Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2016 > 02 > Brasil e União Europeia atuarão em parceria na tecnologia 5G

Infraestrutura

Brasil e União Europeia atuarão em parceria na tecnologia 5G

Redes de comunicação

Cooperação prevê definição de normas e aplicações para a tecnologia móvel nos próximos anos
por Portal Brasil publicado: 23/02/2016 17h34 última modificação: 02/03/2016 16h52
Foto: MC O ministro das Comunicações, André Figueiredo, e o comissário europeu, Günther Oettinger, formalizaram a declaração

O ministro das Comunicações, André Figueiredo, e o comissário europeu, Günther Oettinger, formalizaram a declaração

O Brasil e a União Europeia assinaram, nesta terça-feira (23), um acordo de cooperação para desenvolver a tecnologia 5G, a próxima geração de redes de comunicação. O acordo prevê o trabalho conjunto na definição de normas comuns e padronização do 5G, além de identificar faixas do espectro harmonizadas globalmente.

O ministro das Comunicações, André Figueiredo, e o comissário europeu, Günther Oettinger, formalizaram a declaração conjunta durante o Congresso Mundial de Tecnologia Móvel, em Barcelona, na Espanha.

Os dois parceiros também vão atuar na elaboração de projetos envolvendo academia, empresas de tecnologia e indústria.

"Hoje nós conectamos o nosso futuro, pois é disso que trata o 5G. A Europa e o Brasil são agora oficialmente parceiros estratégicos no avanço da banda larga móvel", declarou André Figueiredo.

Nos próximos anos, a tecnologia será utilizada pelas indústrias, serviços públicos e em aplicações inovadoras, como automóveis conectados, casas inteligentes e serviços de saúde móveis.

A cooperação prevê ainda a implantação do 5G em temas como cidades digitais, agrobusiness, saúde, educação, transporte, indústria, serviços públicos, energia e distribuição de conteúdo de vídeo.

Parceria

A colaboração em tecnologias da informação e comunicação entre Brasil e União Europeia teve início em 2008. Ao longo dos últimos anos, foram realizados oito Diálogos Setoriais em Tecnologias da Informação e Comuinicação (TICs). No ano passado, a Telebras anunciou uma joint venture para conectar os dois continentes por meio de um novo cabo submarino.

"Estamos convencidos de que um projeto tão importante como a próxima revolução móvel tem de ser um esforço conjunto coordenado", ressaltou o ministro das Comunicações.

Ele explicou que o Brasil tem 180 milhões de acessos de banda larga móvel, e esse número está crescendo rapidamente. "Precisamos de tecnologias que possam superar os desafios atuais: maiores taxas de download e upload, melhor cobertura e conexões mais confiáveis", disse Figueiredo.

Fonte: Ministério das Comunicações

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Campanha busca prevenir acidentes entre caminhoneiros
Ministério do Trabalho realizou campanha Abril Verde com objetivo de impedir acidentes de trabalho em transportes terrestres
Fundo de R$ 10 bilhões promoverá concessões municipais
Programa vai ajudar municípios a melhorar serviços de iluminação pública, água, esgoto e asfalto
Novas regras do Minha Casa Minha Vida ampliarão acesso ao programa
A meta do Ministério das Cidades é contratar, ainda este ano, 100 mil novas unidades habitacionais do programa
Ministério do Trabalho realizou campanha Abril Verde com objetivo de impedir acidentes de trabalho em transportes terrestres
Campanha busca prevenir acidentes entre caminhoneiros
Programa vai ajudar municípios a melhorar serviços de iluminação pública, água, esgoto e asfalto
Fundo de R$ 10 bilhões promoverá concessões municipais
A meta do Ministério das Cidades é contratar, ainda este ano, 100 mil novas unidades habitacionais do programa
Novas regras do Minha Casa Minha Vida ampliarão acesso ao programa

Últimas imagens

O programa Meta ainda comtemplará o Plano de Desburocratização do governo federal
O programa Meta ainda comtemplará o Plano de Desburocratização do governo federal
Divulgação/Itaipu Binacional
Foi lançado também o Programa Cartão Reforma, para melhorar a qualidade habitacional das moradias
Foi lançado também o Programa Cartão Reforma, para melhorar a qualidade habitacional das moradias
Divulgação/Ministério do Planejamento
Expansão prevista para os próximos três anos no País chegará a 18,6 GW, com destaque para a energia eólica
Expansão prevista para os próximos três anos no País chegará a 18,6 GW, com destaque para a energia eólica
Divulgação/Ministério do Planejamento

Governo digital