Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2012 > 07 > Divulgada lista de beneficiados do Bolsa Estiagem em julho

Infraestrutura

Divulgada lista de beneficiados do Bolsa Estiagem em julho

por Portal Brasil publicado: 06/07/2012 19h42 última modificação: 29/07/2014 08h51

Mais de 698 mil produtores do semiárido vão receber a parcela de R$ 80

 

O governo federal divulgou nesta sexta-feira (6) a lista de beneficiários do Bolsa Estiagem no mês de julho. São 698.903 pessoas que vão receber a parcela de R$ 80,00 referentes ao programa  de enfrentamento aos efeitos da estiagem no semiárido brasileiro.

A relação completa de quem está recebendo o auxílio pode ser conferida aqui. O programa Bolsa Estiagem integra o elenco de medidas adotadas pelo governo federal para fazer frente aos efeitos da seca, com investimentos da ordem de R$ 2,7 bilhões.

O benefício é um auxílio financeiro emergencial pago aos agricultores familiares. Cada família beneficiada receberá o valor total de R$ 400 transferidos em cinco parcelas mensais de R$ 80.

Para receber o auxílio, é necessário residir em município em situação de emergência ou estado de calamidade pública  reconhecida; ser agricultor familiar com Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP); possuir renda familiar mensal média de até 2 salários mínimos; estar cadastrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e não ter aderido ao Programa Garantia Safra 2011/2012.

  

 

Leia mais:

Municípios do Nordeste receberão 2,7 bi para ações de combate à seca

Produtores rurais recebem autorização para participar do leilão de milho

Governo investe em ações de combate aos efeitos da seca

Governo irá investir mais de R$ 3 bi em programa de irrigação no Nordeste

Ministro da Integração detalha o Bolsa Estiagem e programa Garantia-Safra

 

Fonte:
Ministério da Integração Nacional

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Cisternas nas Escolas
Conheça o projeto Cisternas nas Escolas, que vai levar 5 mil cisternas às escolas do semiárido brasileiro. Arnoldo de Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS explica o projeto.
Governo dará suporte contra a crise hídrica em áreas urbanas
Deliberação foi feita nesta quarta (1º) durante reunião interministerial do Grupo de Segurança Hídrica. Ações são direcionadas para o Nordeste
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Brasil Sem Miséria - Programa Água para Todos
Conheça o projeto Cisternas nas Escolas, que vai levar 5 mil cisternas às escolas do semiárido brasileiro. Arnoldo de Campos, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS explica o projeto.
Cisternas nas Escolas
Deliberação foi feita nesta quarta (1º) durante reunião interministerial do Grupo de Segurança Hídrica. Ações são direcionadas para o Nordeste
Governo dará suporte contra a crise hídrica em áreas urbanas

Últimas imagens

Empreendimentos de saneamento em Marília (SP) com recursos do Ministério das Cidades têm valor de R$ 111 milhões
Empreendimentos de saneamento em Marília (SP) com recursos do Ministério das Cidades têm valor de R$ 111 milhões
Divulgação/Ministério das Cidades
Rede das Cidades Digitais permite a instalação de equipamentos e softwares, suporte técnico e aplicativos nas áreas de saúde, educação e gestão financeira e tributária
Rede das Cidades Digitais permite a instalação de equipamentos e softwares, suporte técnico e aplicativos nas áreas de saúde, educação e gestão financeira e tributária
i-StocK
Minha Casa Minha Vida beneficiou 706 pessoas em Laguna, no interior do estado
Minha Casa Minha Vida beneficiou 706 pessoas em Laguna, no interior do estado
Divulgação/ Ministério do Trabalho e Emprego
Geração média nos seis primeiros meses deste ano foi de 1.831 MW
Geração média nos seis primeiros meses deste ano foi de 1.831 MW
Divulgação/Governo do Piauí
Sistema de bandeiras tarifárias sinaliza aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica
Sistema de bandeiras tarifárias sinaliza aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica
Divulgação/MME

Governo digital