Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2012 > 06 > Anatel conclui leilão de tecnologia 4G para Copa

Infraestrutura

Anatel conclui leilão de tecnologia 4G para Copa

por Portal Brasil publicado: 12/06/2012 16h58 última modificação: 29/07/2014 08h51

Nova tecnologia vai permitir a transmissão de dados com velocidade até dez vezes maior

 

Já foi batido o martelo no leilão dos lotes da quarta geração (4G) da telefonia celular. As operadoras Claro e Vivo levaram os dois principais lotes de faixas de frequência em 2,5 giga-hertz (GHz). O primeiro lote foi vencido pela Claro, que ofereceu R$ 844,5 milhões, ágio de 34% sobre o preço mínimo estabelecido no edital (R$ 630,19 milhões). O lote seguinte foi vencido pela Vivo, com lance de R$1,05 bilhões e ágio de 66%.

Com a nova tecnologia móvel, será possível transmitir dados com velocidade até dez vezes maior que as suportadas atualmente pela tecnologia 3G (terceira geração). Como não houve interesse na aquisição da faixa de 450 Mhz, destinada à oferta de serviços de telefonia móvel para as áreas rurais, as vencedoras da faixa de 2,5 GHz se veem agora na obrigação de prestar esse serviço.

No caso da Claro, serão atendidos com banda larga rural Amazonas, Amapá, Acre, Bahia, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e a região metropolitana de São Paulo. Enquanto, à Vivo caberá oferecer a banda larga rural em Minas Gerais, Pernambuco, Alagoas, no Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, na Paraíba e parte do interior do estado de São Paulo.

O principal objetivo do leilão, segundo a Anatel, é atender à demanda crescente no País por serviços mais rápidos de telecomunicações e oferecer infraestrutura necessária aos eventos internacionais que o Brasil vai sediar, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

 

Leia mais: 

Anatel analisa propostas do leilão da tecnologia 4G para a Copa nesta terça-feira (12) 

Seis empresas de telefonia se inscrevem em leilão para cobertura de área rural

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Programa de Parcerias de Investimentos atualiza processo de concessões
Entre as mudanças, está a necessidade dos editais possuírem aval do Tribunal de Constas da União
Governo lança programa para revitalizar São Francisco
Rio é o maior corpo d'água totalmente brasileiro e é usado como rota de transporte e força motriz para geração de energia
Minha Casa Minha Vida também financia imóveis para classe média
Programa financia moradias para brasileiros de classe média - sem subsídios, mas com juros reduzidos.
Entre as mudanças, está a necessidade dos editais possuírem aval do Tribunal de Constas da União
Programa de Parcerias de Investimentos atualiza processo de concessões
Rio é o maior corpo d'água totalmente brasileiro e é usado como rota de transporte e força motriz para geração de energia
Governo lança programa para revitalizar São Francisco
Programa financia moradias para brasileiros de classe média - sem subsídios, mas com juros reduzidos.
Minha Casa Minha Vida também financia imóveis para classe média

Últimas imagens

O conjunto é formado por sete blocos, com 32 apartamentos em cada um
O conjunto é formado por sete blocos, com 32 apartamentos em cada um
Divulgação/Ministério das Cidades
O objetivo é integrar as propostas do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco ao Plano Novo Chico
O objetivo é integrar as propostas do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco ao Plano Novo Chico
Divulgação/EBC
O BNDES é responsável pela contratação dos serviços necessários à desestatização
O BNDES é responsável pela contratação dos serviços necessários à desestatização
Divulgação/CELG
Em julho, o País registrou 7.123 mil m³/ano de capacidade instalada de produção de biodiesel
Em julho, o País registrou 7.123 mil m³/ano de capacidade instalada de produção de biodiesel
Divulgação/Agência Petrobras
A energia comercializada tem suprimento previsto a partir de 1º de março de 2020
A energia comercializada tem suprimento previsto a partir de 1º de março de 2020
Divulgação/Ministério do Planejamento

Governo digital