agência Brasil
Tribunal Superior Eleitoral

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil