Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2012 > 01 > Com maquete gigante, Ecomuseu reabre suas portas nesta terça-feira

Infraestrutura

Com maquete gigante, Ecomuseu reabre suas portas nesta terça-feira

por Portal Brasil publicado: 31/01/2012 18h05 última modificação: 29/07/2014 08h55
Divulgação/Itaipu Maquete tem 10m de comprimento e 7,6 de largura

Maquete tem 10m de comprimento e 7,6 de largura

A partir desta terça-feira (31), o Ecomuseu da Itaipu reabrirá as suas portas, após a reforma que trouxe um novo atrativo: uma maquete gigante de 76 metros quadrados, que permitirá ao  visitante uma viagem pedagógica pela fronteira do Brasil, Paraguai e Argentina.

Com 10 metros de comprimento e 7,6 metros de largura, a maquete do Ecomuseu é uma das maiores do País. O modelo exibe o relevo de uma área equivalente a 48 mil metros quadrados, representada em uma escala de 1:25.000, ou seja, 25 mil vezes menor que o espaço original.

O destaque é para a Bacia do Paraná 3 (BP3), região que abrange 29 municípios do Oeste paranaense atendidos pelo Programa Cultivando Água Boa. A iluminação é feita com 5.000 pontos de led.

“A ideia é que, ao caminhar pelo espaço, o visitante tenha um novo olhar sobre este nosso pedaço, o nosso lugar”, explica Maria Emília Medeiros de Souza, da Divisão de Educação Ambiental.

Para conhecer de perto toda a região e ainda parte do território paraguaio e argentino, o visitante só precisa olhar para baixo. A maquete está instalada sob um piso de vidro de três centímetros de espessura, cuja estrutura completa chega ao peso de seis toneladas. Na mesma sala, 750 fios de fibra ótica, aplicados no forro de gesso, simulam um céu estrelado.

 

Fonte:
Itaipu 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Cisternas nas Escolas
Conheça o projeto Cisternas nas Escolas, que vai levar 5 mil cisternas às escolas do semiárido brasileiro. Arnoldo de Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS explica o projeto.
Governo dará suporte contra a crise hídrica em áreas urbanas
Deliberação foi feita nesta quarta (1º) durante reunião interministerial do Grupo de Segurança Hídrica. Ações são direcionadas para o Nordeste
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Conheça o projeto Cisternas nas Escolas, que vai levar 5 mil cisternas às escolas do semiárido brasileiro. Arnoldo de Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS explica o projeto.
Cisternas nas Escolas
Deliberação foi feita nesta quarta (1º) durante reunião interministerial do Grupo de Segurança Hídrica. Ações são direcionadas para o Nordeste
Governo dará suporte contra a crise hídrica em áreas urbanas

Últimas imagens

Canais NBR, TV Escola e Canal Saúde serão transmitidos em multiprogramação
Canais NBR, TV Escola e Canal Saúde serão transmitidos em multiprogramação
Divulgação/Agência Brasil
Concessão é proporcional a dois hectares por família
Concessão é proporcional a dois hectares por família
Divulgação/EBC
Em 2011, a unidade bateu seu recorde individual de produção de energia bruta, com 11.007.301,4 MWh gerados
Em 2011, a unidade bateu seu recorde individual de produção de energia bruta, com 11.007.301,4 MWh gerados
Divulgação/EBC
Nova rota vai reduzir o nível do ruído nos bairros de Laranjeiras, Santa Tereza, Botafogo, Flamengo, Cosme Velho e Urca
Nova rota vai reduzir o nível do ruído nos bairros de Laranjeiras, Santa Tereza, Botafogo, Flamengo, Cosme Velho e Urca
Divulgação/SAC
Painéis de energia solar mudam cenário do Morro da Babilônia
Painéis de energia solar mudam cenário do Morro da Babilônia
Divulgação/Agência Brasil

Governo digital