Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2011 > 12 > Norma para autorização de retransmissão de TV é atualizada

Infraestrutura

Norma para autorização de retransmissão de TV é atualizada

por Portal Brasil publicado: 08/12/2011 18h14 última modificação: 28/07/2014 13h21

O Ministério das Comunicações atualizou, nesta semana, a norma de procedimentos de autorização para os serviços de retransmissão (RTV) e repetição (RpTV) de televisão. A portaria nº 498, publicada no Diário Oficial da União da última terça-feira (6), atualiza as regras para a concessão de outorgas, com novos procedimentos e condições tanto para tecnologia analógica quanto digital. Além disso, o documento estabelece o Plano Nacional de Outorgas para Retransmissoras de TV, a partir de 2012.

A nova norma define critérios objetivos para a seleção de entidades interessadas em obter a autorização para executar o serviço. Nos casos onde houver mais de um interessado, a preferência será dada àqueles que visem a retransmissão dos próprios sinais e possuam sede na unidade da federação onde se dará a execução do serviço. Em outro ponto, o documento prevê a vedação à alteração de programação básica, exceto nos casos excepcionais previstos na norma.

A partir do próximo ano, o Ministério das Comunicações divulgará, periodicamente, um cronograma dos avisos de habilitação a serem publicados, dos quais constarão os municípios a serem contemplados com as outorgas de RTV. Nos avisos, terá prioridade a inclusão de municípios que tenham feito uma manifestação formal de interesse pela execução do serviço.

Quando tecnicamente viável, serão disponibilizados pelo menos três canais para outorga em cada município constante do aviso de habilitação. O plano também inclui a possibilidade de o MiniCom oferecer outorga diretamente em tecnologia digital e a alternativa de operação analógica opcional até dezembro de 2013.

 

Fonte:
Ministério das Comunicações

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Conheça as novas regras do transporte aéreo
Brasil adere às melhores práticas internacionais da aviação e passa a ter regras modernas e alinhadas com o Código de Defesa do Consumidor
Entenda as novas regras da bagagem no transporte aéreo
Peso da mala de mão vai passar de 5kg para 10kg, e quem despachar a bagagem vai pagar apenas o peso que levar
ID Jovem garante gratuidade em transporte rodoviário interestadual
Dois acentos gratuitos em ônibus convencional estão entre os direitos. Para conseguir o benefício, o passageiro precisa ter, em mãos, o documento Identidade Jovem
Brasil adere às melhores práticas internacionais da aviação e passa a ter regras modernas e alinhadas com o Código de Defesa do Consumidor
Conheça as novas regras do transporte aéreo
Peso da mala de mão vai passar de 5kg para 10kg, e quem despachar a bagagem vai pagar apenas o peso que levar
Entenda as novas regras da bagagem no transporte aéreo
Dois acentos gratuitos em ônibus convencional estão entre os direitos. Para conseguir o benefício, o passageiro precisa ter, em mãos, o documento Identidade Jovem
ID Jovem garante gratuidade em transporte rodoviário interestadual

Últimas imagens

Passageiros que recusarem inspeção nos pertences podem ser impedidos de embarcar nos voos para o país
Passageiros que recusarem inspeção nos pertences podem ser impedidos de embarcar nos voos para o país
Arquivo/Infraero
Limite do recebimento do benefício por pessoa é de R$ 9.646,07, no total
Limite do recebimento do benefício por pessoa é de R$ 9.646,07, no total
Divulgação/Prefeitura de Porto Alegre (RS)
Crescimento da participação do transporte aéreo é registrado consecutivamente desde 2007
Crescimento da participação do transporte aéreo é registrado consecutivamente desde 2007
Divulgação/Governo de São Paulo
Indicadores do transporte aéreo internacional foram recorde no mês
Indicadores do transporte aéreo internacional foram recorde no mês
Divulgação/Secretaria de Aviação Civil
Condutores devem sempre respeitar os limites de velocidade e usar o cinto de segurança
Condutores devem sempre respeitar os limites de velocidade e usar o cinto de segurança
Thiago Amaral/Governo do Piauí

Governo digital