Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2014 > 11 > Leilão de energia de reserva contrata 1.658,8 MW de potência

Infraestrutura

Leilão de energia de reserva contrata 1.658,8 MW de potência

Prestação de Serviço

Investimentos total é de R$ 7,1 bilhões. Prazo dos contratos é de vinte anos, com início em outubro de 2017
por Portal Brasil publicado: 01/11/2014 12h14 última modificação: 01/11/2014 12h14

O Leilão para Contratação de Energia de Reserva, realizado nessa sexta-feira (31) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), resultou na contratação de 62 projetos de geração.

Dos projetos, 31 são de geração a partir de fonte solar, com capacidade instalada total de 889,7 megawatts (MW), e 31 de geração de energia elétrica a partir de fonte eólica, com capacidade instalada total de 769,1 megawatts (MW) de potência. Os investimentos previstos são da ordem de R$ 7,1 bilhões.

O destaque do certame foi a negociação inédita de energia proveniente de empreendimentos de fonte solar, representando a viabilização de mais uma fonte de energia limpa e renovável por meio dos Leilões de Energia no Ambiente Regulado.

A energia contratada vai compor reserva de capacidade de geração e o prazo dos contratos será de vinte anos, com início de suprimento a partir de 1º de outubro de 2017.

O preço médio da energia contratada no leilão foi de R$ 169,82/MWh, alcançando um deságio médio de 9,94%.

As usinas serão instaladas nos estados de Bahia (30), Ceará (2), Goiás (1), Minas Gerais (3), Paraíba (1), Pernambuco (3), Piauí (3), Rio Grande do Norte (10) e São Paulo (9).

Fonte:
Ministério de Minas e Energia

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Erro
Ocorreu um erro enquanto renderizando o portlet.

Últimas imagens

Empreendimentos contam com rede de água, esgoto energia elétrica e iluminação pública, além de área de lazer
Empreendimentos contam com rede de água, esgoto energia elétrica e iluminação pública, além de área de lazer
Divulgação/Minha Casa Minha Vida
Melhor navegabilidade da bacia do Tocantins-Araguaia também vai favorecer pequenas comunidades agrícolas
Melhor navegabilidade da bacia do Tocantins-Araguaia também vai favorecer pequenas comunidades agrícolas
Foto: Divulgação/Ministério da Integração
Ministro das Cidades, Bruno Araújo, participa de evento do programa Minha Casa Minha Vida, que beneficiou cerca de 360 famílias em São Paulo
Ministro das Cidades, Bruno Araújo, participa de evento do programa Minha Casa Minha Vida, que beneficiou cerca de 360 famílias em São Paulo
Divulgação/Ministério das Cidades
A iniciativa possibilitará uma oferta maior de água para as populações rurais atingidas pela estiagem e seca.
A iniciativa possibilitará uma oferta maior de água para as populações rurais atingidas pela estiagem e seca.
Foto: Adriana Fortes/MD
Na cerimônia, 480 casas do Residencial Maria Pires Perillo foram entregues.
Na cerimônia, 480 casas do Residencial Maria Pires Perillo foram entregues.
Divulgação/ministério das Cidades

Governo digital