Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2010 > 08 > BNDES amplia prazo para financiamento de projetos de energias alternativas

Geral

BNDES amplia prazo para financiamento de projetos de energias alternativas

por Portal Brasil publicado: 10/08/2010 09h47 última modificação: 28/07/2014 11h37
Divulgação/ Portal Educacional do Estado do Paraná Projetos de energia eólica terão mais prazo para financiamento

Projetos de energia eólica terão mais prazo para financiamento

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ampliou de 14 para 16 anos o prazo máximo de financiamentos para projetos de energia eólica, biomassa e pequenas centrais hidrelétricas (PCHs). Com a mudança, as condições de financiamento desses empreendimentos serão iguais às oferecidas a usinas hidrelétricas entre 30 MW e 1.000 MW.

O aumento do prazo faz parte dos objetivos da política energética de diversificar a matriz elevando gradualmente a inserção das fontes alternativas, que têm menor impacto ambiental e mais rápido prazo de implantação, no Sistema Integrado Nacional (SIN).


A mudança deve produzir efeitos diretos sobre os preços a serem ofertados nos leilões de fontes alternativas de energia (eólica, biomassa e PCH abaixo de 30 MW), que ocorrerão nos dias 25 e 26 de agosto. Isso porque o financiamento é contabilizado como um item de custo de implantação de uma usina. Dessa forma, melhores condições de financiamento podem significar menor tarifa final.

Fonte:
BNDES

 

Saiba mais sobre o BNDES no Portal Brasil.

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Novas regras vão facilitar embarque e desembarque em aeroportos
Governo elabora conjunto de orientações para eliminar os obstáculos e reduzir o tempo de espera no embarque e desembarque nos aeroportos
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Governo elabora conjunto de orientações para eliminar os obstáculos e reduzir o tempo de espera no embarque e desembarque nos aeroportos
Novas regras vão facilitar embarque e desembarque em aeroportos

Últimas imagens

Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Arquivo/PAC
A previsão para o ano de 2017 é de que a demanda total de energia deve crescer cerca de 1,5%
A previsão para o ano de 2017 é de que a demanda total de energia deve crescer cerca de 1,5%
Foto: Vanderlei Tacchio/Eletrosul
Empreendimento da Faixa 1 do programa contempla famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil
Empreendimento da Faixa 1 do programa contempla famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil
Foto: Rodrigo de Oliveira/Caixa
Todas as viagens de transporte interestadual rodoviário são abrangidas pela nova regulamentação
Todas as viagens de transporte interestadual rodoviário são abrangidas pela nova regulamentação
Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília
Também foram liberados R$ 3 milhões para obras de saneamento no Amapá
Também foram liberados R$ 3 milhões para obras de saneamento no Amapá
Divulgação/Caixa

Governo digital