Governo

Saneamento

Pnad: Brasil tem mais 1,5 milhão de domicílios com esgoto

Dados de 2013 também mostram expansão de 1,1 milhão no número de casas atendidas com abastecimento de água
publicado: 19/09/2014 10h58, última modificação: 23/12/2017 10h20
PNAD revela aumento de 1,5 milhão de domicílios com saneamento

Região Nordeste foi a que mais expandiu a coleta de lixo, com acréscimo de 5,1% - Foto: Crédito/Blog do Planalto

O Brasil aumentou em 1,5 milhão o número de domicílios atendidos com rede coletora de esgoto no ano de 2013, aponta Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os resultados foram apresentados nessa quinta-feira (18).

No mesmo período, também foi registrada expansão de 1,1 milhão no número de domicílios atendidos com rede de abastecimento de água, ao passo que o serviço de coleta de lixo passou a atender a mais 1,8 milhão de domicílios.

Em saneamento básico, a proporção de domicílios que dispunham do serviço passou de 63,3% em 2012 para 64,3% em 2013, atingindo 41,9 milhões de unidades atendidas. Todas as regiões do País apresentaram avanços, com destaque para a evolução do Sul, Norte e Centro-Oeste, que assinalaram crescimentos de 8,4%, 8,3% e 7,1%, respectivamente, no conjunto de domicílios atendidos pela rede coletora de esgoto.

O crescimento no número de domicílios atendidos pela rede geral de abastecimento de água foi de 2%, alcançando o total de 85,3% (55,6 milhões) das unidades domiciliares brasileiras. Na coleta de lixo, o aumento foi de 3,2%, alcançando 89,8% (58,4 milhões) do total de domicílios, contra 88,8% (56,6 milhões) em 2012. A região Nordeste foi a que mais expandiu o serviço, com acréscimo de 5,1%.

Tereza Campello, ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, chamou a atenção para o acesso a água pela parcela mais pobre da população. “Quando olhamos os 5% mais pobres, (…) a gente vê um crescimento muito grande de acesso à água. Isso já reflete o acesso às cisternas no Nordeste, o acesso a outras formas de água para a população isolada em comunidades rurais. Então, mostrando aí no caso da água uma vitória muito grande de um bem e um acesso a direito constitucional estratégico, para não só melhoria de qualidade de vida, mas melhoria da saúde da população”, avaliou.

Iluminação elétrica

De 2012 para 2013, o número de domicílios que eram atendidos pelo serviço de iluminação elétrica cresceu 2,1%, alcançando a proporção de 99,6% de domicílios beneficiados no Brasil. A região Norte alcançou 97,7% dos domicílios atendidos. Nas demais regiões, os percentuais foram superiores a 99%.

Fonte:

Blog do Planalto

error while rendering plone.belowcontentbody.relateditems