Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2015 > 01 > Acordo prevê repasse de R$ 7 mi para centro de inovação em São Paulo

Infraestrutura

Acordo prevê repasse de R$ 7 mi para centro de inovação em São Paulo

Fomento

Local contará com oficinas, estúdios e laboratórios para produção de conteúdos digitais na capital paulista
por Portal Brasil publicado: 22/01/2015 15h33 última modificação: 22/01/2015 15h33

Um novo convênio do programa APL Conteúdos vai apoiar a produção de conteúdos digitais criativos em São Paulo (SP).

O acordo firmado entre o Ministério das Comunicações e a Secretaria Municipal de Cultura prevê o repasse de R$ 7 milhões para a estruturação, gestão e sustentabilidade de um centro com oficinas, estúdios e laboratórios para criação desses produtos em uso compartilhado por pequenas e médias empresas.

Os conteúdos digitais criativos podem ser filmes, vídeos, curtas, aplicativos, músicas ou games, por exemplo.

O direcionamento da produção fica a cargo da gestão pela prefeitura, que vai planejar a sustentação e o incentivo ao setor de conteúdos digitais. É o que explica a coordenadora de Projetos Especiais da Secretaria-Executiva do MiniCom, Wanessa Oliveira:

"Isso faz parte do plano de gestão do centro, que diz quais vão ser os procedimentos de uso de cada um dos laboratórios depois da inauguração. Existe uma liberdade para a Secretaria de Cultura escolher o uso", afirma.

O extrato de contrato foi publicado no Diário Oficial da União e tem duração de três anos. O centro de produção será chamado Leia - Laboratório de Experimentação e Inovação.

A prefeitura tem como contrapartida o valor de R$ 876 mil, além da elaboração do plano de gestão do espaço.

O Laboratório fruto do convênio será implementado no Tendal da Lapa, dividindo espaço com a Casa de Cultura, que continuará funcionando no local. Todo o complexo será gerido pela SPCine – Empresa de Cinema e Audiovisual de São Paulo.

O local foi escolhido em razão desta região da cidade concentrar outras iniciativas no setor de audiovisual e produção de conteúdo.

APL conteúdos

O programa APL Conteúdos é uma iniciativa do Ministério das Comunicações para incentivar a criação de centros de produção e pós-produção de conteúdos digitais criativos, como pontua o secretário-executivo substituto, James Görgen:

"O programa tem o objetivo de criar arranjos produtivos locais (APLs) direcionados à produção de conteúdos criativos para fomentar esse mercado no Brasil - onde há uma produção pequena - e aproveitar centros onde já exista mercado para isso", diz.

Outros convênios já foram feitos em Pernambuco com a Porto Digital, no Rio Grande do Sul com a Fapergs e no Rio de Janeiro com o Lab Rio Criativo.

No total, o MiniCom já investiu no programa R$ 28 milhões que, somados às contrapartidas dos governos locais, representam um investimento superior a R$ 30 milhões.

Fonte:
Ministério das Comunicações

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo lança Carteira Nacional de Habilitação Digital
O brasileiro que possui carteira de motorista vai ter acesso também ao documento digital. Goiás é o primeiro estado a adotar o novo sistema
Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
O brasileiro que possui carteira de motorista vai ter acesso também ao documento digital. Goiás é o primeiro estado a adotar o novo sistema
Governo lança Carteira Nacional de Habilitação Digital
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados

Governo digital