Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2013 > 11 > Brasil vai sediar conferência sobre governança na internet

Governo

Brasil vai sediar conferência sobre governança na internet

Gestão

Anúncio foi realizado pelos ministros Luiz Alberto Figueiredo, Marco Antônio Raupp e Paulo Bernardo
por Portal Brasil publicado: 18/11/2013 15h48 última modificação: 30/07/2014 00h17

Os ministros das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo; das Comunicações, Paulo Bernardo; e da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antônio Raupp; anunciaram, nesta segunda-feira (18), durante entrevista coletiva, que o Brasil vai sediar nos dias 23 e 24 abril de 2014 uma conferência internacional sobre governança na internet.

Segundo Paulo Bernardo, o encontro deve acontecer em São Paulo. O objetivo, segundo Figueiredo, é organizar uma reunião para buscar entendimentos a respeito do tema.

O ministro explicou que algumas atribuições do controle da internet devem ser mantida com o terceiro setor. “O que nós achamos é que os governos devem atuar onde é necessário, como nos casos de crimes cibernéticos, terrorismo, espionagem e pedofilia. O nosso marco civil tem princípios que podem ser replicados, mas não trata de questões internacionais que ainda precisam ser trabalhadas”, acrescentou.

“O objetivo da conferência é um debate amplo de todos os setores diretamente interessados e vinculados à internet. Governos, empresas, academia, sociedade civil. Estamos agindo internacionalmente para a proteção dos direitos. Esta é a grande orientação que o governo tem, de proteger a liberdade de expressão, os direitos humanos e da privacidade. Estamos determinados a continuar nesse caminho”, disse Figueiredo.

Já o ministro da Ciência e Tecnologia citou o modelo brasileiro participativo e democrático de governança da internet do Comitê Gestor da Internet (CGI), criado em 1995 e que reúne 20 integrantes. “Essa proposta do encontro em São Paulo surgiu de uma belíssima experiência que o Brasil tem em matéria de governança da internet. Ali estão representados todos grandes os setores da sociedade. O decálogo que orienta as suas ações já é reconhecido no mundo todo. Então o Brasil tem uma posição de liderança nesse setor”, ressaltou.

A proposta do encontro foi acertada em uma audiência da presidenta Dilma Rousseff com o CEO da Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers), Fadi Chehadé, no dia 9 de outubro.

Na ocasião, ele afirmou que veio “para discutir com ela como partiremos da visão dela para o futuro para conseguir soluções práticas, porque a confiança do mundo na internet global foi ferida”, e que a ideia da conferência era “discutir como, juntos, vamos basear nosso trabalho em governar a internet”.

Fontes:
Blog do Planalto
Ministério das Comunicações 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Começo de uma nova era: Diário Oficial da União deixará de ser impresso
Uma nova era de modernidade, eficiência e economia começa para a Imprensa Nacional, a partir desta sexta-feira (1º). Desta data em diante, o Diário Oficial da União (DOU) deixa de ser impresso e fica disponível diariamente apenas pela internet, no endereço portal.imprensanacional.gov.br
Temer diz que reforma da Previdência é essencial e conta com Congresso para sua aprovação
Governo do Brasil quer aprovar a proposta para garantir direitos iguais a todos e cortar privilégios. É que afirmou o presidente Michel Temer em mensagem gravada para as redes sociais oficiais; confira
Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Uma nova era de modernidade, eficiência e economia começa para a Imprensa Nacional, a partir desta sexta-feira (1º). Desta data em diante, o Diário Oficial da União (DOU) deixa de ser impresso e fica disponível diariamente apenas pela internet, no endereço portal.imprensanacional.gov.br
Começo de uma nova era: Diário Oficial da União deixará de ser impresso
Governo do Brasil quer aprovar a proposta para garantir direitos iguais a todos e cortar privilégios. É que afirmou o presidente Michel Temer em mensagem gravada para as redes sociais oficiais; confira
Temer diz que reforma da Previdência é essencial e conta com Congresso para sua aprovação
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre

Últimas imagens

Congresso Nacional deve analisar o PL encaminhado pelo Executivo
Congresso Nacional deve analisar o PL encaminhado pelo Executivo
Alan Santos/PR
Programa torna mais fácil e rápido processos como emissão de documentos, marcação de consultas pelo SUS e pagamento de obrigações trabalhistas e previdenciárias
Programa torna mais fácil e rápido processos como emissão de documentos, marcação de consultas pelo SUS e pagamento de obrigações trabalhistas e previdenciárias
Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília
Obras deverão ser em melhorias como iluminação e saneamento básico
Obras deverão ser em melhorias como iluminação e saneamento básico
Alexandre Lombardi/Pref. de Sorocaba (SP)
Criado em 1º de outubro de 1862, documento que registra atos do governo estará disponível apenas pela internet, no Portal da Imprensa Nacional, a partir de 30 novembro
Criado em 1º de outubro de 1862, documento que registra atos do governo estará disponível apenas pela internet, no Portal da Imprensa Nacional, a partir de 30 novembro
Arquivo/Imprensa Nacional
Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Foto: Beto Barata/PR
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Marcos Santos/USP Imagens

Governo digital