Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2012 > 02 > Caixa já liberou mais de R$ 23 milhões do FGTS para vítimas das chuvas no Sudeste

Infraestrutura

Caixa já liberou mais de R$ 23 milhões do FGTS para vítimas das chuvas no Sudeste

por Portal Brasil publicado: 28/02/2012 14h38 última modificação: 29/07/2014 08h54

Desde o início do atendimento às vítimas das chuvas, na região sudeste do País, a Caixa Econômica Federal já liberou o pagamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para cerca de 15 mil trabalhadores, totalizando mais de R$ 23 milhões de recursos. Os dados foram divulgados na segunda-feira (27).

Para atender ao volume adicional de clientes, vítimas do desastre, a Caixa utiliza unidades móveis montadas em caminhão, realiza horário de atendimento estendido em agências e atendimento aos sábados. Nos municípios mais atingidos pelas fortes chuvas – Governador Valadares e Muriaé, em Minas Gerais, e Vila Velha, no Espírito Santo – foram montadas centrais de atendimento.

Os trabalhadores, que moram nas áreas em situação de emergência ou estado de calamidade pública têm direito a sacar o saldo de suas contas vinculadas do FGTS até o limite de R$ 6,22 mil.

Passo a passo para liberação do FGTS em caso de calamidade:

- Decretação de estado de calamidade pública, ou situação de emergência, pela prefeitura do município atingido ou pelo governo estadual;
- Reconhecimento dessa decretação pelo Ministério da Integração Nacional;
- Entrega à Caixa, pela prefeitura, de Declaração de Áreas Afetadas;
- Habilitação do trabalhador, junto à Caixa, mediante comprovação de titularidade de conta vinculada e de residência em uma das áreas afetadas constantes da declaração citada acima.

Para realizar o saque o trabalhador deve apresentar os seguintes documentos:
- Documento de identificação (RG, carteira de habilitação, passaporte ou carteira de trabalho “novo modelo”);
- Comprovante de residência (conta de água, luz, gás, telefone, extrato do FGTS ou declaração da prefeitura);
- Carteira de Trabalho ou outro documento que facilite a localização das contas vinculadas do FGTS;
- Cartão do Cidadão ou Cartão de Inscrição no PIS/Pasep ou outro documento que contenha número do PIS.

O trabalhador tem 90 dias, após a publicação do ato do Ministério da Integração Nacional reconhecendo o estado de calamidade ou situação de emergência do município, para solicitar o saque.

 

Fonte:
Caixa Econômica Federal

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Cisternas nas Escolas
Conheça o projeto Cisternas nas Escolas, que vai levar 5 mil cisternas às escolas do semiárido brasileiro. Arnoldo de Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS explica o projeto.
Governo dará suporte contra a crise hídrica em áreas urbanas
Deliberação foi feita nesta quarta (1º) durante reunião interministerial do Grupo de Segurança Hídrica. Ações são direcionadas para o Nordeste
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Conheça o projeto Cisternas nas Escolas, que vai levar 5 mil cisternas às escolas do semiárido brasileiro. Arnoldo de Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS explica o projeto.
Cisternas nas Escolas
Deliberação foi feita nesta quarta (1º) durante reunião interministerial do Grupo de Segurança Hídrica. Ações são direcionadas para o Nordeste
Governo dará suporte contra a crise hídrica em áreas urbanas

Últimas imagens

Açude foi construído ainda no século 19 a pedido do Governo Imperial para combater seca dos anos de 1877/79
Açude foi construído ainda no século 19 a pedido do Governo Imperial para combater seca dos anos de 1877/79
Divulgação/Dnocs
Empreendimento localizado em Canoas (RS) operava em ciclo simples com potência instalada de 161 MW
Empreendimento localizado em Canoas (RS) operava em ciclo simples com potência instalada de 161 MW
Divulgação/ Petrobras
Projeto de Iracema - Sapeaçu e subestações associadas prevê 1.854,51 km de linhas de transmissão ao País
Projeto de Iracema - Sapeaçu e subestações associadas prevê 1.854,51 km de linhas de transmissão ao País
Divulgação/ Ibama
Sistema de Bandeiras Tarifárias apresentam, de maneira didática, ao consumidor custos da energia em função das condições de geração
Sistema de Bandeiras Tarifárias apresentam, de maneira didática, ao consumidor custos da energia em função das condições de geração
Divulgação/ Aneel
Programa socioambiental desenvolvido no interior do Paraná garante ao Brasil uma premiação inédita
Programa socioambiental desenvolvido no interior do Paraná garante ao Brasil uma premiação inédita
Divulgação/Itaipu

Governo digital