Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2011 > 12 > Carvão mineral recebe investimentos em tecnologia

Infraestrutura

Carvão mineral recebe investimentos em tecnologia

Carvão mineral

As reservas provadas do País, situadas na região Sul, são suficientes para mais 500 anos
por Portal Brasil publicado: 14/12/2011 12h49 última modificação: 28/07/2014 13h21
Joerg Burkhardt/SXC Carvão mineral é o recurso energético mais abundante do planeta

Carvão mineral é o recurso energético mais abundante do planeta

Carvão mineral é um sedimento fóssil orgânico, sólido, combustível, formado de restos de vegetais solidificados por baixo de camadas geológicas, durante milhões de anos.

Dos combustíveis fósseis, o carvão mineral é o mais abundante na natureza. O carvão participa com 27% na matriz energética mundial, perdendo apenas para o petróleo, com 33% de participação.

O carvão é, também, o energético com maior indicador de emissão de CO2. Para cada tep (toneladas equivalentes de petróleo) de carvão consumido na geração elétrica são emitidos perto de 4 toneladas de CO2. No caso de petróleo e derivados, as emissões de CO2 ficam próximas de 3 toneladas por cada tep consumido.

No Brasil, o carvão mineral participa com um pouco mais de 5% na matriz energética e com apenas 1,3% na matriz elétrica. O principal uso do carvão ocorre na indústria siderúrgica e para geração elétrica. O carvão mineral brasileiro é considerado de baixa qualidade, com alto teor de cinzas e baixo conteúdo de carbono, o que inviabiliza a sua utilização fora das regiões das jazidas. Por isso, mais de 98% do produto é importado.

As reservas de carvão do País estão situadas na região Sul, sendo que apenas as reservas provadas são suficientes para mais 500 anos.

Investimentos vêm sendo realizados em desenvolvimento tecnológico, focados na redução de impurezas, na diminuição de emissões das partículas com nitrogênio e enxofre (NOx e SOx) e na redução da emissão de CO2, por meio da captura e armazenamento de carbono.

Fontes:
Balanço Energético Nacional 2010 e Resenha Energética 2011 (Ministério de Minas e Energia)
Plano Decenal de Expansão de Energia
Centro de Tecnologia Mineral (CETEM)
Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM)
Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) 
Atlas de Energia Elétrica no Brasil da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Bandeira das tarifas de energia de abril será vermelha
Na prática, classificação significa que os consumidores terão um custo extra des R$ 5,50 a cada 100 kWh consumidos
Ponte da Amizade faz 50 anos com tráfego normalizado
Tráfego na Ponte da Amizade foi normalizado na sexta-feira (27), data em que o monumento completou 50 anos
Programa MCMV entrega 1.032 moradias em Capanema (PA)
Empreendimento inaugurado pela presidenta Dilma Rousseff vai beneficiar 4,1 mil moradores do município paraense
Na prática, classificação significa que os consumidores terão um custo extra des R$ 5,50 a cada 100 kWh consumidos
Bandeira das tarifas de energia de abril será vermelha
Tráfego na Ponte da Amizade foi normalizado na sexta-feira (27), data em que o monumento completou 50 anos
Ponte da Amizade faz 50 anos com tráfego normalizado
Empreendimento inaugurado pela presidenta Dilma Rousseff vai beneficiar 4,1 mil moradores do município paraense
Programa MCMV entrega 1.032 moradias em Capanema (PA)

Últimas imagens

Sistema de Bandeiras Tarifárias apresentam, de maneira didática, ao consumidor custos da energia em função das condições de geração
Sistema de Bandeiras Tarifárias apresentam, de maneira didática, ao consumidor custos da energia em função das condições de geração
Divulgação/ Aneel
Programa socioambiental desenvolvido no interior do Paraná garante ao Brasil uma premiação inédita
Programa socioambiental desenvolvido no interior do Paraná garante ao Brasil uma premiação inédita
Divulgação/Itaipu
Canal do Xingó irá assegurar água ao sertão de Sergipe
Canal do Xingó irá assegurar água ao sertão de Sergipe
Divulgação / MI
Tecnologia empregada é mais sustentável, permite ganho de tempo e reduz o custo da obra
Tecnologia empregada é mais sustentável, permite ganho de tempo e reduz o custo da obra
Foto: Rafael Silva/ Cohab
Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) busca melhorar, agilizar e tornar mais transparente o serviço das operadoras
Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) busca melhorar, agilizar e tornar mais transparente o serviço das operadoras

Governo digital