Governo

Política econômica

Governo federal simplifica eSocial para empregador doméstico

A iniciativa faz parte das medidas econômicas anunciadas pelo governo federal para estimular a economia
publicado: 03/10/2017 09h00, última modificação: 23/12/2017 11h02
Governo federal simplifica eSocial para empregador doméstico

Ferramenta é usada pelo empregador doméstico para o pagamento de tributos - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O governo federal divulgou, nesta quinta-feira (15), a simplificação do eSocial, ferramenta usada pelo empregador doméstico para o pagamento de tributos. A medida vai unificar 13 obrigações trabalhistas de quatro órgãos governamentais distintos: Receita Federal, INSS, Caixa Econômica Federal e Ministério do Trabalho. 

O objetivo é reduzir o tempo gasto pelas empresas para preenchimento de declarações, formulários e livros fiscais. A iniciativa faz parte das medidas econômicas anunciadas pelo governo federal para estimular a economia.

O governo estipulou prazos para a implantação do novo eSocial. Em julho de 2017, será criado um ambiente teste para as empresas. Em janeiro de 2018, começa o início da obrigatoriedade para grandes empresas. Em julho do mesmo ano, a adesão das demais empresas se torna obrigatória.

Fonte: Governo do Brasil