Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2012 > 07 > Crédito para construção terá juros menores

Infraestrutura

Crédito para construção terá juros menores

por Portal Brasil publicado: 23/07/2012 19h37 última modificação: 29/07/2014 08h51
Divulgação/Caixa Quem adere ao Construcard recebe um cartão magnético para uso em lojas de material de construção conveniadas

Quem adere ao Construcard recebe um cartão magnético para uso em lojas de material de construção conveniadas

A Caixa Econômica Federal irá disponibilizar cerca de R$ 5 bilhões em crédito para obras de reforma e construção de residências. O prazo para pagamento das parcelas foi estendido para 96 meses e os juros reduzidos.

Os interessados em contratar o financiamento da linha de crédito Construcard devem ir até uma agência do banco e apresentar documentos pessoais (RG, CPF e comprovantes de endereço e de renda) para avaliação cadastral. Para aqueles que são clientes da instituição financeira, em muitos casos, o limite já pode estar pré-aprovado e ser liberado após negociação com o gerente da agência.

O limite máximo para o financiamento dependerá da capacidade de pagamento mensal do cliente. Nos últimos cinco anos, o Construcard já beneficiou mais de 1,2 milhão de  famílias, com volume de financiamentos de cerca de R$ 15 bilhões.

Ao aderir ao Construcard, o cliente recebe um cartão magnético exclusivo para uso em lojas de material de construção conveniadas. Segundo a Caixa, atualmente, são mais de 65 mil pontos comerciais conveniados em todo o Brasil. Além da compra de material de construção em geral, o Construcard pode ser usado para aquisição de móveis embutidos e sistemas de aquecimento solar.

A taxa máxima de juros para a linha de financiamento foi reduzida de 2,35% para 1,85% ao mês, e a taxa mínima passou de 1,96% para 1,40% ao mês. O prazo para pagamento das prestações foi estendido de 60 para 96 meses, com seis meses para execução da obra. Para este ano, o Construcard disponibilizará R$ 5 bilhões para empréstimos.

 

“Vamos dar às famílias condições muito mais atrativas para construir ou reformar suas casas. Com essas novas medidas, a Caixa passa a ter uma das melhores taxas e o maior prazo do mercado, o que mantém o banco na liderança do mercado de crédito para materiais de construção”, afirmou o presidente do banco, Jorge Hereda.

Encontre as empresas que aceitam o cartão Construcard

Leia mais:

Caixa lança portal da Casa Própria com oferta permanente de imóveis

Caixa amplia prazo do crédito habitacional de 30 para 35 anos e reduz juros de novo

Caixa anuncia nova redução de juros no âmbito do programa Caixa Melhor Crédito

Caixa é o principal intermediário do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), mais tradicional forma de financiamento habitacional

Número de casas vazias supera déficit habitacional do País, indica Censo 2010

 

Fonte:

Caixa Econômica Federal
Agência Brasil

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Cisternas nas Escolas
Conheça o projeto Cisternas nas Escolas, que vai levar 5 mil cisternas às escolas do semiárido brasileiro. Arnoldo de Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS explica o projeto.
Governo dará suporte contra a crise hídrica em áreas urbanas
Deliberação foi feita nesta quarta (1º) durante reunião interministerial do Grupo de Segurança Hídrica. Ações são direcionadas para o Nordeste
Bandeira das tarifas de energia de abril será vermelha
Na prática, classificação significa que os consumidores terão um custo extra des R$ 5,50 a cada 100 kWh consumidos
Conheça o projeto Cisternas nas Escolas, que vai levar 5 mil cisternas às escolas do semiárido brasileiro. Arnoldo de Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS explica o projeto.
Cisternas nas Escolas
Deliberação foi feita nesta quarta (1º) durante reunião interministerial do Grupo de Segurança Hídrica. Ações são direcionadas para o Nordeste
Governo dará suporte contra a crise hídrica em áreas urbanas
Na prática, classificação significa que os consumidores terão um custo extra des R$ 5,50 a cada 100 kWh consumidos
Bandeira das tarifas de energia de abril será vermelha

Últimas imagens

Açude foi construído ainda no século 19 a pedido do Governo Imperial para combater seca dos anos de 1877/79
Açude foi construído ainda no século 19 a pedido do Governo Imperial para combater seca dos anos de 1877/79
Divulgação/Dnocs
Empreendimento localizado em Canoas (RS) operava em ciclo simples com potência instalada de 161 MW
Empreendimento localizado em Canoas (RS) operava em ciclo simples com potência instalada de 161 MW
Divulgação/ Petrobras
Projeto de Iracema - Sapeaçu e subestações associadas prevê 1.854,51 km de linhas de transmissão ao País
Projeto de Iracema - Sapeaçu e subestações associadas prevê 1.854,51 km de linhas de transmissão ao País
Divulgação/ Ibama
Sistema de Bandeiras Tarifárias apresentam, de maneira didática, ao consumidor custos da energia em função das condições de geração
Sistema de Bandeiras Tarifárias apresentam, de maneira didática, ao consumidor custos da energia em função das condições de geração
Divulgação/ Aneel
Programa socioambiental desenvolvido no interior do Paraná garante ao Brasil uma premiação inédita
Programa socioambiental desenvolvido no interior do Paraná garante ao Brasil uma premiação inédita
Divulgação/Itaipu

Governo digital