Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2015 > 10 > Saneamento em Pernambuco receberá R$ 191,3 milhões

Infraestrutura

Saneamento em Pernambuco receberá R$ 191,3 milhões

Investimentos

Caixa e Companhia Pernambucana de Saneamento assinaram contratos de repasse de recursos para obras nos municípios de Timbaúba e Arcoverde
por Portal Brasil publicado: 16/10/2015 00h00 última modificação: 19/10/2015 16h18

A expansão da cobertura do serviço de coleta e tratamento de esgoto nas cidades pernambucanas de Timbaúba e Arcoverde receberá investimentos de R$ 191,3 milhões. A Caixa e a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) assinaram contratos de repasse de recursos do orçamento da União e do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)  na última quarta-feira (14) para a liberação dos recursos.

Previstas para começar no início de 2016, as obras devem ser concluídas em três anos e beneficiar diretamente 130 mil pessoas. "É com muita satisfação que efetivamos esta parceria para a realização de obras tão importantes para a melhoria de vida das pessoas", destacou o vice-presidente de Governo da Caixa, Paulo Galli, em cerimônia na sede do governo estadual.

Distante 257 km de Recife, Arcoverde receberá R$ 92 milhões. O dinheiro permitirá levar adiante a segunda etapa do sistema de esgoto local. "A cobertura do serviço chegará a 100% das residências da cidade", comemorou a prefeita Madalena Britto. Atualmente, esse índice é de 68%. O projeto prevê a implantação de 229 km de ramais, cinco estações elevatórias e módulos complementares da estação de tratamento local. 

Em Timbaúba, a 98 km da capital, as obras no sistema de esgosto demandarão R$ 99,3 milhões. A cidade ganhará 127 km de ramais de calçada, outros 59 de rede coletora, 20 estações elevatórias, 9 km de tubulação do emissário e uma estação de tratamento. 

Além de ampliar o índice de cobertura do serviço, hoje em 39%, o investimento ajudará a despoluir o Rio Capibaribe Mirim. Embora abasteça a cidade, ele recebe esgoto doméstico sem tratamento. "Todos vão ser beneficiados, especialmente os idosos e crianças e as pessoas em maior situação de vulnerabilidade social", afirmou o presidente da Compesa, Roberto Tavares. 

Fonte: Portal Brasil, com informações da Caixa

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Novas regras vão facilitar embarque e desembarque em aeroportos
Governo elabora conjunto de orientações para eliminar os obstáculos e reduzir o tempo de espera no embarque e desembarque nos aeroportos
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Governo elabora conjunto de orientações para eliminar os obstáculos e reduzir o tempo de espera no embarque e desembarque nos aeroportos
Novas regras vão facilitar embarque e desembarque em aeroportos

Últimas imagens

Cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega das unidades habitacionais, avaliadas em R$ 56 mil cada. O empreendimento custou, no total, R$ 28,2 milhões
Cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega das unidades habitacionais, avaliadas em R$ 56 mil cada. O empreendimento custou, no total, R$ 28,2 milhões
Foto: Bruno Peres/Ministério das Cidades
Em 2016, foram transportadas 84,6 milhões de toneladas de cargas pelas hidrovias interiores
Em 2016, foram transportadas 84,6 milhões de toneladas de cargas pelas hidrovias interiores
Danilo Borges/Ministério dos Transportes
Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Arquivo/PAC
A previsão para o ano de 2017 é de que a demanda total de energia deve crescer cerca de 1,5%
A previsão para o ano de 2017 é de que a demanda total de energia deve crescer cerca de 1,5%
Foto: Vanderlei Tacchio/Eletrosul

Governo digital