Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2010 > 08 > Usina Hidrelétrica Serra do Facão, em Goiás, começa a operar comercialmente

Geral

Usina Hidrelétrica Serra do Facão, em Goiás, começa a operar comercialmente

por Portal Brasil publicado: 09/08/2010 20h20 última modificação: 28/07/2014 11h37

A unidade geradora UG2, de 106.290 KW de capacidade, instalada da Usina Serra do Facão, no Rio São Marcos, em Goiás, foi autorizada a dar início às operações nesta segunda-feira (9), conforme medida publicada no Diário Oficial da União.
 

Com a decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a usina passa a operar comercialmente, e a energia produzida deverá estar disponível ao sistema.
 

Segundo o diretor–presidente da empresa Serra do Facão Energia S.A, Eduardo Bueno, será mantido um despacho de 45 MW para encher o reservatório no próximo período de chuvas, antes do enchimento do reservatório de Batalha.
 

A empresa, constituída como Sociedade de Propósito Específico (SPE), é formada pela Eletrobras Furnas (com participação de 49,5%), a  Alcoa Alumínio S.A., que responde por 30%, e a DME Energética e a Camargo Corrêa Energia S.A., que possuem 10% cada.
 

A empresa é responsável pela implantação do empreeendimento Aproveitamento Hidrelétrico Serra do Facão, composto pela Usina Hidrelétrica Serra do Facão e por sua linha de transmissão.



Fonte:
Aneel





Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Erro
Ocorreu um erro enquanto renderizando o portlet.

Últimas imagens

Rio Itapecuru, genuinamente maranhense, percorre cerca de 16% das terras do Maranhão
Rio Itapecuru, genuinamente maranhense, percorre cerca de 16% das terras do Maranhão
Divulgação/Universidade de São Paulo
Quanto maior a proximidade de bairros já consolidados, melhor será a avaliação do empreendimento
Quanto maior a proximidade de bairros já consolidados, melhor será a avaliação do empreendimento
Foto: Bruno Peres/Ministério das Cidades
O Ministério dos Transportes autorizou, nesta semana, investimentos para implantação dos sistemas
O Ministério dos Transportes autorizou, nesta semana, investimentos para implantação dos sistemas
Foto: Elio Sales/Secretaria de Aviação Civil
No mesmo período de 2016, o número de novas instalações era de 612 projetos
No mesmo período de 2016, o número de novas instalações era de 612 projetos
Divulgação/Governo de Minas Gerais
Aeroporto de Salvador foi arrematado por R$ 660,9 milhões
Aeroporto de Salvador foi arrematado por R$ 660,9 milhões
Divulgação/Portal da Copa

Governo digital