Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2011 > 05 > Número de celulares no Brasil cresce 9,6 milhões em 2011

Infraestrutura

Número de celulares no Brasil cresce 9,6 milhões em 2011

por Portal Brasil publicado: 25/05/2011 20h59 última modificação: 28/07/2014 13h05

O Brasil fechou abril de 2011 com 212,6 milhões de acessos na telefonia celular. Nos quatro primeiros meses do ano, o Serviço Móvel Pessoal (SMP) registrou 9,6 milhões de novas habilitações (crescimento de 4,74% no ano) e teledensidade de 109,32 acessos por 100 habitantes (crescimento de 4,43% no ano). O indicador teledensidade é utilizado internacionalmente para demonstrar o número de acessos em serviço em cada grupo de 100 habitantes. 

O número absoluto de novas habilitações nos quatro primeiros meses de 2011 é o maior dos últimos onze anos, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que divulgou os dados nesta quarta-feira (25) .

Do total de acessos em operação no País,  a maiora são pré-pagos (82,10% ou 174,5 milhões), enquanto 38 milhões são pós-pagos (17,90%).

Durante o mês de abril, foram 2 milhões de habilitações novas, um crescimento de 0,97% em relação a março. Já a teledensidade avançou 0,90% (subiu de 108,34, em março, para 109,32, em abril).

Dezessete estados já possuíam mais de um celular por habitante, em abril: Distrito Federal, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Goiás, Rio Grande do Sul, Rondônia, Mato Grosso, Santa Catarina, Pernambuco, Espírito Santo, Paraná, Tocantins, Rio Grande do Norte, Amapá, Minas Gerais e Sergipe.

A consolidação dos números mensais do SMP está disponível no portal da Agência, na visão Sala de Imprensa, canal "Anatel em dados", item "Telefonia móvel".


Fonte:
Anatel

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Cisternas nas Escolas
Conheça o projeto Cisternas nas Escolas, que vai levar 5 mil cisternas às escolas do semiárido brasileiro. Arnoldo de Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS explica o projeto.
Governo dará suporte contra a crise hídrica em áreas urbanas
Deliberação foi feita nesta quarta (1º) durante reunião interministerial do Grupo de Segurança Hídrica. Ações são direcionadas para o Nordeste
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Conheça o projeto Cisternas nas Escolas, que vai levar 5 mil cisternas às escolas do semiárido brasileiro. Arnoldo de Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS explica o projeto.
Cisternas nas Escolas
Deliberação foi feita nesta quarta (1º) durante reunião interministerial do Grupo de Segurança Hídrica. Ações são direcionadas para o Nordeste
Governo dará suporte contra a crise hídrica em áreas urbanas

Últimas imagens

Novo aeroporto será construído a cerca de 20 quilômetros do atual aeroporto, próximo à Rodovia CE-178
Novo aeroporto será construído a cerca de 20 quilômetros do atual aeroporto, próximo à Rodovia CE-178
Divulgação/Governo do RN
O governador do Ceará, Camilo Santana, ao lado da presidenta Dilma durante entrega das chaves de empreendimento do Minha Casa Minha Vida no município de Caucaia
O governador do Ceará, Camilo Santana, ao lado da presidenta Dilma durante entrega das chaves de empreendimento do Minha Casa Minha Vida no município de Caucaia
Roberto Stuckert Filho/PR
Será investido R$ 1,5 bilhão para aprofundamento e manutenção dos canais de acessos aos portos
Será investido R$ 1,5 bilhão para aprofundamento e manutenção dos canais de acessos aos portos
APPA
Sistema de bandeiras tarifárias sinaliza aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica
Sistema de bandeiras tarifárias sinaliza aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica
Divulgação/MME
Entre metas da proposta estão gerar conhecimento e promover o trabalho cooperativo
Entre metas da proposta estão gerar conhecimento e promover o trabalho cooperativo
Governo de SP

Governo digital