Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2014 > 10 > Nove rodovias federais pedagiadas operam com nova tecnologia

Infraestrutura

Nove rodovias federais pedagiadas operam com nova tecnologia

Transporte rodoviário

Concessionárias têm prazo até o dia 16 de novembro para instalar equipamento de leitura de placas de identificação veicular
por Portal Brasil publicado: 09/10/2014 15h16 última modificação: 09/10/2014 15h16
Divulgação/ ANTT Nova Dutra está na lista de rodovias federais com infraestrutura para operação do novo padrão tecnológico

Nova Dutra está na lista de rodovias federais com infraestrutura para operação do novo padrão tecnológico

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informa que nove entre as 15 rodovias federais concedidas à iniciativa privada já possuem a infraestrutura exigida para a operação do novo padrão tecnológico para leitura de placas de identificação veicular, o chamado Tag.  As concessionárias têm prazo até o dia 16 de novembro para instalar o equipamento.

As Rodovias Nova Dutra (BR-116/RJ/SP), Régis Bittencourt (BR-116/SP/PR) e Fernão Dias (BR-381/MG/SP) foram as primeiras a trabalhar com o novo sistema. Nesta semana, a Ponte Rio-Niterói (BR-101/RJ) e as Rodovias Fluminense (BR-101/RJ), Eco101 (BR-101/ES), ViaBahia (BR-116/324/BA) e Concepa (BR-290/116/RS) também iniciam as atividades.

A concessionária Ecosul (BR-116/392/RS) utiliza o novo método em forma de testes.

O novo padrão tecnológico segue o modelo definido pelo governo federal para o Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos (Siniav) e vem para substituir as demais tecnologias existentes. Assim, com um único Tag, será possível circular por toda a malha rodoviária concedida – federal, estadual e municipal –, desde que os demais entes federativos resolvam aderir. Inicialmente, a interoperabilidade ocorrerá entre as rodovias federais e as estaduais paulistas e paranaenses. 

Prazos

A Resolução 4.281/2014 entrou em vigor em 20/5/2014, mas concedeu prazo para as concessionárias se adaptarem até 2017. De acordo com as normas (Resoluções 4.281/2014 e 4.422/2014), as empresas devem instalar os equipamentos até 16/11/2014. Dispositivos Tag de tecnologia anterior (5.8Ghz e 915Mhz-Gen2) devem deixar de ser comercializados também até 16 de novembro deste ano. Em 20 de maio de 2017, deve haver a retirada total dos padrões antigos.

Os prazos não se aplicam às concessionárias da 3ª etapa do Programa de Investimento em Logística (PIL): MGO Rodovias (BR-050/GO/MG), Concebra (BR-060/153/262/DF/GO/MG), Rota do Oeste (BR-163/MT), CCR MSVia (BR-163/MS), Via 040 (BR-040/DF/GO/MG) e Galvão Engenharia (BR-153/TO/GO). As empresas assumiram as concessões em 2014 e somente podem iniciar a cobrança de pedágio após conclusão de 10% da duplicação das vias, conforme previsão contratual.

Fonte:
Agência Nacional de Transportes Terrestres

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Campanha busca prevenir acidentes entre caminhoneiros
Ministério do Trabalho realizou campanha Abril Verde com objetivo de impedir acidentes de trabalho em transportes terrestres
Fundo de R$ 10 bilhões promoverá concessões municipais
Programa vai ajudar municípios a melhorar serviços de iluminação pública, água, esgoto e asfalto
Novas regras do Minha Casa Minha Vida ampliarão acesso ao programa
A meta do Ministério das Cidades é contratar, ainda este ano, 100 mil novas unidades habitacionais do programa
Ministério do Trabalho realizou campanha Abril Verde com objetivo de impedir acidentes de trabalho em transportes terrestres
Campanha busca prevenir acidentes entre caminhoneiros
Programa vai ajudar municípios a melhorar serviços de iluminação pública, água, esgoto e asfalto
Fundo de R$ 10 bilhões promoverá concessões municipais
A meta do Ministério das Cidades é contratar, ainda este ano, 100 mil novas unidades habitacionais do programa
Novas regras do Minha Casa Minha Vida ampliarão acesso ao programa

Últimas imagens

O programa Meta ainda comtemplará o Plano de Desburocratização do governo federal
O programa Meta ainda comtemplará o Plano de Desburocratização do governo federal
Divulgação/Itaipu Binacional
Foi lançado também o Programa Cartão Reforma, para melhorar a qualidade habitacional das moradias
Foi lançado também o Programa Cartão Reforma, para melhorar a qualidade habitacional das moradias
Divulgação/Ministério do Planejamento
Expansão prevista para os próximos três anos no País chegará a 18,6 GW, com destaque para a energia eólica
Expansão prevista para os próximos três anos no País chegará a 18,6 GW, com destaque para a energia eólica
Divulgação/Ministério do Planejamento

Governo digital