Você está aqui: Página Inicial > Governo > 2016 > 03 > Mercadante nega tentativa de impedir delação e isenta Dilma

Governo

Mercadante nega tentativa de impedir delação e isenta Dilma

Entrevista

Durante coletiva, ministro disse que trechos da gravação foram omitidos e que gesto de procurar assessor foi pessoal e motivado por solidariedade
por Portal Brasil publicado: 15/03/2016 19h00 última modificação: 16/03/2016 15h00

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou, nesta terça-feira (15), em entrevista coletiva na sede do ministério, que não tentou impedir o senador Delcídio do Amaral (PT-MS) de firmar acordo de delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato. O ministro disse ainda que agiu de forma “política e pessoal” e isentou a presidenta Dilma Rousseff (PT) de qualquer responsabilidade na conversa que teve com o assessor do parlamentar, cuja gravação foi entregue à PGR nesta terça-feira (15).

“A presidenta não tem nenhuma responsabilidade nem ninguém do governo. Já disse e reafirmo: a responsabilidade é inteiramente minha. Eu estou encaminhando ao Procurador-Geral da República [Rodrigo Janot], ao presidente do Supremo [Ricardo Lewandowski] a minha total disposição de esclarecer o que for necessário em relação a esse episódio.[…] Não se discute uma questão de governo [na conversa com o assessor de Delcídio]”, disse o ministro.

Mercadante disse também que o gesto de procurar o assessor foi pessoal e motivado por solidariedade. Ele alegou ainda que trechos específicos da conversa foram divulgados, enquanto outros foram omitidos. “É absolutamente nítido, mesmo toda a tentativa do assessor de me induzir a algumas questões como essa [impedir delação], eu fui muito firme em deixar claro que era um direito dele e que não ia ter qualquer interferência e que isto não era objeto da minha preocupação. […] Qual era o objeto da minha preocupação? O objeto foi que eu vi uma campanha brutal na internet contra as filhas dele, isso me sensibilizou, uma pessoa que eu convivi por 13 anos, e eu chamei o assessor dele para dizer: 'Eu estou aqui para fazer um gesto pessoal de solidariedade'."

Fonte: Portal Brasil, com informações do Blog do Planalto

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil receberá visita oficial do presidente da Argentina em fevereiro
O porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola, informou que o presidente da Argentina, Mauricio Macri, realizará visita de Estado ao Brasil
120 dias com coragem para fazer as reformas de que o Brasil precisa
O Brasil precisa de reformas que não podem esperar. E o governo federal tem a coragem de fazer o que outros governos não fizeram
Governo lança plataforma que centraliza serviços públicos
Plataforma de Cidadania Digital amplia e simplifica acesso a serviços públicos digitais, inclusive por meio de dispositivos móveis
O porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola, informou que o presidente da Argentina, Mauricio Macri, realizará visita de Estado ao Brasil
Brasil receberá visita oficial do presidente da Argentina em fevereiro
O Brasil precisa de reformas que não podem esperar. E o governo federal tem a coragem de fazer o que outros governos não fizeram
120 dias com coragem para fazer as reformas de que o Brasil precisa
Plataforma de Cidadania Digital amplia e simplifica acesso a serviços públicos digitais, inclusive por meio de dispositivos móveis
Governo lança plataforma que centraliza serviços públicos

Últimas imagens

A depender da avaliação bimestral de receitas e despesas, serão adotadas medidas de limitação orçamentária
A depender da avaliação bimestral de receitas e despesas, serão adotadas medidas de limitação orçamentária
Foto: José Cruz/Agência Brasil
Presidente em exercício, Rodrigo Maia, sancionou a lei na terça-feira durante viagem de Michel Temer a Portugal
Presidente em exercício, Rodrigo Maia, sancionou a lei na terça-feira durante viagem de Michel Temer a Portugal
Foto: José Cruz/Agência Brasil
Município de onde os cidadãos mais acessaram foi São Paulo (SP), com mais de 2,1 milhões de visitas
Município de onde os cidadãos mais acessaram foi São Paulo (SP), com mais de 2,1 milhões de visitas
Waldemir Barreto/Agência Senado
O banco de dados está em desenvolvimento dentro do Programa de Modernização da SPU
O banco de dados está em desenvolvimento dentro do Programa de Modernização da SPU
Divulgação/Iphan
Os ex-servidores respondem na esfera judicial por crimes e estão proibidos de retornar ao serviço público federal
Os ex-servidores respondem na esfera judicial por crimes e estão proibidos de retornar ao serviço público federal
Divulgação/CGU
Presidente da Turquia acusou o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) de ser o autor da ação
Presidente da Turquia acusou o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) de ser o autor da ação
Foto: EPA/Sedat Suna/Agência Lusa
Servidores devem comprovar a necessidade por junta médica oficial
Servidores devem comprovar a necessidade por junta médica oficial
Divulgação/EBC
O grupo extremista curdo TAK assumiu, no domingo (11), a autoria do atentado
O grupo extremista curdo TAK assumiu, no domingo (11), a autoria do atentado
Sedat Suna/Agência Lusa/EPA
A emissão gratuita da identidade será feita somente por meio virtual
A emissão gratuita da identidade será feita somente por meio virtual
Divulgação/Prefeitura de São Paulo (SP)
A unidade da federação com maior expectativa de vida foi Santa Catarina, com 78,7 anos
A unidade da federação com maior expectativa de vida foi Santa Catarina, com 78,7 anos
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Governo digital