Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2011 > 01 > Refinaria em Canoas (RS) vai receber duas novas unidades em três anos

Infraestrutura

Refinaria em Canoas (RS) vai receber duas novas unidades em três anos

por Portal Brasil publicado: 13/01/2011 14h58 última modificação: 28/07/2014 12h59

A Petrobras assinou contrato para construção da nova Unidade de Hidrotratamento de Diesel e da nova Unidade de Geração de Hidrogênio, na Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), em Canoas (RS).

A unidade de hidrotratamento terá capacidade para tratar 6.000 m3/dia de diesel com baixo teor de enxofre. Já a unidade de geração de hidrogênio terá capacidade para produzir 1.250.000 Nm3/dia de hidrogênio, com pureza de 99%, tendo como diferencial a possibilidade de carga com gás natural, gás de refinaria, butanos e nafta.

“Esse empreendimento tem uma importância chave, pois vai propiciar a produção de diesel de qualidade apropriada tanto para o mercado interno quanto para o externo”, destacou o diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa.

A obra está estimada em três anos, com um índice de nacionalização superior a 70%. Segundo a Petrobras, há expectativa de geração de três mil postos de trabalho no pico das obras.

Atualmente, a Refap apresenta capacidade instalada de 200 mil barris de petróleo por dia. Produz principalmente óleo diesel e gasolina, além de nafta petroquímica, propeno, GLP (gás de cozinha), querosene de aviação, óleo combustível e asfalto. O contrato foi assinado na quarta-feira (12).


Fonte:
Agência Petrobras

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Fundos Regionais ajudarão retomada do crescimento em 2017
Serão R$ 117 bilhões, ao longo dos próximos 4 anos. Só para 2017, serão R$ 28 bilhões
Governo financiará setor energético na região Norte
Fundos financiarão pequenas centrais hidrelétricas, parques eólicos e centrais fotovoltaicas
Defesa Civil Nacional e Google emitirão avisos sobre desastres no Brasil
Parceria do governo federal com o Google vai permitir que as pessoas tenham informações em tempo real
Serão R$ 117 bilhões, ao longo dos próximos 4 anos. Só para 2017, serão R$ 28 bilhões
Fundos Regionais ajudarão retomada do crescimento em 2017
Fundos financiarão pequenas centrais hidrelétricas, parques eólicos e centrais fotovoltaicas
Governo financiará setor energético na região Norte
Parceria do governo federal com o Google vai permitir que as pessoas tenham informações em tempo real
Defesa Civil Nacional e Google emitirão avisos sobre desastres no Brasil

Últimas imagens

Ações continuam para os Jogos Paralímpicos Rio 2016
Ações continuam para os Jogos Paralímpicos Rio 2016
Divulgação/Anac
Trajeto será entre o Aeroporto Santos Dumont e a Parada dos Navios, próxima ao terminal de cruzeiros na zona portuária
Trajeto será entre o Aeroporto Santos Dumont e a Parada dos Navios, próxima ao terminal de cruzeiros na zona portuária
Divulgação/EBC
Objetivo da medida é aumentar a segurança nas estradas, reduzindo o número de acidentes frontais
Objetivo da medida é aumentar a segurança nas estradas, reduzindo o número de acidentes frontais
Divulgação/EBC
Empreendimentos contam com rede de água, esgoto energia elétrica e iluminação pública, além de área de lazer
Empreendimentos contam com rede de água, esgoto energia elétrica e iluminação pública, além de área de lazer
Divulgação/Minha Casa Minha Vida
Melhor navegabilidade da bacia do Tocantins-Araguaia também vai favorecer pequenas comunidades agrícolas
Melhor navegabilidade da bacia do Tocantins-Araguaia também vai favorecer pequenas comunidades agrícolas
Foto: Divulgação/Ministério da Integração

Governo digital