Você está aqui: Página Inicial > Infraestrutura > 2017 > 03 > Pará recebe R$ 27 milhões para recuperação de orla

Infraestrutura

Pará recebe R$ 27 milhões para recuperação de orla

Obras

Força das marés danificou avenidas e muros de contenção
por Portal Brasil publicado: 17/03/2017 19h22 última modificação: 20/03/2017 16h31

Para recuperar áreas degradadas em Belém (PA), o Ministério da Integração autorizou o repasse de R$ 27 milhões à prefeitura da cidade. Os recursos serão aplicados em obras de recomposição da orla da Ilha do Mosqueiro e reconstrução de muros de contenção e de vias públicas em dez praias.

A força das marés na região tem causado inundações e erosões no solo da região. Em um período de chuvas, a situação pode oferecer riscos à segurança da população.

"Essa parceria com a prefeitura permite obras de intervenção fundamentais para conter as erosões que estão causando transtornos à nossa querida Ilha do Mosqueiro. É um local onde milhares habitam e outros tantos utilizam como balneário, pela beleza de suas praias e de seus rios. Aqui demonstramos que as relações institucionais, a harmonia institucional, a parceria em favor de Belém e do Pará são necessárias, e é isso que a sociedade paraense e de Belém desejam daqueles que os representam", afirmou o ministro Helder Barbalho.

Helder Barbalho visitou a Ilha do Mosqueiro com equipes da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) em fevereiro para vistoriar as áreas atingidas.

A prefeitura de Belém enviou um plano de trabalho para a Defesa Civil Nacional, detalhando as obras de recuperação da orla. A documentação foi analisada e aprovada pela secretaria.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Integração

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a licença Creative Commons CC BY ND 3.0 Brasil CC BY ND 3.0 Brasil

banner_servico.jpg

Últimos vídeos

Governo lança Carteira Nacional de Habilitação Digital
O brasileiro que possui carteira de motorista vai ter acesso também ao documento digital. Goiás é o primeiro estado a adotar o novo sistema
Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
O brasileiro que possui carteira de motorista vai ter acesso também ao documento digital. Goiás é o primeiro estado a adotar o novo sistema
Governo lança Carteira Nacional de Habilitação Digital
O estado do Rio de Janeiro receberá investimentos nas áreas de habitação, contenção de encostas e saneamento
Governo anuncia recursos nas áreas de habitação e saneamento no Rio de Janeiro
Termo de Cooperação assinado pelo Departamento Nacional de Trânsito vai aumentar a segurança na transmissão de dados e otimizar recursos
Cadastramento biométrico vai aumentar a segurança na transmissão de dados

Últimas imagens

Obra vai beneficiar mais de 40 mil motoristas que trafegam pela região metropolitana de Porto Alegre (RS) e melhorar economia local
Obra vai beneficiar mais de 40 mil motoristas que trafegam pela região metropolitana de Porto Alegre (RS) e melhorar economia local
Divulgação/Ministério dos Transportes
Cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega das unidades habitacionais, avaliadas em R$ 56 mil cada. O empreendimento custou, no total, R$ 28,2 milhões
Cerca de 2 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega das unidades habitacionais, avaliadas em R$ 56 mil cada. O empreendimento custou, no total, R$ 28,2 milhões
Foto: Bruno Peres/Ministério das Cidades
Em 2016, foram transportadas 84,6 milhões de toneladas de cargas pelas hidrovias interiores
Em 2016, foram transportadas 84,6 milhões de toneladas de cargas pelas hidrovias interiores
Danilo Borges/Ministério dos Transportes
Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Segundo ministro, até o fim do primeiro semestre de 2018, as águas estarão na última estrutura do Eixo Norte
Arquivo/PAC

Governo digital