Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2016 > 03 > Rodovias federais no Rio Grande do Sul recebem manutenção

Infraestrutura

Rodovias federais no Rio Grande do Sul recebem manutenção

Estradas federais

DNIT salienta que congestionamentos podem ser registrados durante a execução dos trabalhos
por Portal Brasil publicado: 28/03/2016 19h20 última modificação: 29/03/2016 15h53
Foto: Portal Brasil Entre os dias 28 de março e 1º de abril, diferentes pontos das BR-116, BR-290, BR-386, BR-471, BR-158, BR-153, BR-287 vão ser realizados serviços de manutenção das pistas com fresagem e recomposição asfáltica

Entre os dias 28 de março e 1º de abril, diferentes pontos das BR-116, BR-290, BR-386, BR-471, BR-158, BR-153, BR-287 vão ser realizados serviços de manutenção das pistas com fresagem e recomposição asfáltica

A Superintendência do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Rio Grande do Sul informa que entre os dias 28 de março e 1º de abril serão realizados serviços de manutenção das pistas com fresagem e recomposição asfáltica, entre outras obras, em diferentes pontos das BR-116, BR-290, BR-386, BR-471, BR-158, BR-153, BR-287 no Estado.

A autarquia salienta que congestionamentos podem ser registrados durante a execução dos trabalhos. O órgão alerta que, em caso de chuva, os trabalhos podem ser adiados. Os trechos estão sinalizados.

Confira os pontos com obras:

BR-116/RS (Região Metropolitana)
Segunda-feira (28/03)

  • Km 256 (ESTEIO): Aplicação de microrrevestimento – Pista Central/sentido Capital-interior;
  • Km 247 (SÃO LEOPOLDO): Limpeza de acostamento – Pista Central/sentido interior-Capital;
  • Km 234 (NOVO HAMBURGO): Obras de implantação da terceira faixa no acesso do Bairro Roselândia.

Terça-feira (29/03)

  • Km 256 (ESTEIO): Aplicação de microrrevestimento – Pista Central/sentido Capital-interior;
  • Km 248 (SÃO LEOPOLDO): Limpeza de acostamento – Pista Central/sentido interior-Capital;
  • Km 234 (NOVO HAMBURGO): Obras de implantação da terceira faixa no acesso do Bairro Roselândia.

Quarta-feira (30/03)

  • Km 244 (São Leopoldo): Aplicação de microrrevestimento – Pista Central/sentido interior-Capital;
  • Km 249 (São Leopoldo): Limpeza de acostamento – Pista Central/sentido Capital-interior;
  • Km 234 (Novo Hamburgo): Obras de implantação da terceira faixa no acesso do Bairro Roselândia.

Quinta-feira (31/03)

  • Km 232 (Novo Hamburgo): Aplicação de microrrevestimento – Pista Central/sentido interior-Capital;
  • Km 250 (São Leopoldo): Limpeza de acostamento – Pista Central/sentido Capital-interior;
  • Km 234 (Novo Hamburgo): Obras de implantação da terceira faixa no acesso do Bairro Roselândia.

Sexta-feira – (01/04)

  • Km 232 (Novo Hamburgo): Aplicação de microrrevestimento – Pista Central/sentido interior-Capital;
  • Km 251 (São Leopoldo): Limpeza de acostamento – Pista Central/ sentido Capital-interior. 

BR-290/RS 

  • Km 200 ao Km 205 (Pantano Grande): Serviço de fresagem e recomposição com CBUQ – Pista Crescente e Decrescente.
  • Km 113 ao Km 118 (Eldorado do Sul): Serviço de recuperação asfáltica – Pista Crescente e Decrescente.
  • Km 220 ao Km 280 (Pantano Grande/Rio Pardo/Encruzilhada do Sul/Cachoeira do Sul): Serviço de roçada mecanizada – Pista Crescente e Decrescente.
  • Km163 ao Km 215 (Butiá/Minas do Leão/Pantano Grande): Serviço de poda de árvores – Pista Crescente e Decrescente. 

BR386/RS

  • Km 423 ao Km 435 (Nova Santa Rita/Montenegro): Serviço de fresagem e recomposição com CBUQ – Pista Crescente.
  • Km 400 ao Km 446 (Montenegro/Nova Santa Rita/Canoas): Serviço de roçada mecanizada – Pista Crescente e Decrescente. 

BR-471/RS

  • Km 162 ao Km 169 (Rio Pardo): Serviço de recomposição de barreira – Pista Crescente e Decrescente. 

BR-287/RS

  • Entre Santa Maria e São Vicente – Operação tapa-buracos e serviço de microrrevestimento asfáltico. 

BR-158/RS

  • Entre Santa Maria e Rosário do Sul – Operação tapa-buracos. 

BR-153/RS

  • Cachoeira Do Sul – Intensificada a sinalização no desvio da ponte da várzea do Castagnino e operação tapa-buracos.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério dos Transportes

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Porto de Itaqui é o sexto mais movimentado do Brasil
O governo investiu R$ 70 milhões no Berço 108 do Porto de Itaqui, que é a porta de entrada de boa parte do combustível importado pelo Brasil
Nova lei traz mudanças para o Código de Trânsito Brasileiro
Diretor do Denatran destaca as três principais, entre elas, o Sistema de Notificação Eletrônico.
Diretor do Denatran faz balanço da Operação Rodovida
Operação é feita para prevenir e evitar acidentes nas rodovias federais durante os feriados de fim e início de ano
O governo investiu R$ 70 milhões no Berço 108 do Porto de Itaqui, que é a porta de entrada de boa parte do combustível importado pelo Brasil
Porto de Itaqui é o sexto mais movimentado do Brasil
Diretor do Denatran destaca as três principais, entre elas, o Sistema de Notificação Eletrônico.
Nova lei traz mudanças para o Código de Trânsito Brasileiro
Operação é feita para prevenir e evitar acidentes nas rodovias federais durante os feriados de fim e início de ano
Diretor do Denatran faz balanço da Operação Rodovida

Últimas imagens

A taxa máxima de embarque internacional, que era R$ 109,13, agora custa R$ 113,04
A taxa máxima de embarque internacional, que era R$ 109,13, agora custa R$ 113,04
Foto: Elio Sales/Secretaria de Aviação Civil
Refrota atende à Política Nacional e Programa de Infraestrutura de Transporte e da Mobilidade Urbana
Refrota atende à Política Nacional e Programa de Infraestrutura de Transporte e da Mobilidade Urbana
Foto: Hmenon Oliveira/Gov. do Distrito Federal
Montante vai impulsionar desenvolvimento regional e fomentar redes de arranjos produtivos locais
Montante vai impulsionar desenvolvimento regional e fomentar redes de arranjos produtivos locais
Divulgação/Governo do Pará
Alimentos são adquiridos dos agricultores familiares e entregues a pessoas em situação de insegurança alimentar
Alimentos são adquiridos dos agricultores familiares e entregues a pessoas em situação de insegurança alimentar
Divulgação/Conab
Participação das renováveis também aumentou na oferta interna, indo de 75,5% em 2015 para 82,4% em 2016
Participação das renováveis também aumentou na oferta interna, indo de 75,5% em 2015 para 82,4% em 2016
Alberto Coutinho/Governo da Bahia

Governo digital