Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2016 > 03 > Rio faz campanha educativa para o uso do Veículo Leve sobre Trilhos

Infraestrutura

Rio faz campanha educativa para o uso do Veículo Leve sobre Trilhos

Rio 2016

O objetivo é estimular novos hábitos de pedestres e motoristas; o VLT vai circular na área central do Rio em duas linhas distintas
por Portal Brasil publicado: 14/03/2016 12h21 última modificação: 14/03/2016 17h31

Estimular novos hábitos de pedestres e motoristas é o principal objetivo de uma campanha educativa promovida pela Secretaria Municipal de Transportes do Rio de Janeiro, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro e a Concessionária VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) Carioca.

Chamada “Olho no VLT”, a campanha prevê a instalação de vinte e cinco placas em regiões de grande movimento ao longo dos 28 quilômetros do traçado. Elas exibirão mensagens para que motoristas, motociclistas, pedestres e ciclistas estejam atentos. Os locais foram escolhidos graças a um dossiê que apontou as principais áreas de atenção como cruzamentos e praças com grande circulação. Agentes educativos também vão distribuir 150 mil folhetos sobre a operação.

Para o secretário municipal de Transportes, Rafael Picciani, as próximas etapas de testes e de conscientização da população serão um desafio, já que confrontarão velhos hábitos e rotinas dos cariocas.

“Tudo é um grande desafio. Temos de entender que é uma novidade para todos ter esse modal fantástico no centro do Rio, que se integra com todos os outros já existentes. E essa campanha é para, além de gerar uma conscientização, dar o conhecimento a toda a nossa população,  pedestres e motoristas que saberão que não podem fechar os cruzamentos do VLT, o que ocasionaria uma perda da capacidade de operação dos trens”, explicou.

Trajeto

O VLT vai circular na área central do Rio em duas linhas distintas. A primeira, saindo da Rodoviária Novo Rio, passando pela zona portuária, pegando o início da Avenida Rio Branco e indo até o aeroporto Santos Dumont.

A outra sairá da Praça XV de Novembro, seguirá pela Rua 7 de Setembro, Praça Tiradentes, Rua da Constituição e Praça da República até o terminal de trens da Central do Brasil.

A campanha foca no aspecto visual pelo fato de os trens que realizam o percurso serem extremamente silenciosos.

O VLT Carioca funcionará 24 horas por dia, sete dias por semana e terá integração total com o Aeroporto Santos Dumont, barcas, trens, metrô, ônibus e BRTs (Bus Rapid Transit). O intervalo entre os VLTs poderá variar entre 3 e 15 minutos, conforme a linha e o horário do dia. 

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Porto de Itaqui é o sexto mais movimentado do Brasil
O governo investiu R$ 70 milhões no Berço 108 do Porto de Itaqui, que é a porta de entrada de boa parte do combustível importado pelo Brasil
Nova lei traz mudanças para o Código de Trânsito Brasileiro
Diretor do Denatran destaca as três principais, entre elas, o Sistema de Notificação Eletrônico.
Diretor do Denatran faz balanço da Operação Rodovida
Operação é feita para prevenir e evitar acidentes nas rodovias federais durante os feriados de fim e início de ano
O governo investiu R$ 70 milhões no Berço 108 do Porto de Itaqui, que é a porta de entrada de boa parte do combustível importado pelo Brasil
Porto de Itaqui é o sexto mais movimentado do Brasil
Diretor do Denatran destaca as três principais, entre elas, o Sistema de Notificação Eletrônico.
Nova lei traz mudanças para o Código de Trânsito Brasileiro
Operação é feita para prevenir e evitar acidentes nas rodovias federais durante os feriados de fim e início de ano
Diretor do Denatran faz balanço da Operação Rodovida

Últimas imagens

Ações de fornecimento são importantes para a sobrevivência das famílias
Ações de fornecimento são importantes para a sobrevivência das famílias
Divulgação/Codevasf
A taxa máxima de embarque internacional, que era R$ 109,13, agora custa R$ 113,04
A taxa máxima de embarque internacional, que era R$ 109,13, agora custa R$ 113,04
Foto: divulgação/secretaria de Aviação Civil
Refrota atende à Política Nacional e Programa de Infraestrutura de Transporte e da Mobilidade Urbana
Refrota atende à Política Nacional e Programa de Infraestrutura de Transporte e da Mobilidade Urbana
Foto: Hmenon Oliveira/Gov. do Distrito Federal
Montante vai impulsionar desenvolvimento regional e fomentar redes de arranjos produtivos locais
Montante vai impulsionar desenvolvimento regional e fomentar redes de arranjos produtivos locais
Divulgação/Governo do Pará
Alimentos são adquiridos dos agricultores familiares e entregues a pessoas em situação de insegurança alimentar
Alimentos são adquiridos dos agricultores familiares e entregues a pessoas em situação de insegurança alimentar
Divulgação/Conab

Governo digital