Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2016 > 02 > Em São Luís, Jaques Wagner pede mobilização contra o Aedes aegypti

Saúde

Em São Luís, Jaques Wagner pede mobilização contra o Aedes aegypti

Dia Nacional de Mobilização Zika Zero

Ministro-chefe da Casa Civil está na capital maranhense para divulgar a campanha do governo federal
por Portal Brasil publicado: 13/02/2016 15h35 última modificação: 13/02/2016 15h35
Governo do Maranhão/Ascom O ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, esteve acompanhado do governador do estado, Flávio Dino, e do prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior

O ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, esteve acompanhado do governador do estado, Flávio Dino, e do prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior

O ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, participou, neste sábado (13), do Dia Nacional de Mobilização Zika Zero, em São Luis (MA). Ao lado do governador do estado, Flávio Dino, e do prefeito da capital, Edivaldo Júnior, o ministro orientou os cidadãos sobre os cuidados a serem tomados para eliminar o mosquito.

"Hoje nós mobilizamos as três forças para combater um problema que é mundial, presente em 113 países. Não vamos resumir essa ação a um dia, mas reunir esforços para chamar a atenção da população para a necessidade de ter consciência cidadã, individual e coletiva", disse o ministro-chefe da Casa Civil, destacando que a maioria dos focos estão dentro das residências.

Wagner também fez um apelo para que todos se mobilizem em casa evitando juntar água parada, reduzindo, assim, a proliferação do mosquito. "Peço a todos que deem a sua contribuição permanente no combate ao mosquito para que possamos garantir a saúde das próximas gerações", pediu.

Para o governador Flávio Dino, é fundamental o trabalho em conjunto dos agentes comunitários de saúde, militares e demais agentes públicos. "Estamos aqui dando um exemplo de união. Temos hoje o conjunto de todas as forças para simbolizar o que o país precisa na mobilização de toda a sociedade. Este ato sinaliza o rumo da liderança que o país precisa para cuidar, sobretudo, dos segmentos mais vulneráveis", disse o governador.

Distribuídos por todas as cinco regiões do país neste sábado, militares, ministros e outros representantes do governo federal chamam a atenção da população para a necessidade de cuidados permanentes e contínuos em todos os lugares, a fim de destruir criadouros do mosquito Aedes aegypti e evitar sua reprodução.

Mobilização permanente, contínua e ininterrupta 

Na próxima semana, 50 mil homens e mulheres das Forças Armadas darão prosseguimento às ações de combate aos focos do mosquito Aedes aegypti e manterão o trabalho de conscientização da população, cujo engajamento será fundamental para que o país vença essa batalha.

Neste sábado agentes do governo federal estiveram em pelo menos 162 municípios, para participação de eventos programados em conjunto com as autoridades locais, como visitas a escolas, hospitais e salas de coordenação e controle para o enfrentamento à microcefalia. Os ministros foram orientados a dar entrevistas, para mostrar o empenho do governo federal no combate ao mosquito transmissor do vírus Zika e motivar toda a população a desenvolver ações permanentes de destruição dos criadouros.

De acordo com o ministro da Saúde, Marcelo Castro, esta é "a maior mobilização nacional já realizada para combater o Aedes aegypti". Segundo ele, "será uma mobilização permanente, contínua e ininterrupta".

"Já nos livramos desse mosquito no passado. A maneira mais eficiente é eliminar os criadouros. E dois terços dos criadouros estão dentro das residências", disse Castro. "Em todos os casos bem sucedidos de combate ao mosquito houve envolvimento da sociedade", afirmou.

Fonte: Casa Civil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Conheça do GovData
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
TáxiGov: saiba como pedir uma corrida
Serviço deve ser solicitado pelo site taxigov.gov.br
Denúncias de violações de direitos humanos foram recebidas pela ouvidoria do governo federal; maioria relatou violações contra crianças e adolescentes
Ouvidoria recebe mais de 67 mil denúncias no primeiro semestre
Plataforma compartilha a análise de dados governamentais
Conheça do GovData
Serviço deve ser solicitado pelo site taxigov.gov.br
TáxiGov: saiba como pedir uma corrida

Últimas imagens

Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Presidente acompanhou o lançamento acompanhado por ministros e militares
Foto: Beto Barata/PR
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Decreto publicado em 29 de setembro define ampliação de R$ 12,660 bilhões das despesas do Executivo
Marcos Santos/USP Imagens
Ministro da Cultura afirma que governos anteriores agiram com “desmantelo” na fiscalização e prestação de contas dos projetos
Ministro da Cultura afirma que governos anteriores agiram com “desmantelo” na fiscalização e prestação de contas dos projetos

Governo digital