Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2011 > 05 > Luz Para Todos levará energia elétrica a mais de mil famílias assentadas no Nordeste

Infraestrutura

Luz Para Todos levará energia elétrica a mais de mil famílias assentadas no Nordeste

por Portal Brasil publicado: 17/05/2011 17h58 última modificação: 28/07/2014 13h05

Cerca de 1.090 famílias sergipanas que vivem em áreas de reforma agrária passarão a ter acesso à energia elétrica a partir deste ano. A meta foi firmada nesta terça-feira (17) entre o superintendente regional do Incra em Sergipe, Jorge Tadeu Jatobá Correia, e representantes do Comitê Gestor do Programa Luz Para Todos no estado.

 O acordo prevê a inclusão das famílias — que vivem em 31 assentamentos instalados em 13 municípios do estado — ainda em 2011.

 Segundo Correia, o trabalho executado pelo Luz Para Todos é fundamental para garantir o desenvolvimento e a melhoria da qualidade de vida nas áreas de reforma agrária. "A implantação da energia elétrica nos assentamentos, realizada há quase oito anos pelo Luz Para Todos, é uma premissa para o desenvolvimento das famílias assentadas. É um trabalho sério e de grande relevância social, que garante o uso da energia para a produção de alimentos, para o conforto e a melhoria da qualidade de vida de milhares de famílias", afirmou.

O comitê gestor do programa em Sergipe solicitou ao Incra um documento com uma previsão da demanda de famílias que deverão ser atendidas até 2014. "Esse documento pedido pelo comitê irá auxiliar no planejamento das ações nos próximos anos, garantindo que os benefícios do Luz Para Todos continuem chegando aos nossos assentamentos", explicou o superintendente do Incra no estado.

O documento com a previsão da demanda nas áreas de reforma agrária deve ficar pronto até o dia 24 de maio, quando haverá nova reunião entre os gestores. 


Fonte:
Incra

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo federal investe R$ 30 bilhões para combater a seca no nordeste brasileiro
Só com o projeto de Integração do Rio São Francisco, cerca de 12 milhões de pessoas serão beneficiadas
Projeto de Integração do Rio São Francisco vai beneficiar 12 milhões de pessoas
Orçadas em R$ 9,6 bilhões, as obras, com 477 quilômetros, estão em fase final nos eixos norte e leste. O projeto é uma prioridade do governo federal e passa pelos estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte
Minha Casa Minha Vida beneficia 5 mil pessoas no município de Mogi Guaçu
O programa Minha Casa Minha Vida beneficiou cerca de 5 mil pessoas da cidade de Mogi Guaçu (SP). Os investimentos do governo federal, na obra, são da ordem de R$ 119 milhões
Só com o projeto de Integração do Rio São Francisco, cerca de 12 milhões de pessoas serão beneficiadas
Governo federal investe R$ 30 bilhões para combater a seca no nordeste brasileiro
Orçadas em R$ 9,6 bilhões, as obras, com 477 quilômetros, estão em fase final nos eixos norte e leste. O projeto é uma prioridade do governo federal e passa pelos estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte
Projeto de Integração do Rio São Francisco vai beneficiar 12 milhões de pessoas
O programa Minha Casa Minha Vida beneficiou cerca de 5 mil pessoas da cidade de Mogi Guaçu (SP). Os investimentos do governo federal, na obra, são da ordem de R$ 119 milhões
Minha Casa Minha Vida beneficia 5 mil pessoas no município de Mogi Guaçu

Últimas imagens

Picos de demanda da operação especial estão previstos para os dias 24 de fevereiro  e 1º de março
Picos de demanda da operação especial estão previstos para os dias 24 de fevereiro e 1º de março
Divulgação/Ministério dos Transportes
Investimentos previstos para a derrocagem são de R$ 181,5 milhões
Investimentos previstos para a derrocagem são de R$ 181,5 milhões
Edsom Leite/MTPA
Novo contrato prevê investimentos da ordem de R$ 160 milhões e atenderá mais 11,5 mil famílias
Novo contrato prevê investimentos da ordem de R$ 160 milhões e atenderá mais 11,5 mil famílias
Divulgação/Governo do Acre
Codevasf também vai construir passagem molhada de 20m de extensão por 4,5m de largura
Codevasf também vai construir passagem molhada de 20m de extensão por 4,5m de largura
Divulgação/Codevasf
Aguadas já existentes e as previstas têm volume de acumulação entre 7m³ e 21m³
Aguadas já existentes e as previstas têm volume de acumulação entre 7m³ e 21m³
Divulgação/Codevasf

Governo digital