Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2014 > 01 > Aeroportos de Porto Alegre e Curitiba estão prontos para Copa

Infraestrutura

Aeroportos de Porto Alegre e Curitiba estão prontos para Copa

Infraestrutura

Aeródromos passam por reformas para ampliar a capacidade de passageiros. Confira as mudanças
por Portal Brasil publicado: 22/01/2014 11h43 última modificação: 30/07/2014 03h09

O ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, visitou nesta terça-feira (21) os aeroportos internacionais Salgado Filho, em Porto Alegre, e Afonso Pena, em Curitiba, e constatou que ambos estão prontos para receber o fluxo adicional de passageiros previsto na Copa do Mundo.

O aeroporto da capital gaúcha recebeu, já em 2012, uma ampliação no seu terminal principal, e uma nova área de desembarque foi inaugurada no fim de 2013. Com isso, atingiu a capacidade de 13,5 milhões de passageiros ao ano. Como a demanda estimada para o mês da Copa é de 10 milhões de pessoas, a capital gaúcha pode absorver com folga os turistas do Mundial.

Entre as melhorias implementadas estão uma área de check-in com 32 balcões, reforma de todos os banheiros dos terminais 1 e 2 e obras de acessibilidade, como a implantação de piso tátil para pessoas com deficiência visual.

Além disso, já está em operação um aeromóvel (veículo leve sobre trilhos) que liga o aeroporto à estação de trens da Transurb. O percurso dura um minuto e meio.

Em Curitiba, o aeroporto saltará de 7,9 milhões para 10,4 milhões de passageiros por ano com a inauguração de duas novas pontes de embarque, uma nova sala de embarque remoto, a reforma do desembarque doméstico e um novo pátio para oito aeronaves. As obras deverão ser entregues entre março e abril.

A entrega da nova sala de desembarque internacional, que estava prevista para abril, será antecipada para março pela Infraero, administradora do aeroporto, a pedido do ministro. Outras obras estão em curso nos dois aeroportos, como a construção de novos terminais, mas que não impactam no movimento de passageiros durante o Mundial.

"Em Porto Alegre e Curitiba as coisas estão andando nos eixos", afirmou Moreira Franco. "Nas duas cidades a Infraero entregará aeroportos preparados para a Copa, com infraestrutura perfeitamente adequada para que torcedores tanto brasileiros quanto estrangeiros possam ser bem atendidos." Ele deu nota oito aos dois aeroportos das cidades-sede da região Sul.

A visita desta terça-feira foi a segunda de uma série de inspeções que o ministro está fazendo nesta semana nos aeroportos das sedes da Copa. Na véspera, ele havia visitado Fortaleza e Salvador, onde constatou atrasos no andamento de algumas obras e cobrou soluções dos consórcios construtores e da Infraero. Nesta quinta-feira (23) ele visita os aeroportos de Cuiabá e Manaus. 

Fonte:

Secretaria de Aviação Civil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Campanha busca prevenir acidentes entre caminhoneiros
Ministério do Trabalho realizou campanha Abril Verde com objetivo de impedir acidentes de trabalho em transportes terrestres
Fundo de R$ 10 bilhões promoverá concessões municipais
Programa vai ajudar municípios a melhorar serviços de iluminação pública, água, esgoto e asfalto
Novas regras do Minha Casa Minha Vida ampliarão acesso ao programa
A meta do Ministério das Cidades é contratar, ainda este ano, 100 mil novas unidades habitacionais do programa
Ministério do Trabalho realizou campanha Abril Verde com objetivo de impedir acidentes de trabalho em transportes terrestres
Campanha busca prevenir acidentes entre caminhoneiros
Programa vai ajudar municípios a melhorar serviços de iluminação pública, água, esgoto e asfalto
Fundo de R$ 10 bilhões promoverá concessões municipais
A meta do Ministério das Cidades é contratar, ainda este ano, 100 mil novas unidades habitacionais do programa
Novas regras do Minha Casa Minha Vida ampliarão acesso ao programa

Últimas imagens

O custo das obras está orçado em R$ 112,47 milhões do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR)
O custo das obras está orçado em R$ 112,47 milhões do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR)
Divulgação/Ministério das Cidades
O programa Meta ainda comtemplará o Plano de Desburocratização do governo federal
O programa Meta ainda comtemplará o Plano de Desburocratização do governo federal
Divulgação/Itaipu Binacional
Foi lançado também o Programa Cartão Reforma, para melhorar a qualidade habitacional das moradias
Foi lançado também o Programa Cartão Reforma, para melhorar a qualidade habitacional das moradias
Divulgação/Ministério do Planejamento
Expansão prevista para os próximos três anos no País chegará a 18,6 GW, com destaque para a energia eólica
Expansão prevista para os próximos três anos no País chegará a 18,6 GW, com destaque para a energia eólica
Divulgação/Ministério do Planejamento

Governo digital