Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2010 > 08 > ANP vai vistoriar plataforma da Petrobras que teria risco de vazamento

Geral

ANP vai vistoriar plataforma da Petrobras que teria risco de vazamento

por Portal Brasil publicado: 10/08/2010 17h37 última modificação: 28/07/2014 11h37

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou nesta terça-feira (10) que fará uma vistoria na plataforma P-33, da Petrobras, baseada na Bacia de Campos, litoral norte do estado. A ANP decidiu fazer a fiscalização depois de denúncias de que a plataforma tem problemas de infraestrutura e de segurança, que podem colocar em risco os funcionários. A Marinha, que inspeciona a plataforma regularmente, fará uma nova visita à P-33 nesta quarta-feira (11).

Segundo nota divulgada pelo Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense, os funcionários dizem que a P-33, que está operando há 11 anos, encontra-se em “estado precário, tanto na área de segurança do trabalho, quanto na higiene dos locais de trabalho e descanso”. Ainda de acordo com nota do sindicato, a P-33 está “avançando para o risco de um acidente fatal”.

O sindicato afirma que um grande vazamento de gás atingiu a plataforma em maio deste ano. Em julho, houve uma explosão que não deixou feridos.

Diante das denúncias dos funcionários, a Superintendência Regional do Trabalho do Rio de Janeiro fez uma vistoria na plataforma e constatou o risco de vazamento em filtros de óleo, que, segundo os fiscais, não têm válvulas de segurança.

Os fiscais do Trabalho decidiram, então, interditar alguns equipamentos da plataforma. No entanto, a Petrobras, que afirma atender às normas do Ministério do Trabalho, conseguiu uma liminar na 2ª Vara do Trabalho de Macaé, para suspender a interdição imposta pelos fiscais. Ainda segundo a estatal, a P-33 é inspecionada por profissionais habilitados e certificada anualmente desde 1999.


Fonte:
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Fundo de R$ 10 bilhões promoverá concessões municipais
Programa vai ajudar municípios a melhorar serviços de iluminação pública, água, esgoto e asfalto
Terminal portuário do RJ é arrematado por R$ 1,18 mi
O consórcio Maravilha, formado pelas empresas Bunge Alimentos S.A. e M Dias Branco Indústria e Comércio de Alimentos, foi o vencedor do leilão do terminal de trigo, localizado dentro do Porto Organizado do Rio de Janeiro
Novas regras do Minha Casa Minha Vida ampliarão acesso ao programa
A meta do Ministério das Cidades é contratar, ainda este ano, 100 mil novas unidades habitacionais do programa
Programa vai ajudar municípios a melhorar serviços de iluminação pública, água, esgoto e asfalto
Fundo de R$ 10 bilhões promoverá concessões municipais
O consórcio Maravilha, formado pelas empresas Bunge Alimentos S.A. e M Dias Branco Indústria e Comércio de Alimentos, foi o vencedor do leilão do terminal de trigo, localizado dentro do Porto Organizado do Rio de Janeiro
Terminal portuário do RJ é arrematado por R$ 1,18 mi
A meta do Ministério das Cidades é contratar, ainda este ano, 100 mil novas unidades habitacionais do programa
Novas regras do Minha Casa Minha Vida ampliarão acesso ao programa

Últimas imagens

Empresa que mais levou lotes foi a Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP)
Empresa que mais levou lotes foi a Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP)
Divulgação/Governo do Espírito Santo
Além disso, beneficiados terão acesso a escolas, creche e posto de saúde nas proximidades das moradias
Além disso, beneficiados terão acesso a escolas, creche e posto de saúde nas proximidades das moradias
Foto: Bruno Peres/Ministério das Cidades
Nas próximas semanas, o governo da Paraíba reforçará captações para levar água a mais 17 cidades
Nas próximas semanas, o governo da Paraíba reforçará captações para levar água a mais 17 cidades
Foto: Orlando Telles/Ministério da Integração
Implementação dos projetos está prevista para Acre, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte e Santa Catarina
Implementação dos projetos está prevista para Acre, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte e Santa Catarina
Foto: Gleilson Miranda/Governo do Acre
A Rede Teca da Infraero conta com complexos logísticos em todas as regiões do Brasil
A Rede Teca da Infraero conta com complexos logísticos em todas as regiões do Brasil
Divulgação/Infraero

Governo digital