Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2012 > 06 > Anatel conclui leilão de tecnologia 4G para Copa

Infraestrutura

Anatel conclui leilão de tecnologia 4G para Copa

por Portal Brasil publicado: 12/06/2012 16h58 última modificação: 29/07/2014 08h51

Nova tecnologia vai permitir a transmissão de dados com velocidade até dez vezes maior

 

Já foi batido o martelo no leilão dos lotes da quarta geração (4G) da telefonia celular. As operadoras Claro e Vivo levaram os dois principais lotes de faixas de frequência em 2,5 giga-hertz (GHz). O primeiro lote foi vencido pela Claro, que ofereceu R$ 844,5 milhões, ágio de 34% sobre o preço mínimo estabelecido no edital (R$ 630,19 milhões). O lote seguinte foi vencido pela Vivo, com lance de R$1,05 bilhões e ágio de 66%.

Com a nova tecnologia móvel, será possível transmitir dados com velocidade até dez vezes maior que as suportadas atualmente pela tecnologia 3G (terceira geração). Como não houve interesse na aquisição da faixa de 450 Mhz, destinada à oferta de serviços de telefonia móvel para as áreas rurais, as vencedoras da faixa de 2,5 GHz se veem agora na obrigação de prestar esse serviço.

No caso da Claro, serão atendidos com banda larga rural Amazonas, Amapá, Acre, Bahia, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e a região metropolitana de São Paulo. Enquanto, à Vivo caberá oferecer a banda larga rural em Minas Gerais, Pernambuco, Alagoas, no Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, na Paraíba e parte do interior do estado de São Paulo.

O principal objetivo do leilão, segundo a Anatel, é atender à demanda crescente no País por serviços mais rápidos de telecomunicações e oferecer infraestrutura necessária aos eventos internacionais que o Brasil vai sediar, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

 

Leia mais: 

Anatel analisa propostas do leilão da tecnologia 4G para a Copa nesta terça-feira (12) 

Seis empresas de telefonia se inscrevem em leilão para cobertura de área rural

 

Fonte:
Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Lei sancionada regulamenta prorrogação de concessões em transporte
Presidente Michel Temer sancionou, com vetos, a lei que regulamenta as condições para a prorrogação de contratos de parceria na área de transportes
Setor de aviação civil está em rota de crescimento, diz ministro dos Transportes
Maurício Quintella disse que o setor está em rota de crescimento após 19 meses de quedas sucessivas na demanda por voos
Campanha busca prevenir acidentes entre caminhoneiros
Ministério do Trabalho realizou campanha Abril Verde com objetivo de impedir acidentes de trabalho em transportes terrestres
Presidente Michel Temer sancionou, com vetos, a lei que regulamenta as condições para a prorrogação de contratos de parceria na área de transportes
Lei sancionada regulamenta prorrogação de concessões em transporte
Maurício Quintella disse que o setor está em rota de crescimento após 19 meses de quedas sucessivas na demanda por voos
Setor de aviação civil está em rota de crescimento, diz ministro dos Transportes
Ministério do Trabalho realizou campanha Abril Verde com objetivo de impedir acidentes de trabalho em transportes terrestres
Campanha busca prevenir acidentes entre caminhoneiros

Últimas imagens

Condutores devem sempre respeitar os limites de velocidade e usar o cinto de segurança
Condutores devem sempre respeitar os limites de velocidade e usar o cinto de segurança
Thiago Amaral/Governo do Piauí
O recadastramento é válido somente para os veículos que vincularam o código do adesivo à placa
O recadastramento é válido somente para os veículos que vincularam o código do adesivo à placa
Diego Gurgel/Governo do Acre
Empreendimentos são compostos por apartamentos de 44,90 m² avaliados em R$ 64 mil cada
Empreendimentos são compostos por apartamentos de 44,90 m² avaliados em R$ 64 mil cada
Foto: Bruno Peres/Ministério das Cidades
Incidente não causou nenhuma vítima, e a água seguiu por um riacho até chegar ao rio Moxotó
Incidente não causou nenhuma vítima, e a água seguiu por um riacho até chegar ao rio Moxotó
Divulgação/Ministério da Integração Nacional
O edital prevê o pagamento máximo de R$ 963 mil para cada projeto aprovado
O edital prevê o pagamento máximo de R$ 963 mil para cada projeto aprovado
Foto: José Medeiros/Governo do Mato Grosso

Governo digital