Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2013 > 08 > Brasil e Japão firmam acordo para gerenciamento de riscos de desastres naturais

Governo

Brasil e Japão firmam acordo para gerenciamento de riscos de desastres naturais

Gestão de Risco

A parceria foi oficializada durante seminário ocorrido nesta quarta-feira (28), no Rio de Janeiro
por Portal Brasil publicado: 29/08/2013 00h00 última modificação: 29/07/2014 23h58
Divulgação/ EBC O plano Nacional de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres Naturais vai contemplar projetos de mapeamento, monitoramento e alerta, resposta e prevenção a desastres

O plano Nacional de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres Naturais vai contemplar projetos de mapeamento, monitoramento e alerta, resposta e prevenção a desastres

Um Termo de Cooperação Técnica entre Brasil e Japão foi firmado na última quarta-feira (28) para o desenvolvimento e a implantação de ações voltadas ao fortalecimento da gestão integrada de riscos de desastres naturais. A parceria foi oficializada durante o Rio Bosai 2013, seminário internacional sobre prevenção de desastres naturais. Os municípios que integram o projeto foram previamente selecionados em função dos desastres sofridos nos últimos anos. Um dos objetivos da cooperação técnica é o aprimoramento da Política Nacional de Proteção e Defesa Civil, instituída pela Lei 12.608, de 2012.

A Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) e os ministérios das Cidades, da Integração Nacional e da Ciência, Tecnologia e Inovação, e a prefeitura municipal de três cidades: Blumenau (SC), Nova Friburgo (RJ); e Petrópolis (RJ) assinaram o documento. Entre outros pontos debatidos no seminário, foi destaque a importância da colaboração internacional para a formação de uma sociedade engajada na busca pela redução de danos causados por desastres naturais.

Cooperação Técnica

A Cooperação contemplará ações diversificadas que buscam desenvolver o planejamento da expansão urbana, bem como ferramentas de gestão territorial; aperfeiçoar procedimentos padronizados para avaliação e mapeamento de riscos de desastres relacionados com movimentos de massa e enxurradas; formular diretrizes para autoridades estaduais e municipais para estabelecer protocolos de resposta a desastres; desenvolver metodologias e procedimentos para a emissão de alertas de desastres envolvendo movimentos de massa; melhorar o sistema nacional de monitoramento e alerta de desastres naturais.

Para o secretário substituto da Secretaria Nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional, Rafael Schadeck, a ação conjunta entre os dois países será muito importante para a gestão de riscos ambientais no âmbito nacional. 

“É um projeto de médio prazo, feito com cuidado, que vai deixar muitos frutos para o País. A princípio, serão três municípios contemplados, mas o trabalho desenvolvido deixará uma herança local para os órgãos federais, estaduais e municipais perpetuarem o conhecimento e as ações desenvolvidas”, analisou o secretário da Integração Nacional.

Fonte:
Ministério da Integração Nacional

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Conheça do GovData
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
TáxiGov: saiba como pedir uma corrida
Serviço deve ser solicitado pelo site taxigov.gov.br
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
Conheça do GovData
Serviço deve ser solicitado pelo site taxigov.gov.br
TáxiGov: saiba como pedir uma corrida

Últimas imagens

Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Foto: Beto Barata/PR
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Marcos Santos/USP Imagens
Ministro da Cultura afirma que governos anteriores agiram com “desmantelo” na fiscalização e prestação de contas dos projetos
Ministro da Cultura afirma que governos anteriores agiram com “desmantelo” na fiscalização e prestação de contas dos projetos

Governo digital