Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2014 > 01 > Produtos brasileiros serão lançados em feira na Alemanha

Economia e Emprego

Produtos brasileiros serão lançados em feira na Alemanha

Mercado internacional

Dezoito empresas brasileiras de confeitaria que participam da ISM 2014 (Feira Internacional de Doces e Biscoitos) farão 64 lançamentos.
por Portal Brasil publicado: 11/01/2014 16h13 última modificação: 30/07/2014 02h57

Com o objetivo de conquistar novos mercados, a indústria brasileira do setor de confeitos vem investindo cada vez mais em produtos com sabores típicos do país.

As 18 empresas brasileiras de confeitaria que participam da ISM 2014 (Feira Internacional de Doces e Biscoitos), em Colônia, de 26 a 29 de janeiro, farão 64 lançamentos. Os novos produtos incluem ingredientes nativos, alguns deles com propriedades benéficas para a saúde. 

As empresas fazem parte do Sweet Brasil, projeto de exportação da ABICAB (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados) e da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoções de Exportações e Investimentos, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores.

O Pavilhão Brasileiro, no Hall 5.2, conta ainda com quatro empresas do setor de biscoitos, que vão à ISM 2014 sob a coordenação da Associação Nacional das Indústrias de Biscoitos (ANIB).

O Brasil é o país parceiro da feira este ano e, para comemorar, o Projeto Sweet Brasil, em parceria com o Ministério das Relações Exteriores, vai oferecer um coquetel para 250 convidados, entre autoridades, importadores, compradores, formadores de opinião e jornalistas, no segundo dia da feira.

No coquetel serão servidos alimentos típicos produzidos pela “Seleção Brasileira de Alimentos“, um time de 13 marcas de alimentos e bebidas formado para mostrar ao mercado internacional produtos inovadores.

Também participará da ISM 2014, um representante do projeto Design Embala. O projeto visa fortalecer o design de embalagem como diferencial competitivo dos produtos brasileiros para exportação, por meio de inteligência competitiva, qualificação, valorização e promoção e plataforma de contatos, cujas atividades tiveram início em 2013.

Participam do projeto mais de 15 empresas do setor de confeitaria. Os projetos Design Embala e a Seleção Brasileira de Alimentos tem o apoio da Apex-Brasil.

Além dos dirigentes da entidade, a comitiva da ABICAB na feira deste ano será integrada por diretores das empresas do setor, que viajam à Alemanha como parte de um projeto para aumentar a competitividade dos confeitos brasileiros no mercado internacional.

ABICAB 

Fundada em 1957, a ABICAB é responsável pela política do setor tanto no Brasil quanto no exterior. Tem como objetivo a valorização das indústrias de confeitos, responsáveis pela geração de 31 mil empregos diretos e 62 mil indiretos.

Representa 92% do mercado de chocolates, 70% do mercado de balas e confeitos, 80% do mercado de amendoim e 100% do mercado de cacau.

Apex-Brasil 

A missão da Apex-Brasil é promover a exportação de produtos e serviços do Brasil, contribuir para a internacionalização das empresas nacionais e atrair investimentos estrangeiros para o Brasil. A Apex-Brasil é uma Agência do governo brasileiro, ligada ao MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior).

A Agência realiza ações diversificadas de promoção comercial que visam promover as exportações e valorizar os produtos e serviços brasileiros no exterior, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais, visitas de compradores estrangeiros e formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira entre outras plataformas de negócios que também têm por objetivo fortalecer a marca Brasil.

Fonte:
Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Começo de uma nova era: Diário Oficial da União deixará de ser impresso
Uma nova era de modernidade, eficiência e economia começa para a Imprensa Nacional, a partir desta sexta-feira (1º). Desta data em diante, o Diário Oficial da União (DOU) deixa de ser impresso e fica disponível diariamente apenas pela internet, no endereço portal.imprensanacional.gov.br
Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Conheça do GovData
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
Uma nova era de modernidade, eficiência e economia começa para a Imprensa Nacional, a partir desta sexta-feira (1º). Desta data em diante, o Diário Oficial da União (DOU) deixa de ser impresso e fica disponível diariamente apenas pela internet, no endereço portal.imprensanacional.gov.br
Começo de uma nova era: Diário Oficial da União deixará de ser impresso
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
Conheça do GovData

Últimas imagens

Congresso Nacional deve analisar o PL encaminhado pelo Executivo
Congresso Nacional deve analisar o PL encaminhado pelo Executivo
Alan Santos/PR
Programa torna mais fácil e rápido processos como emissão de documentos, marcação de consultas pelo SUS e pagamento de obrigações trabalhistas e previdenciárias
Programa torna mais fácil e rápido processos como emissão de documentos, marcação de consultas pelo SUS e pagamento de obrigações trabalhistas e previdenciárias
Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília
Obras deverão ser em melhorias como iluminação e saneamento básico
Obras deverão ser em melhorias como iluminação e saneamento básico
Alexandre Lombardi/Pref. de Sorocaba (SP)
Criado em 1º de outubro de 1862, documento que registra atos do governo estará disponível apenas pela internet, no Portal da Imprensa Nacional, a partir de 30 novembro
Criado em 1º de outubro de 1862, documento que registra atos do governo estará disponível apenas pela internet, no Portal da Imprensa Nacional, a partir de 30 novembro
Arquivo/Imprensa Nacional
Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Foto: Beto Barata/PR
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Marcos Santos/USP Imagens

Governo digital