Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2012 > 09 > Crédito para construção tem juros reduzidos para população de baixa renda

Infraestrutura

Crédito para construção tem juros reduzidos para população de baixa renda

por Portal Brasil publicado: 25/09/2012 18h28 última modificação: 29/07/2014 08h50
Divulgação/Caixa Quem adere ao Construcard recebe um cartão magnético para uso em lojas de material de construção conveniadas

Quem adere ao Construcard recebe um cartão magnético para uso em lojas de material de construção conveniadas

 

Caixa também anunciou criação de cartão para financiamento de compra de móveis, eletrodomésticos e eletroeletrônicos

 

Clientes da Caixa Econômica Federal com renda individual mensal de até R$ 1,6 mil terão redução de juros no cartão Construcard, destinado à aquisição de materiais de construção. Os juros para a população de menor renda serão de 0,9% ao mês mais Taxa Referencial (TR) e prazo de até 72 meses para pagar. As novas condições passam a valer a partir de 1º de outubro.

Para usar o cartão, é preciso ir a uma loja credenciada. De acordo com a Caixa, atualmente são mais 65 mil estabelecimentos. Para ter um Construcard é preciso apresentar documentos pessoais (RG, CPF, comprovante de endereço e de renda) em uma agência do Caixa, solicitando uma avaliação cadastral.

As novas condições no Construcard fazem parte do Programa Caixa Melhor Crédito, que tem como principais pilares oferecer as melhores taxas do mercado e facilitar o acesso ao crédito.

Construcard
O Construcard é um cartão magnético exclusivo para a aquisição de material de construção e móveis embutidos. O valor máximo do financiamento depende da capacidade de pagamento mensal do cliente, que tem até seis meses para utilizar o limite e começar a amortizar o crédito. O prazo para pagamento do saldo devedor é de até 96 meses.

Nos últimos cinco anos, o Construcard atendeu a cerca de 1,2 milhão de famílias, financiando um total de R$ 15 bilhões. Até o final do ano de 2012, foram disponibilizados R$ 5 bilhões de orçamento, volume suficiente para atender a mais de 400 mil famílias.

Moveiscard
A Caixa também anunciou a criação do Moveiscard, cartão para financiamento de móveis, eletrodomésticos e eletroeletrônicos. O novo cartão será comercializado a partir do dia 1º de outubro. A expectativa é que sejam atendidas 1,6 milhão de famílias até o final de 2013.

Para ter acesso ao Moveiscard, o interessado deve se dirigir a uma agência da Caixa e apresentar documento de identidade, CPF, comprovante de renda e endereço. A utilização dos recursos será feita por meio de um cartão, e o pagamento das prestações, em débito em conta.

Com o cartão, podem ser financiados até 100% do produto adquirido, com prazo de até 60 meses, sendo dois meses de utilização e 58 meses de amortização, com taxas de juros que variam de 0,9% a 1,8% ao mês. Durante os meses de utilização, só são pagos os juros das compras. No período de amortização, junto com os juros, são pagos parcelas para liquidação do saldo devedor.

A menor taxa é destinada aos clientes do Programa Minha Casa, Minha Vida com renda familiar de até R$1,6 mil. Nesse caso, o percentual é 0,9% ao mês. No caso de renda acima desse valor até R$ 3,2 mil, a taxa fica em 1,4%. Para a faixa com renda de R$ 3.100,01 a R$ 5 mil, os juros são de 1,5% ao mês. E para os demais clientes do banco 1,8% ao mês.

 

Leia mais:

Contratação de linha de crédito para construção cresce 409%

Linha de crédito permitirá que clientes pausem pagamento mensal e retomem no mês seguinte

Programa de Microcrédito atende mais de 870 mil trabalhadores

Conta simplificada da Caixa movimentou R$ 15,9 bilhões nos últimos 12 meses

Crédito para construção terá juros menores

 

 

 

Fonte:

Agência Brasil
Caixa Econômica Federal

 

 

 

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Fundos Regionais ajudarão retomada do crescimento em 2017
Serão R$ 117 bilhões, ao longo dos próximos 4 anos. Só para 2017, serão R$ 28 bilhões
Governo financiará setor energético na região Norte
Fundos financiarão pequenas centrais hidrelétricas, parques eólicos e centrais fotovoltaicas
Defesa Civil Nacional e Google emitirão avisos sobre desastres no Brasil
Parceria do governo federal com o Google vai permitir que as pessoas tenham informações em tempo real
Serão R$ 117 bilhões, ao longo dos próximos 4 anos. Só para 2017, serão R$ 28 bilhões
Fundos Regionais ajudarão retomada do crescimento em 2017
Fundos financiarão pequenas centrais hidrelétricas, parques eólicos e centrais fotovoltaicas
Governo financiará setor energético na região Norte
Parceria do governo federal com o Google vai permitir que as pessoas tenham informações em tempo real
Defesa Civil Nacional e Google emitirão avisos sobre desastres no Brasil

Últimas imagens

Ações continuam para os Jogos Paralímpicos Rio 2016
Ações continuam para os Jogos Paralímpicos Rio 2016
Divulgação/Anac
Trajeto será entre o Aeroporto Santos Dumont e a Parada dos Navios, próxima ao terminal de cruzeiros na zona portuária
Trajeto será entre o Aeroporto Santos Dumont e a Parada dos Navios, próxima ao terminal de cruzeiros na zona portuária
Divulgação/EBC
Objetivo da medida é aumentar a segurança nas estradas, reduzindo o número de acidentes frontais
Objetivo da medida é aumentar a segurança nas estradas, reduzindo o número de acidentes frontais
Divulgação/EBC
Empreendimentos contam com rede de água, esgoto energia elétrica e iluminação pública, além de área de lazer
Empreendimentos contam com rede de água, esgoto energia elétrica e iluminação pública, além de área de lazer
Divulgação/Minha Casa Minha Vida
Melhor navegabilidade da bacia do Tocantins-Araguaia também vai favorecer pequenas comunidades agrícolas
Melhor navegabilidade da bacia do Tocantins-Araguaia também vai favorecer pequenas comunidades agrícolas
Foto: Divulgação/Ministério da Integração

Governo digital