Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2016 > 03 > Dilma condena violência contra sede da UNE e pede apuração sobre ação da PM em sindicato

Governo

Dilma condena violência contra sede da UNE e pede apuração sobre ação da PM em sindicato

Nota à imprensa

Em comunicado oficial, presidenta classificou ato contra estudantes de "intolerável" e "afronta à democracia"
por Portal Brasil publicado: 13/03/2016 13h03 última modificação: 13/03/2016 13h08

A presidenta Dilma Rousseff se manifestou por meio de nota oficial, neste domingo (13), para repudiar os ataques contra a sede da União Nacional dos Estudantes (UNE), ocorridos no sábado (12) em São Paulo. Dilma chamou o ato de "intolerável" e considerou o gesto "uma afronta à democracia".

A presidenta também pediu apuração rigorosa do governo de São Paulo no caso da ação policial que interrompeu uma plenária na subsede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em Diadema (SP), na sexta-feira (11) à noite. O encontro no sindicato era em favor do ex-presidente Lula.

Leia a nota na íntegra:

"
É intolerável a violência cometida por vândalos  que neste sábado atacaram a sede da União Nacional dos Estudantes (UNE), em São Paulo. Trata-se de uma ação violenta, que confunde o debate político saudável e democrático com a disseminação  do ódio. Como venho afirmando à imprensa, ações que constituam provocação, violência e vandalismo prestam enorme e preocupante desserviço ao Brasil. 

Lutamos por muitos anos para o restabelecimento da ordem democrática, para o funcionamento adequado das instituições e para o pleno exercício do direito à expressão e a manifestação política. O que se viu na sede da UNE, no entanto, foi um gesto de intimidação gratuita e uma afronta a democracia, e deve ser repudiado por todos aqueles que acreditam numa nação livre e democrática.

Os mesmos princípios democráticos devem ser defendidos em relação ao episódio ocorrido na subsede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em Diadema, na sexta-feira à noite. É preciso que o governo de São Paulo apure com rigor o ocorrido e as motivações para a ação de policiais armados durante uma plenária em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Que os fatos sejam plenamente esclarecidos. 

Presidenta Dilma Rousseff"

 Fonte: Palácio do Planalato


Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

registrado em: ,

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Campanha Brasil nos trilhos. Um ano de coragem, trabalho e avanços
Confira a nova campanha sobre os 12 meses de atuação do governo federal
Temer discute Previdência com ministros e parlamentares
Presidente recebeu neste domingo (16), no Palácio da Alvorada, autoridades para discutir a proposta de reforma da Previdência
Esclareça boatos sobre a Reforma da Previdência
O rombo previdenciário não para de crescer e pode engolir toda a nossa economia. Assista ao vídeo e entenda melhor. Não se deixe enganar
Confira a nova campanha sobre os 12 meses de atuação do governo federal
Campanha Brasil nos trilhos. Um ano de coragem, trabalho e avanços
Presidente recebeu neste domingo (16), no Palácio da Alvorada, autoridades para discutir a proposta de reforma da Previdência
Temer discute Previdência com ministros e parlamentares
O rombo previdenciário não para de crescer e pode engolir toda a nossa economia. Assista ao vídeo e entenda melhor. Não se deixe enganar
Esclareça boatos sobre a Reforma da Previdência

Últimas imagens

Schvartsman assume o cargo no lugar de Murilo Ferreira, que esteve na presidência por seis anos
Schvartsman assume o cargo no lugar de Murilo Ferreira, que esteve na presidência por seis anos
Divulgação/Governo do Paraná
Operações investigam corrupção envolvendo servidores e empresas de Tocantins e Santa Catarina
Operações investigam corrupção envolvendo servidores e empresas de Tocantins e Santa Catarina
Divulgação/Polícia Federal
Texto prevê contrapartidas como privatizações e restrições ao aumento de despesas contínuas
Texto prevê contrapartidas como privatizações e restrições ao aumento de despesas contínuas
Foto: Nilson Bastian/Câmara dos Deputados
A nova plataforma será útil no desenvolvimento e monitoramento de políticas públicas
A nova plataforma será útil no desenvolvimento e monitoramento de políticas públicas
Arquivo/Agência Brasil
Parceria entre o ministério e o site existe desde agosto de 2016
Parceria entre o ministério e o site existe desde agosto de 2016
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Levantamento está na edição anual do Índice de Dados Abertos Brasil, lançado na última quinta (27)
Levantamento está na edição anual do Índice de Dados Abertos Brasil, lançado na última quinta (27)
Divulgação/EBC
Existem no Brasil cerca de 9,5 milhões de pessoas com algum nível de deficiência auditiva
Existem no Brasil cerca de 9,5 milhões de pessoas com algum nível de deficiência auditiva
Divulgação/UFPB
Principais medidas do texto foram mantidas, como regulamentação do trabalho intermitente
Principais medidas do texto foram mantidas, como regulamentação do trabalho intermitente
Alex Ferreira/Câmara dos Deputados

Governo digital