Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2016 > 03 > Rio faz campanha educativa para o uso do Veículo Leve sobre Trilhos

Infraestrutura

Rio faz campanha educativa para o uso do Veículo Leve sobre Trilhos

Rio 2016

O objetivo é estimular novos hábitos de pedestres e motoristas; o VLT vai circular na área central do Rio em duas linhas distintas
por Portal Brasil publicado: 14/03/2016 12h21 última modificação: 14/03/2016 17h31

Estimular novos hábitos de pedestres e motoristas é o principal objetivo de uma campanha educativa promovida pela Secretaria Municipal de Transportes do Rio de Janeiro, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro e a Concessionária VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) Carioca.

Chamada “Olho no VLT”, a campanha prevê a instalação de vinte e cinco placas em regiões de grande movimento ao longo dos 28 quilômetros do traçado. Elas exibirão mensagens para que motoristas, motociclistas, pedestres e ciclistas estejam atentos. Os locais foram escolhidos graças a um dossiê que apontou as principais áreas de atenção como cruzamentos e praças com grande circulação. Agentes educativos também vão distribuir 150 mil folhetos sobre a operação.

Para o secretário municipal de Transportes, Rafael Picciani, as próximas etapas de testes e de conscientização da população serão um desafio, já que confrontarão velhos hábitos e rotinas dos cariocas.

“Tudo é um grande desafio. Temos de entender que é uma novidade para todos ter esse modal fantástico no centro do Rio, que se integra com todos os outros já existentes. E essa campanha é para, além de gerar uma conscientização, dar o conhecimento a toda a nossa população,  pedestres e motoristas que saberão que não podem fechar os cruzamentos do VLT, o que ocasionaria uma perda da capacidade de operação dos trens”, explicou.

Trajeto

O VLT vai circular na área central do Rio em duas linhas distintas. A primeira, saindo da Rodoviária Novo Rio, passando pela zona portuária, pegando o início da Avenida Rio Branco e indo até o aeroporto Santos Dumont.

A outra sairá da Praça XV de Novembro, seguirá pela Rua 7 de Setembro, Praça Tiradentes, Rua da Constituição e Praça da República até o terminal de trens da Central do Brasil.

A campanha foca no aspecto visual pelo fato de os trens que realizam o percurso serem extremamente silenciosos.

O VLT Carioca funcionará 24 horas por dia, sete dias por semana e terá integração total com o Aeroporto Santos Dumont, barcas, trens, metrô, ônibus e BRTs (Bus Rapid Transit). O intervalo entre os VLTs poderá variar entre 3 e 15 minutos, conforme a linha e o horário do dia. 

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo federal investe R$ 30 bilhões para combater a seca no nordeste brasileiro
Só com o projeto de Integração do Rio São Francisco, cerca de 12 milhões de pessoas serão beneficiadas
Projeto de Integração do Rio São Francisco vai beneficiar 12 milhões de pessoas
Orçadas em R$ 9,6 bilhões, as obras, com 477 quilômetros, estão em fase final nos eixos norte e leste. O projeto é uma prioridade do governo federal e passa pelos estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte
Minha Casa Minha Vida beneficia 5 mil pessoas no município de Mogi Guaçu
O programa Minha Casa Minha Vida beneficiou cerca de 5 mil pessoas da cidade de Mogi Guaçu (SP). Os investimentos do governo federal, na obra, são da ordem de R$ 119 milhões
Só com o projeto de Integração do Rio São Francisco, cerca de 12 milhões de pessoas serão beneficiadas
Governo federal investe R$ 30 bilhões para combater a seca no nordeste brasileiro
Orçadas em R$ 9,6 bilhões, as obras, com 477 quilômetros, estão em fase final nos eixos norte e leste. O projeto é uma prioridade do governo federal e passa pelos estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte
Projeto de Integração do Rio São Francisco vai beneficiar 12 milhões de pessoas
O programa Minha Casa Minha Vida beneficiou cerca de 5 mil pessoas da cidade de Mogi Guaçu (SP). Os investimentos do governo federal, na obra, são da ordem de R$ 119 milhões
Minha Casa Minha Vida beneficia 5 mil pessoas no município de Mogi Guaçu

Últimas imagens

Novo contrato prevê investimentos da ordem de R$ 160 milhões e atenderá mais 11,5 mil famílias
Novo contrato prevê investimentos da ordem de R$ 160 milhões e atenderá mais 11,5 mil famílias
Divulgação/Governo do Acre
Codevasf também vai construir passagem molhada de 20m de extensão por 4,5m de largura
Codevasf também vai construir passagem molhada de 20m de extensão por 4,5m de largura
Divulgação/Codevasf
Aguadas já existentes e as previstas têm volume de acumulação entre 7m³ e 21m³
Aguadas já existentes e as previstas têm volume de acumulação entre 7m³ e 21m³
Divulgação/Codevasf
MI também garantiu a Cruzeiro do Sul (AC) o atendimento da população atingida com kits de ajuda humanitária
MI também garantiu a Cruzeiro do Sul (AC) o atendimento da população atingida com kits de ajuda humanitária
Divulgação/MI
Campos marítimos produziram 94,5% do petróleo e 76,9% do gás natural desse total
Campos marítimos produziram 94,5% do petróleo e 76,9% do gás natural desse total
Divulgação/MME

Governo digital