Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2016 > 01 > Ceará recebe primeira Cidade Digital com fibra óptica subterrânea do País

Infraestrutura

Ceará recebe primeira Cidade Digital com fibra óptica subterrânea do País

Acesso à internet

Redenção (CE) é o primeiro município brasileiro a contar com rede de fibra óptica totalmente subterrânea
por Portal Brasil publicado: 15/01/2016 20h31 última modificação: 20/01/2016 19h34
Foto: Ministério das Comunicações Redenção recebeu um anel de fibra óptica de 4 km, que, vinculado ao cinturão digital do governo do estado, interliga 14 órgãos públicos e três pontos de acesso público a comunidade

Redenção recebeu um anel de fibra óptica de 4 km, que, vinculado ao cinturão digital do governo do estado, interliga 14 órgãos públicos e três pontos de acesso público a comunidade

A primeira Cidade Digital com fibra óptica totalmente subterrânea do Brasil foi inaugurada nesta sexta-feira (15) no município cearense de Redenção pelo ministro das Comunicações, André Figueiredo. O programa leva internet, incluindo rede Wi-Fi, para diversos pontos da cidade a partir da parceria com a Prefeitura local, além de entregar equipamentos para ampliar a infraestrutura de informática.

Redenção recebeu um anel de fibra óptica de 4 quilômetros que, vinculado ao cinturão digital do governo do Estado, interliga 14 órgãos públicos e três pontos de acesso público à comunidade. A partir da instalação da infraestrutura da cidade digital, a prefeitura elaborou um projeto para expansão da rede a fim de contemplar mais 13 pontos por meio da fibra óptica e 20 pontos por antenas.

O investimento total foi de R$ 541 mil, que beneficia os 26 mil moradores do município. Já o investimento previsto total no Estado do Ceará é de R$ 11,7 milhões. 

O ministro exaltou que as ações realizadas na região alcançam resultados positivos pois existe uma parceria entre os governos federal, estadual e municipal. "Trabalhamos para conectar a população em tempo real a partir de uma rede de conexão eficiente. As regiões com limitações serão atendidas pelo satélite geoestacionário", destacou, ao assinar o termo de  cessão de equipamentos e acessar a rede de Wi-Fi na Praça do Obelisco, no Centro da cidade.

Ao explicar que a internet permite a igualdade de oportunidades, o ministro disse que a banda larga é um dos principais instrumentos de inclusão de todas as classes. "Por isso, vamos ampliar a velocidade instalada nas escolas para 50 megabytes, o que permite aos alunos aprender o conteúdo em novas plataformas", ratificou o ministro, ao exaltar a integração do município com a Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab).

Modernidade

Além de modernizar a gestão, o Cidades Digitais amplia o acesso aos serviços públicos, além de promover o desenvolvimento dos municípios brasileiros por meio da tecnologia.

Para isso, atua na construção de redes de fibra óptica que interligam os órgãos públicos locais; disponibiliza aplicativos de governo eletrônico para as prefeituras; capacita servidores para uso e gestão da rede, além de oferecer pontos de acesso à internet para uso livre e gratuito em espaços públicos de grande circulação, como praças, parques e rodoviárias.

Correios

O ministro das Comunicações também visitou nesta sexta-feira a agência dos Correios de Acarape, no interior do Ceará. Em 2015, a unidade registrou o melhor resultado operacional proporcional no Estado, se destacando não somente com o serviço postal, mas também com a operação do Banco Postal para os cerca de 26 mil habitantes do município.

"A gente tem que valorizar as grandes atitudes. Essa conquista é fruto da dedicação dessa qualificada equipe. Vamos valorizar os funcionários comprometidos para que a empresa apresente um serviço cada vez melhor para todos os cidadãos", destacou o ministro.

Fonte:Ministério das Comunicações

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo federal investe R$ 30 bilhões para combater a seca no nordeste brasileiro
Só com o projeto de Integração do Rio São Francisco, cerca de 12 milhões de pessoas serão beneficiadas
Projeto de Integração do Rio São Francisco vai beneficiar 12 milhões de pessoas
Orçadas em R$ 9,6 bilhões, as obras, com 477 quilômetros, estão em fase final nos eixos norte e leste. O projeto é uma prioridade do governo federal e passa pelos estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte
Minha Casa Minha Vida beneficia 5 mil pessoas no município de Mogi Guaçu
O programa Minha Casa Minha Vida beneficiou cerca de 5 mil pessoas da cidade de Mogi Guaçu (SP). Os investimentos do governo federal, na obra, são da ordem de R$ 119 milhões
Só com o projeto de Integração do Rio São Francisco, cerca de 12 milhões de pessoas serão beneficiadas
Governo federal investe R$ 30 bilhões para combater a seca no nordeste brasileiro
Orçadas em R$ 9,6 bilhões, as obras, com 477 quilômetros, estão em fase final nos eixos norte e leste. O projeto é uma prioridade do governo federal e passa pelos estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte
Projeto de Integração do Rio São Francisco vai beneficiar 12 milhões de pessoas
O programa Minha Casa Minha Vida beneficiou cerca de 5 mil pessoas da cidade de Mogi Guaçu (SP). Os investimentos do governo federal, na obra, são da ordem de R$ 119 milhões
Minha Casa Minha Vida beneficia 5 mil pessoas no município de Mogi Guaçu

Últimas imagens

Picos de demanda da operação especial estão previstos para os dias 24 de fevereiro  e 1º de março
Picos de demanda da operação especial estão previstos para os dias 24 de fevereiro e 1º de março
Divulgação/Ministério dos Transportes
Investimentos previstos para a derrocagem são de R$ 181,5 milhões
Investimentos previstos para a derrocagem são de R$ 181,5 milhões
Edsom Leite/MTPA
Novo contrato prevê investimentos da ordem de R$ 160 milhões e atenderá mais 11,5 mil famílias
Novo contrato prevê investimentos da ordem de R$ 160 milhões e atenderá mais 11,5 mil famílias
Divulgação/Governo do Acre
Codevasf também vai construir passagem molhada de 20m de extensão por 4,5m de largura
Codevasf também vai construir passagem molhada de 20m de extensão por 4,5m de largura
Divulgação/Codevasf
Aguadas já existentes e as previstas têm volume de acumulação entre 7m³ e 21m³
Aguadas já existentes e as previstas têm volume de acumulação entre 7m³ e 21m³
Divulgação/Codevasf

Governo digital