Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2011 > 05 > Luz Para Todos levará energia elétrica a mais de mil famílias assentadas no Nordeste

Infraestrutura

Luz Para Todos levará energia elétrica a mais de mil famílias assentadas no Nordeste

por Portal Brasil publicado: 17/05/2011 17h58 última modificação: 28/07/2014 13h05

Cerca de 1.090 famílias sergipanas que vivem em áreas de reforma agrária passarão a ter acesso à energia elétrica a partir deste ano. A meta foi firmada nesta terça-feira (17) entre o superintendente regional do Incra em Sergipe, Jorge Tadeu Jatobá Correia, e representantes do Comitê Gestor do Programa Luz Para Todos no estado.

 O acordo prevê a inclusão das famílias — que vivem em 31 assentamentos instalados em 13 municípios do estado — ainda em 2011.

 Segundo Correia, o trabalho executado pelo Luz Para Todos é fundamental para garantir o desenvolvimento e a melhoria da qualidade de vida nas áreas de reforma agrária. "A implantação da energia elétrica nos assentamentos, realizada há quase oito anos pelo Luz Para Todos, é uma premissa para o desenvolvimento das famílias assentadas. É um trabalho sério e de grande relevância social, que garante o uso da energia para a produção de alimentos, para o conforto e a melhoria da qualidade de vida de milhares de famílias", afirmou.

O comitê gestor do programa em Sergipe solicitou ao Incra um documento com uma previsão da demanda de famílias que deverão ser atendidas até 2014. "Esse documento pedido pelo comitê irá auxiliar no planejamento das ações nos próximos anos, garantindo que os benefícios do Luz Para Todos continuem chegando aos nossos assentamentos", explicou o superintendente do Incra no estado.

O documento com a previsão da demanda nas áreas de reforma agrária deve ficar pronto até o dia 24 de maio, quando haverá nova reunião entre os gestores. 


Fonte:
Incra

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Cisternas nas Escolas
Conheça o projeto Cisternas nas Escolas, que vai levar 5 mil cisternas às escolas do semiárido brasileiro. Arnoldo de Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS explica o projeto.
Governo dará suporte contra a crise hídrica em áreas urbanas
Deliberação foi feita nesta quarta (1º) durante reunião interministerial do Grupo de Segurança Hídrica. Ações são direcionadas para o Nordeste
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Conheça o projeto Cisternas nas Escolas, que vai levar 5 mil cisternas às escolas do semiárido brasileiro. Arnoldo de Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS explica o projeto.
Cisternas nas Escolas
Deliberação foi feita nesta quarta (1º) durante reunião interministerial do Grupo de Segurança Hídrica. Ações são direcionadas para o Nordeste
Governo dará suporte contra a crise hídrica em áreas urbanas

Últimas imagens

O objetivo é criar mecanismos para universalizar a internet de alta velocidade, reforçar a infraestrutura de acesso e incentivar os investimentos no setor
O objetivo é criar mecanismos para universalizar a internet de alta velocidade, reforçar a infraestrutura de acesso e incentivar os investimentos no setor
Desde 2009, Programa já entregou mais de 2,6 milhões de moradias
Desde 2009, Programa já entregou mais de 2,6 milhões de moradias
Divulgação/Ministério das Cidades
Programa já alcançou 96% dos municípios brasileiros, 5.330 cidades diferentes
Programa já alcançou 96% dos municípios brasileiros, 5.330 cidades diferentes
Iano Andrade/Portal Brasil
Terceira fase do programa vai contratar mais 2 milhões de moradias, a serem construídas até 2018
Terceira fase do programa vai contratar mais 2 milhões de moradias, a serem construídas até 2018
Divulgação/Blog do Planalto
Seminário discutirá a necessidade de adaptar o sistema de  mobilidade urbana para reduzir as emissões de gases poluentes
Seminário discutirá a necessidade de adaptar o sistema de mobilidade urbana para reduzir as emissões de gases poluentes
Divulgação/EBC

Governo digital