Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2011 > 01 > ANTT registra quase 500 mil transportadores de carga no País

Infraestrutura

ANTT registra quase 500 mil transportadores de carga no País

por Portal Brasil publicado: 28/01/2011 18h35 última modificação: 28/07/2014 12h59

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) registrou 489.387 transportadores de carga para terceiros no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Carga (RNTRC), iniciado em 2009. O número inclui tanto os transportadores recadastrados quanto os novos registros inscritos. Também foram registrados 1.329.390 veículos transportadores de carga para terceiros no Brasil.

Empresas transportadoras rodoviárias de cargas, cooperativas de transporte rodoviário de cargas e transportadores autônomos que integram o transporte rodoviário de cargas tiveram até dezembro para se cadastrar no junto à agência.

Do total de registros emitidos, 417.957 são de transportadores autônomos, 71.227 são de empresas de transporte de cargas e 203 são das cooperativas. Também foram registrados 610.944 veículos de transportadores autônomos, 708.405 veículos de empresas de transporte de cargas e 10.041 veículos de cooperativas.

Pelos dados, os veículos de transportadores autônomos tiveram idade média de 18,9 anos, enquanto os das empresas de transporte de cargas tiveram 8,5 anos e os das cooperativas, 14,4 anos. A idade média dos veículos registrados no RNTRC, a partir do recadastramento, foi de 13,3 anos.

A ANTT alerta que todo transportador que for flagrado pela fiscalização da agência ou da Polícia Rodoviária Federal (PRF) dirigindo sem o registro atualizado, será autuado. Os valores das infrações variam de R$ 500 a R$ 5.000.

Além disso, a contratação de um transportador rodoviário de cargas sem inscrição no RNTRC ou com inscrição suspensa ou cancelada também acarreta multas para o embarcador contratante.


Fonte:
ANTT

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Lei sancionada regulamenta prorrogação de concessões em transporte
Presidente Michel Temer sancionou, com vetos, a lei que regulamenta as condições para a prorrogação de contratos de parceria na área de transportes
Setor de aviação civil está em rota de crescimento, diz ministro dos Transportes
Maurício Quintella disse que o setor está em rota de crescimento após 19 meses de quedas sucessivas na demanda por voos
Campanha busca prevenir acidentes entre caminhoneiros
Ministério do Trabalho realizou campanha Abril Verde com objetivo de impedir acidentes de trabalho em transportes terrestres
Presidente Michel Temer sancionou, com vetos, a lei que regulamenta as condições para a prorrogação de contratos de parceria na área de transportes
Lei sancionada regulamenta prorrogação de concessões em transporte
Maurício Quintella disse que o setor está em rota de crescimento após 19 meses de quedas sucessivas na demanda por voos
Setor de aviação civil está em rota de crescimento, diz ministro dos Transportes
Ministério do Trabalho realizou campanha Abril Verde com objetivo de impedir acidentes de trabalho em transportes terrestres
Campanha busca prevenir acidentes entre caminhoneiros

Últimas imagens

Condutores devem sempre respeitar os limites de velocidade e usar o cinto de segurança
Condutores devem sempre respeitar os limites de velocidade e usar o cinto de segurança
Thiago Amaral/Governo do Piauí
O recadastramento é válido somente para os veículos que vincularam o código do adesivo à placa
O recadastramento é válido somente para os veículos que vincularam o código do adesivo à placa
Diego Gurgel/Governo do Acre
Empreendimentos são compostos por apartamentos de 44,90 m² avaliados em R$ 64 mil cada
Empreendimentos são compostos por apartamentos de 44,90 m² avaliados em R$ 64 mil cada
Foto: Bruno Peres/Ministério das Cidades
Incidente não causou nenhuma vítima, e a água seguiu por um riacho até chegar ao rio Moxotó
Incidente não causou nenhuma vítima, e a água seguiu por um riacho até chegar ao rio Moxotó
Divulgação/Ministério da Integração Nacional
O edital prevê o pagamento máximo de R$ 963 mil para cada projeto aprovado
O edital prevê o pagamento máximo de R$ 963 mil para cada projeto aprovado
Foto: José Medeiros/Governo do Mato Grosso

Governo digital