Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2016 > 01 > Governo autoriza novo Terminal de Uso Privado no Maranhão

Infraestrutura

Governo autoriza novo Terminal de Uso Privado no Maranhão

Setor portuário

O porto será construído na cidade de São Luís (MA), e o investimento previsto para a realização do empreendimento é da ordem de R$ 780 milhões
por Portal Brasil publicado: 06/01/2016 17h38 última modificação: 06/01/2016 19h34
Foto: MPA Ainda neste mês vamos autorizar novos terminais de uso privado em outras regiões", disse o ministro Helder Barbalho

Ainda neste mês vamos autorizar novos terminais de uso privado em outras regiões", disse o ministro Helder Barbalho

Para ampliar a capacidade de escoamento de produção no Maranhão, o ministro da Secretaria de Portos, Helder Barbalho, assinou, nesta quarta-feira (6), a autorização para construção e exploração de um novo Terminal de Uso Privado (TUP) no Estado.

O porto será construído na cidade de São Luís (MA), e o investimento previsto para a realização do empreendimento é da ordem de R$ 780 milhões. Quando estiver concluído, o TUP será operado pela WPR São Luís Gestão de Portos e Terminais – do grupo WTorre. 

A estimativa da empresa responsável é que cinco mil empregos diretos sejam criados graças ao novo terminal. Já a previsão do governo federal para investimentos no setor portuário do Maranhão nos próximos anos é de R$ 1,782 bilhão, entre arrendamentos, prorrogações de contratos e autorizações de TUPs.

"Essa é uma primeira agenda que está sendo viabilizada, além de outras que serão anunciadas nos próximos meses. Ainda neste mês, vamos autorizar novos terminais de uso privado em outras regiões", disse o ministro Helder Barbalho, citando investimentos em Aracruz (ES), estimados em R$ 279 milhões, e em Candeias (BA), com previsão de investimentos de R$ 850 milhões.

Barbalho disse que os novos empreendimentos revelam a grande demanda existente no País para mais terminais portuários e afirmou que o setor vai continuar colaborando para o crescimento e desenvolvimento brasileiro.

Fonte: Portal Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Novas regras vão facilitar embarque e desembarque em aeroportos
Governo elabora conjunto de orientações para eliminar os obstáculos e reduzir o tempo de espera no embarque e desembarque nos aeroportos
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Governo elabora conjunto de orientações para eliminar os obstáculos e reduzir o tempo de espera no embarque e desembarque nos aeroportos
Novas regras vão facilitar embarque e desembarque em aeroportos

Últimas imagens

Cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega das unidades habitacionais, avaliadas em R$ 56 mil cada. O empreendimento custou, no total, R$ 28,2 milhões
Cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega das unidades habitacionais, avaliadas em R$ 56 mil cada. O empreendimento custou, no total, R$ 28,2 milhões
Foto: Bruno Peres/Ministério das Cidades
Em 2016, foram transportadas 84,6 milhões de toneladas de cargas pelas hidrovias interiores
Em 2016, foram transportadas 84,6 milhões de toneladas de cargas pelas hidrovias interiores
Danilo Borges/Ministério dos Transportes
Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Arquivo/PAC
A previsão para o ano de 2017 é de que a demanda total de energia deve crescer cerca de 1,5%
A previsão para o ano de 2017 é de que a demanda total de energia deve crescer cerca de 1,5%
Foto: Vanderlei Tacchio/Eletrosul
Empreendimento da Faixa 1 do programa contempla famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil
Empreendimento da Faixa 1 do programa contempla famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil
Foto: Rodrigo de Oliveira/Caixa

Governo digital