Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2016 > 05 > Brasil avança em pesquisas da "internet das coisas"

Infraestrutura

Brasil avança em pesquisas da "internet das coisas"

Tecnologia

A plataforma IoT – Estrutura Aberta de Tecnologias para Internet das Coisas e suas Aplicações foi lançado nesta quinta-feira
publicado: 06/05/2016 09h30 última modificação: 06/05/2016 15h08
Reprodução/EBC Plataforma tem por objetivo desenvolver tecnologias para comunicação Máquina a Máquina (M2M)

Plataforma tem por objetivo desenvolver tecnologias para comunicação Máquina a Máquina (M2M)

A Plataforma IoT – Estrutura Aberta de Tecnologias para Internet das Coisas e suas Aplicações foi lançada nesta quinta-feira (5) na Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza. Integrante do Brasil Inteligente (que substituirá o Programa Nacional de Banda Larga, o PNBL), a iniciativa contará com recursos do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel) e será desenvolvido pelo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD), em parceria com instituições de ensino.

A ferramenta, lançada pelo ministro das Comunicações, André Figueiredo, tem por objetivo desenvolver tecnologias  agrupadas pelos termos Internet das Coisas e comunicação Máquina a Máquina (M2M)  destinadas a aplicações em Cidades Inteligentes, com foco em segurança pública, mobilidade urbana, saúde e educação, dentre outros segmentos.

Tendo como executor principal o CPqD, a ação contará ainda com a colaboração do Instituto Atlântico, do Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), da Fundação de Apoio à Capacitação em Tecnologia da Informação (FACTI), além da UFC. A previsão de duração dos trabalhos é de três anos, com orçamento estimado em R$ 34,8 milhões.

Para o ministro das Comunicações, André Figueiredo, o protagonismo no desenvolvimento de tecnologias que permitem a evolução do País será potencializado pelo plano Brasil Inteligente, que será lançado na próxima segunda-feira (9). "Teremos o eixo de Inovação e Empreendedorismo como um dos destaques. A Internet das Coisas, que está ligada ao 5G, onde o Brasil já atua em conjunto com a União Europeia, estará cada vez mais presente no dia a dia do cidadão", explicou o ministro, ao assinar o documento de liberação dos recursos do Funttel e receber uma homenagem da universidade.

"Além de estimular a igualdade no contato com o conhecimento, a política do ministério permitirá que os serviços públicos sejam potencializados, garantindo a otimização da operação e gestão em diversas áreas", acrescentou o ministro, que estava acompanhado do secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações (MC), Maximiliano Martinhão.

Inovação

Segundo o vice-reitor da UFC, Custódio Luís Almeida, a academia é a base ideal para ampliar o retorno esperado. "É uma honra para a UFC poder receber do ministério os investimentos do Funttel. Vamos cultivar esse espírito de inovação consolidado para ampliar a justiça social", declarou.

O presidente do CpQD, Sebastião Júnior, destacou o pioneirismo da iniciativa a partir da união de entidades renomadas. "Buscamos levar progresso e desenvolvimento para a sociedade a partir do apoio do Ministério das Comunicações. O retorno dos investimentos para os cidadãos é fundamental para garantir um futuro melhor para todos", disse.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério das Comunicações

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Novas regras vão facilitar embarque e desembarque em aeroportos
Governo elabora conjunto de orientações para eliminar os obstáculos e reduzir o tempo de espera no embarque e desembarque nos aeroportos
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Governo elabora conjunto de orientações para eliminar os obstáculos e reduzir o tempo de espera no embarque e desembarque nos aeroportos
Novas regras vão facilitar embarque e desembarque em aeroportos

Últimas imagens

Cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega das unidades habitacionais, avaliadas em R$ 56 mil cada. O empreendimento custou, no total, R$ 28,2 milhões
Cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega das unidades habitacionais, avaliadas em R$ 56 mil cada. O empreendimento custou, no total, R$ 28,2 milhões
Foto: Bruno Peres/Ministério das Cidades
Em 2016, foram transportadas 84,6 milhões de toneladas de cargas pelas hidrovias interiores
Em 2016, foram transportadas 84,6 milhões de toneladas de cargas pelas hidrovias interiores
Danilo Borges/Ministério dos Transportes
Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Arquivo/PAC
A previsão para o ano de 2017 é de que a demanda total de energia deve crescer cerca de 1,5%
A previsão para o ano de 2017 é de que a demanda total de energia deve crescer cerca de 1,5%
Foto: Vanderlei Tacchio/Eletrosul

Governo digital