Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2016 > 01 > Hospitais públicos passarão por faxina contra o Aedes aegypti

Cidadania e Justiça

Hospitais públicos passarão por faxina contra o Aedes aegypti

Prevenção

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, informou que todos os hospitais públicos, privados e filantrópicos do País que atendem a pacientes do SUS vão passar por um “dia da faxina” contra o Aedes aegypti
publicado: 29/01/2016 19h58 última modificação: 02/02/2016 18h55
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil O ministro da Saúde, Marcelo Castro, em entrevista coletiva após reunião sobre ações de combate ao mosquito Aedes aegypti

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, em entrevista coletiva após reunião sobre ações de combate ao mosquito Aedes aegypti

Em continuação ao esforço inédito do governo na batalha contra o Aedes aegypti, o ministro da Saúde, Marcelo Castro, informou nesta sexta-feira (29) que todos os hospitais públicos, privados e filantrópicos do País que atendem a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) vão passar por um “dia da faxina” contra o mosquito na próxima quarta-feira (4).

O anúncio foi feito após reunião na Sala Nacional de Coordenação e Controle da Dengue, em Brasília, da qual participaram a presidenta Dilma Rousseff, os ministros Marcelo Castro (Saúde), Gilberto Occhi (Integração Nacional), Aloizio Mercadante (Educação) e Jaques Wagner (Casa Civil) e governadores dos estados de Pernambuco, Paraíba, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo (por meio de videoconferência).

Nesta sexta-feira (29), o Ministério da Saúde promoveu um dia de mobilização nacional para inspecionar e eliminar possíveis focos do mosquito em todos os prédios públicos no País. Segundo o ministro, as ações demonstram que o governo, além de cobrar que a sociedade se engaje contra o Aedes aegypti, também está fazendo a sua parte.

“Além de ser o nosso dever, é simbólico. Estamos pedindo que as pessoas façam [essa faxina] também nas suas casas”, explicou o ministro. Segundo ele, a grande mobilização nacional no dia 13 fevereiro, com a presença de cerca de 220 mil homens do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, vai receber o reforço de mais 46 mil agentes comunitários, que farão vistorias dentro das residências brasileiras.

“Todas essas pessoas irão de casa em casa, destruindo os criadouros, conscientizando as pessoas, ensinando como deve fazer, porque nós não podemos dar folga aos mosquitos. Eles têm uma capacidade de reprodução muito grande. É um trabalho permanente, continuado e ininterrupto”, ressaltou.

Fonte: Blog do Planalto

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Conheça do GovData
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
TáxiGov: saiba como pedir uma corrida
Serviço deve ser solicitado pelo site taxigov.gov.br
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
Conheça do GovData
Serviço deve ser solicitado pelo site taxigov.gov.br
TáxiGov: saiba como pedir uma corrida

Últimas imagens

Programa torna mais fácil e rápido processos como emissão de documentos, marcação de consultas pelo SUS e pagamento de obrigações trabalhistas e previdenciárias
Programa torna mais fácil e rápido processos como emissão de documentos, marcação de consultas pelo SUS e pagamento de obrigações trabalhistas e previdenciárias
Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília
Obras deverão ser em melhorias como iluminação e saneamento básico
Obras deverão ser em melhorias como iluminação e saneamento básico
Alexandre Lombardi/Pref. de Sorocaba (SP)
Criado em 1º de outubro de 1862, documento que registra atos do governo estará disponível apenas pela internet, no Portal da Imprensa Nacional, a partir de 30 novembro
Criado em 1º de outubro de 1862, documento que registra atos do governo estará disponível apenas pela internet, no Portal da Imprensa Nacional, a partir de 30 novembro
Arquivo/Imprensa Nacional
Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Foto: Beto Barata/PR
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Marcos Santos/USP Imagens

Governo digital