Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2011 > 05 > Número de celulares no Brasil cresce 9,6 milhões em 2011

Infraestrutura

Número de celulares no Brasil cresce 9,6 milhões em 2011

por Portal Brasil publicado: 25/05/2011 20h59 última modificação: 28/07/2014 13h05

O Brasil fechou abril de 2011 com 212,6 milhões de acessos na telefonia celular. Nos quatro primeiros meses do ano, o Serviço Móvel Pessoal (SMP) registrou 9,6 milhões de novas habilitações (crescimento de 4,74% no ano) e teledensidade de 109,32 acessos por 100 habitantes (crescimento de 4,43% no ano). O indicador teledensidade é utilizado internacionalmente para demonstrar o número de acessos em serviço em cada grupo de 100 habitantes. 

O número absoluto de novas habilitações nos quatro primeiros meses de 2011 é o maior dos últimos onze anos, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que divulgou os dados nesta quarta-feira (25) .

Do total de acessos em operação no País,  a maiora são pré-pagos (82,10% ou 174,5 milhões), enquanto 38 milhões são pós-pagos (17,90%).

Durante o mês de abril, foram 2 milhões de habilitações novas, um crescimento de 0,97% em relação a março. Já a teledensidade avançou 0,90% (subiu de 108,34, em março, para 109,32, em abril).

Dezessete estados já possuíam mais de um celular por habitante, em abril: Distrito Federal, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Goiás, Rio Grande do Sul, Rondônia, Mato Grosso, Santa Catarina, Pernambuco, Espírito Santo, Paraná, Tocantins, Rio Grande do Norte, Amapá, Minas Gerais e Sergipe.

A consolidação dos números mensais do SMP está disponível no portal da Agência, na visão Sala de Imprensa, canal "Anatel em dados", item "Telefonia móvel".


Fonte:
Anatel

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Programa de Parcerias de Investimentos atualiza processo de concessões
Entre as mudanças, está a necessidade dos editais possuírem aval do Tribunal de Contas da União
Governo lança programa para revitalizar São Francisco
Rio é o maior corpo d'água totalmente brasileiro e é usado como rota de transporte e força motriz para geração de energia
Minha Casa Minha Vida também financia imóveis para classe média
Programa financia moradias para brasileiros de classe média - sem subsídios, mas com juros reduzidos.
Entre as mudanças, está a necessidade dos editais possuírem aval do Tribunal de Contas da União
Programa de Parcerias de Investimentos atualiza processo de concessões
Rio é o maior corpo d'água totalmente brasileiro e é usado como rota de transporte e força motriz para geração de energia
Governo lança programa para revitalizar São Francisco
Programa financia moradias para brasileiros de classe média - sem subsídios, mas com juros reduzidos.
Minha Casa Minha Vida também financia imóveis para classe média

Últimas imagens

Sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada e possibilita aos consumidores o uso consciente da energia elétrica
Sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada e possibilita aos consumidores o uso consciente da energia elétrica
Reprodução/Agência Brasil
Cada empreendimento terá, no máximo máximo, 500 unidades habitacionais
Cada empreendimento terá, no máximo máximo, 500 unidades habitacionais
Divulgação/Caixa
Outros serviços dos Correios são mensagem e Vale Postal Eletrônico, para convocação e pagamento de mesários, respectivamente
Outros serviços dos Correios são mensagem e Vale Postal Eletrônico, para convocação e pagamento de mesários, respectivamente
Marcelo Camargo/ Agência Brasil
O conjunto é formado por sete blocos, com 32 apartamentos em cada um
O conjunto é formado por sete blocos, com 32 apartamentos em cada um
Divulgação/Ministério das Cidades
O objetivo é integrar as propostas do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco ao Plano Novo Chico
O objetivo é integrar as propostas do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco ao Plano Novo Chico
Divulgação/EBC

Governo digital