Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2016 > 01 > Governo autoriza novo Terminal de Uso Privado no Maranhão

Infraestrutura

Governo autoriza novo Terminal de Uso Privado no Maranhão

Setor portuário

O porto será construído na cidade de São Luís (MA), e o investimento previsto para a realização do empreendimento é da ordem de R$ 780 milhões
por Portal Brasil publicado: 06/01/2016 17h38 última modificação: 06/01/2016 19h34
Foto: MPA Ainda neste mês vamos autorizar novos terminais de uso privado em outras regiões", disse o ministro Helder Barbalho

Ainda neste mês vamos autorizar novos terminais de uso privado em outras regiões", disse o ministro Helder Barbalho

Para ampliar a capacidade de escoamento de produção no Maranhão, o ministro da Secretaria de Portos, Helder Barbalho, assinou, nesta quarta-feira (6), a autorização para construção e exploração de um novo Terminal de Uso Privado (TUP) no Estado.

O porto será construído na cidade de São Luís (MA), e o investimento previsto para a realização do empreendimento é da ordem de R$ 780 milhões. Quando estiver concluído, o TUP será operado pela WPR São Luís Gestão de Portos e Terminais – do grupo WTorre. 

A estimativa da empresa responsável é que cinco mil empregos diretos sejam criados graças ao novo terminal. Já a previsão do governo federal para investimentos no setor portuário do Maranhão nos próximos anos é de R$ 1,782 bilhão, entre arrendamentos, prorrogações de contratos e autorizações de TUPs.

"Essa é uma primeira agenda que está sendo viabilizada, além de outras que serão anunciadas nos próximos meses. Ainda neste mês, vamos autorizar novos terminais de uso privado em outras regiões", disse o ministro Helder Barbalho, citando investimentos em Aracruz (ES), estimados em R$ 279 milhões, e em Candeias (BA), com previsão de investimentos de R$ 850 milhões.

Barbalho disse que os novos empreendimentos revelam a grande demanda existente no País para mais terminais portuários e afirmou que o setor vai continuar colaborando para o crescimento e desenvolvimento brasileiro.

Fonte: Portal Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Aeroportos brasileiros estão mais modernos
Os investimentos da iniciativa privada em infraestrutura melhoraram a qualidade dos serviços prestados à população
Conheça as novas regras do transporte aéreo
Brasil adere às melhores práticas internacionais da aviação e passa a ter regras modernas e alinhadas com o Código de Defesa do Consumidor
Entenda as novas regras da bagagem no transporte aéreo
Peso da mala de mão vai passar de 5kg para 10kg, e quem despachar a bagagem vai pagar apenas o peso que levar
Os investimentos da iniciativa privada em infraestrutura melhoraram a qualidade dos serviços prestados à população
Aeroportos brasileiros estão mais modernos
Brasil adere às melhores práticas internacionais da aviação e passa a ter regras modernas e alinhadas com o Código de Defesa do Consumidor
Conheça as novas regras do transporte aéreo
Peso da mala de mão vai passar de 5kg para 10kg, e quem despachar a bagagem vai pagar apenas o peso que levar
Entenda as novas regras da bagagem no transporte aéreo

Últimas imagens

Todas as viagens de transporte interestadual rodoviário são abrangidas pela nova regulamentação
Todas as viagens de transporte interestadual rodoviário são abrangidas pela nova regulamentação
Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília
Também foram liberados R$ 3 milhões para obras de saneamento no Amapá
Também foram liberados R$ 3 milhões para obras de saneamento no Amapá
Divulgação/Caixa
Retomada das obras também representa um estímulo à geração de emprego e renda no estado
Retomada das obras também representa um estímulo à geração de emprego e renda no estado
Arquivo/Caixa
Diretrizes e orientações facilitam processos, mas mantém padrões internacionais de segurança
Diretrizes e orientações facilitam processos, mas mantém padrões internacionais de segurança
Arquivo/Infraero
Empreendimento tem 1,1 mil unidades habitacionais e atende desabrigados em enxurradas de 2010
Empreendimento tem 1,1 mil unidades habitacionais e atende desabrigados em enxurradas de 2010
Foto: Bruno Peres/Ministério das Cidades

Governo digital