Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2014 > 09 > Funttel destina R$ 1,6 milhão para iniciação científica

Infraestrutura

Funttel destina R$ 1,6 milhão para iniciação científica

Investimento

Fundo administrado pelo Ministério das Comunicações vai financiar 416 bolsas por meio de parceria com CNPq
por Portal Brasil publicado: 03/09/2014 11h12 última modificação: 03/09/2014 11h12

O Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel), administrado pelo Ministério das Comunicações, vai financiar 416 bolsas de iniciação científica, por meio de uma parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O termo de cooperação tem vigência de 10 meses, de outubro deste ano até julho de 2015.

O secretário-executivo adjunto do Funttel, Eder Alves, explica que a parceria tem o objetivo de promover o aperfeiçoamento dos estudantes de graduação em atividades de pesquisa que tenham as telecomunicações como foco. "É uma semente que estamos plantando, uma forma de trazer os estudantes e mantê-los no setor de telecom, que tem carência de profissionais", destaca.

Este é o terceiro acordo assinado pelo MiniCom com o órgão governamental de pesquisas. A parceria começou em 2012 e já beneficiou 1.500 estudantes, nas cinco regiões brasileiras.

Neste período, o Funttel investiu R$ 5,2 milhões na capacitação de recursos humanos em telecomunicações.

Chamada pública
O CNPq faz uma chamada pública, aberta a todas as universidades brasileiras. As instituições interessadas devem fazer a inscrição e, se forem selecionadas, recebem um quantitativo de bolsas.

O engenheiro do Departamento de Indústria, Ciência e Tecnologia do Ministério das Comunicações Vagner Costa explica que membros do Funttel participam da seleção dos projetos. "Assim, a gente consegue, na medida do possível, fazer um direcionamento para as áreas consideradas estratégicas para o fundo: comunicações digitais sem fio, comunicações ópticas, redes de transporte de dados e comunicações estratégicas", detalha.

Fonte:
Ministério das Comunicações

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Novas regras vão facilitar embarque e desembarque em aeroportos
Governo elabora conjunto de orientações para eliminar os obstáculos e reduzir o tempo de espera no embarque e desembarque nos aeroportos
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Governo elabora conjunto de orientações para eliminar os obstáculos e reduzir o tempo de espera no embarque e desembarque nos aeroportos
Novas regras vão facilitar embarque e desembarque em aeroportos

Últimas imagens

Cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega das unidades habitacionais, avaliadas em R$ 56 mil cada. O empreendimento custou, no total, R$ 28,2 milhões
Cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega das unidades habitacionais, avaliadas em R$ 56 mil cada. O empreendimento custou, no total, R$ 28,2 milhões
Foto: Bruno Peres/Ministério das Cidades
Em 2016, foram transportadas 84,6 milhões de toneladas de cargas pelas hidrovias interiores
Em 2016, foram transportadas 84,6 milhões de toneladas de cargas pelas hidrovias interiores
Danilo Borges/Ministério dos Transportes
Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Arquivo/PAC
A previsão para o ano de 2017 é de que a demanda total de energia deve crescer cerca de 1,5%
A previsão para o ano de 2017 é de que a demanda total de energia deve crescer cerca de 1,5%
Foto: Vanderlei Tacchio/Eletrosul
Empreendimento da Faixa 1 do programa contempla famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil
Empreendimento da Faixa 1 do programa contempla famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil
Foto: Rodrigo de Oliveira/Caixa

Governo digital