Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2015 > 09 > Rodovias concedidas têm redução de acidentes no primeiro semestre

Infraestrutura

Rodovias concedidas têm redução de acidentes no primeiro semestre

Semana Nacional do Trânsito 2015

Segundo Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), houve diminuição de 22% no número de vítimas fatais
por Portal Brasil publicado: 18/09/2015 17h28 última modificação: 18/09/2015 17h28
Divulgação/Governo do Rio de Janeiro Os dados reafirmam a melhoria da segurança nas rodovias federais conferidas, conforme constatou balanço elaborado pela ANTT

Os dados reafirmam a melhoria da segurança nas rodovias federais conferidas, conforme constatou balanço elaborado pela ANTT

O Brasil tem muito o que comemorar na Semana Nacional do Trânsito 2015, celebrada entre os dias 18 e 25 de setembro. Segundo informações da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), houve diminuição de 22% no número de vítimas fatais e 7% no quantitativo de acidentes nas rodovias federais concedidas da 1ª, 2ª etapa e Eco101 (3ª etapa) no primeiro semestre de 2015.

Os dados reafirmam a melhoria da segurança nas rodovias federais conferidas, conforme constatou balanço elaborado pela ANTT. De acordo com a superintendente de Exploração de Infraestrutura Rodoviária, Viviane Esse, o aprimoramento das exigências contratuais e das fiscalizações sobre as concessões é o principal motivo do aperfeiçoamento da infraestrutura dos trechos. Os contratos preveem a execução de obras de melhorias físicas e operacionais, além de ampliação da capacidade das vias para garantir o bem-estar dos usuários e as condições de fluidez do tráfego.

Entre os requisitos contratuais destaca-se a elaboração de um Programa de Redução de Acidentes (PRA), com acompanhamento anual, no qual são apresentadas informações de pontos críticos, bem como soluções a serem implantadas em curto, médio e longo prazos.

Campanha

Neste ano, o tema da Semana Nacional do Trânsito é dedicado à Década Mundial de Ações para a Segurança no Trânsito (2011 – 2020), que visa tomar novas medidas de prevenção de acidentes no trânsito em todo o mundo, que matam cerca de 1,3 milhão de pessoas por ano. A meta é reduzir em 50% o número de mortos no trânsito no Brasil no período de 10 anos.

Além da regulação e fiscalização, a ANTT tem trabalhado em campanhas educativas e de responsabilidade social para contribuir para a redução de acidentes.

Nesse contexto, a campanha “Vou de Cinto”, realizada em parceria com a concessionária CCR Nova Dutra, tem gerado resultados positivos, com cerca de 400 abordagens por ação mensal. A mudança de cultura pode prevenir até 75% o risco de uma lesão grave num acidente.

O objetivo é expandir a iniciativa para outras concessionárias, em uma campanha nacional de conscientização. Em 10 de setembro, a ANTT apresentou a ideia para o Projeto Escola, do grupo Arteris, que detém cinco concessões rodoviárias federais. “Acreditamos que o processo de educação e prevenção pode resultar em uma mudança de atitude, desde a idade infantil”, explica Paulo Hermínio.

Participação da população

Com o slogan “Seja você a mudança no trânsito”, a ideia da Semana Nacional de Trânsito é também mostrar que a segurança viária é responsabilidade de todos: órgãos públicos, motoristas, passageiros, pedestres. A união de esforços entre a sociedade e o poder público visa salvar vidas. O uso dos equipamentos de segurança e a utilização da faixa de pedestre e das passarelas são medidas que podem fazer a diferença.

Fonte: ANTT

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Leilões e concessões incentivam setor portuário em 2017
Portos são responsáveis por 85% do escoamento da produção para o comércio exterior
Fundo da Marinha Mercante financia 74 embarcações
Ao longo de 2017, medidas impulsionaram escoamento da produção brasileira pelo norte do País
Programa Agora é avançar retoma obras para melhoria do transporte público em Aracaju
Ao todo, iniciativa vai retomar 7 mil obras paralisadas em todo o País
Portos são responsáveis por 85% do escoamento da produção para o comércio exterior
Leilões e concessões incentivam setor portuário em 2017
Ao longo de 2017, medidas impulsionaram escoamento da produção brasileira pelo norte do País
Fundo da Marinha Mercante financia 74 embarcações
Ao todo, iniciativa vai retomar 7 mil obras paralisadas em todo o País
Programa Agora é avançar retoma obras para melhoria do transporte público em Aracaju

Governo digital